TB Responde Internet

O que é Telnet?

Saiba o que é Telnet; entenda também como funciona esse protocolo de rede usado para criar uma conexão remota entre duas máquinas

Wagner Pedro
Por

As melhores ofertas,
sem rabo preso

O Telnet é um protocolo de rede normalmente usado para agilizar o conserto de falhas em computadores. Ele possibilita uma conexão remota entre duas máquinas, facilitando não só a correção de erros, mas também o acesso a programas e dados. Mas, afinal, o que é Telnet? Abaixo, vou te explicar mais detalhes sobre o termo.

Telnet é um protocolo de rede usado para acessar virtualmente um computador. Ele fornece um canal de comunicação entre duas máquinas baseado em linhas de comando, permitindo um acesso remoto para executar funções ou facilitar a resolução de problemas.
O que é Telnet? (Imagem: Vitor Pádua/Tecnoblog)

O Telnet não é novo. Na verdade, ele foi criado há cerca de 50 anos pelas forças armadas dos Estados Unidos e, inicialmente, sua função era transmitir dados entre as bases militares. Hoje, esse protocolo consegue fazer a emulação de um terminal à distância, permitindo a execução de comandos escritos a partir de um computador em outro.

Uma das características do Telnet é que ele segue o protocolo TCP/IP para criar sessões remotas. Assim, é possível fazer login como um usuário comum, mas tendo os privilégios de administrador para iniciar funções em programas, explorar dados e muito mais.

Como funciona

Pessoa digitando no notebook (Imagem: Christin Hume/Unsplash)
Pessoa digitando no notebook (Imagem: Christin Hume/Unsplash)

O Telnet é usado para executar linhas de comando em um computador remoto. Ele trabalha verificando a disponibilidade de uma porta e, caso esteja aberta, solicita uma conexão. Como se trata de um protocolo, existe uma série de procedimentos e regras para padronizar a comunicação.

Antes de iniciar qualquer conexão, o usuário deve instalar um software baseado em Telnet nos dois computadores. Quando for preciso criar um acesso, o programa vai solicitar um nome de usuário e senha para evitar invasões. No entanto, esses dados só serão validados caso o usuário tenha configurado anteriormente uma conta na máquina remota.

Assim que a conexão é estabelecida, o computador principal passa a atuar como um terminal virtual. Dessa forma, os comandos digitados são reconhecidos no outro PC e podem ser usados para executar uma série de funções, normalmente relacionadas a otimização de suporte técnico.

Segurança

O Telnet não oferece muita segurança (Imagem: iAmMrRob/Pixabay)
O Telnet não oferece muita segurança (Imagem: iAmMrRob/Pixabay)

Apesar da facilidade, o Telnet não é um protocolo seguro, pois carece de um sistema de criptografia. Considerando que os comandos enviados são textos simples, pessoas não autorizados que estiverem monitorando a conexão podem visualizar o nome do usuário, senha e outras informações privadas digitadas na sessão.

Por questões de segurança, diversas empresas utilizam protocolos mais robustos, como o SSH, que criptografa todo o tráfego que passa pelo canal de comunicação para manter a integridade dos dados.

Com informações: TechTarget.

Esse conteúdo foi útil?

Wagner Pedro

Autor

Wagner Pedro é um paraibano “arretado” apaixonado por smartphones e cobre tecnologia desde 2017. Autodidata desde a época dos PCs de tubo, internet discada e Windows XP, buscou conhecimento em pequenos cursos de Informática e uniu essa paixão ao jornalismo. Ainda sente falta do extinto Windows Phone.

Mais Populares

Responde

Relacionados

Em destaque