Windows 10 receberá atualização pequena em setembro

Segundo a Microsoft, o foco da próxima atualização do Windows 10 será nos "bastidores"

Victor Hugo Silva
Por
• Atualizado há 2 anos e 5 meses
Windows 10 Desktop Tema Claro com Menu Iniciar

A próxima grande do Windows 10 não oferecerá mudanças tão visíveis para os usuários. De acordo com a Microsoft, a versão 19H2 contará com algumas mudanças nos “bastidores” do sistema e deverá chegar em setembro.

Em seu blog, a companhia afirmou que a atualização envolve “um conjunto de recursos com escopo para melhorias de desempenho selecionadas, recursos corporativos e aprimoramentos de qualidade”. Ela será entregue com uma tecnologia de manutenção, que oferece mais agilidade.

A mudança estará disponível apenas para usuários do Windows 10 com a versão May 2019 Update, que liberou um tema claro, um visual mais limpo para o menu Iniciar e uma nova interface para a janela de Configurações.

“Qualquer um usando a versão May 2019 Update que atualizar para a nova versão, terá uma experiência de atualização muito mais rápida, porque ela será instalada como uma atualização mensal”, explica a Microsoft.

A versão 19H2 do Windows 10 foi liberada esta semana para participantes do Windows Insider que estão no canal “Modo Lento” (Slow ring). Segundo a Microsoft, alguns usuários podem não ver novos recursos imediatamente porque eles estão sendo liberados de forma controlada para “obter um feedback melhor sobre a qualidade geral”.

Com informações: The Verge, Microsoft (2).

Receba mais notícias do Tecnoblog na sua caixa de entrada

* ao se inscrever você aceita a nossa política de privacidade
Newsletter
Victor Hugo Silva

Victor Hugo Silva

Ex-autor

Victor Hugo Silva é formado em jornalismo, mas começou sua carreira em tecnologia como desenvolvedor front-end, fazendo programação de sites institucionais. Neste escopo, adquiriu conhecimento em HTML, CSS, PHP e MySQL. Como repórter, tem passagem pelo iG e pelo G1, o portal de notícias da Globo. No Tecnoblog, foi autor, escrevendo sobre eletrônicos, redes sociais e negócios, entre 2018 e 2021.

Canal Exclusivo

Relacionados