O que é Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E? Conheça vantagens e recursos das redes 802.11ax

As redes Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E fazem parte do padrão IEEE 802.11ax; descubra o que muda entre elas e quais são as características das gerações de conexões sem fio

Lucas Braga Ana Marques
Por e
Wi-Fi 6: entenda a tecnologia 802.11ax e descubra os principais destaques do padrão de rede sem fio (Imagem: Vitor Pádua / Tecnoblog)

Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E são nomes comerciais adotados pela Wi-Fi Alliance para o padrão IEEE 802.11ax de redes sem fio. O Wi-Fi 6 opera nas frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, enquanto o Wi-Fi 6E suporta 6 GHz, o que permite taxas de transferência de dados maiores.

A Wi-Fi Alliance finalizou as especificações do Wi-Fi 6 e do Wi-Fi 6E em 2020, e o padrão de rede sem fio foi lançado oficialmente pelo IEEE (Institute of Electrical and Electronics Engineers) em maio de 2021.

O Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E sucederam o 802.11ac (Wi-Fi 5), com promessas de maiores velocidades, estabilidade e segurança, graças a utilização de mais espectro. A seguir, conheça as especificações dessa tecnologia, suas vantagens e limitações.

O que significa 802.11ax?

802.11ax é a nomenclatura do Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E que foi dado pelo IEEE. O órgão reúne todas as especificações de redes sem fio no padrão de conjuntos de redes Wi-Fi (802.11).

Quais as especificações do Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E?

O Wi-Fi 6 foi publicado oficialmente em 2021 com as seguintes especificações:

  • Velocidade máxima de transferência de dados: até 9,6 Gb/s, dependendo do equipamento utilizado, número de fluxos espaciais e canal de operação;
  • Largura de canal: até 160 MHz;
  • Frequência de operação: 2,4 GHz e 5 GHz;
  • Modulação: 1024QAM;
  • MIMO: suporte para transmissões simultâneas em múltiplos dispositivos (MU-MIMO);
  • Protocolo de segurança: WPA3;
  • Outras tecnologias: OFDMA, BSS Coloring, TWT;

O Wi-Fi 6E traz as mesmas especificações do Wi-Fi 6, mas difere na frequência de operação. Além de 2,4 GHz e 5 GHz, o Wi-Fi 6E também funciona com a frequência de 6 GHz, permitindo maiores velocidades e menos interferências.

Qual é a frequência utilizada pelo Wi-Fi 6?

O Wi-Fi 6 funciona com as frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, diferentemente do Wi-Fi 5 (802.11ac), que utiliza exclusivamente o espectro de 5 GHz. A vantagem é que a frequência menor permite maior área coberta, enquanto a faixa de 5 GHz está menos propensa ao congestionamento de rede.

Qual é a velocidade máxima do Wi-Fi 6?

De acordo com a Wi-Fi Alliance, a velocidade máxima teórica do Wi-Fi 6 é de até 9,6 Gb/s, enquanto o Wi-Fi 5 (802.11ac) atinge até 6,93 Gb/s. A experiência de uso é muito superior no padrão mais recente, uma vez que o Wi-Fi 6 funciona com a frequência de 2,4 GHz e entrega taxas de dados mais rápidas em uma área de cobertura maior.

Qual é a frequência utilizada pelo Wi-Fi 6E?

O Wi-Fi 6E utiliza três frequências: 2,4 GHz, 5 GHz e 6 GHz. Essa tecnologia de rede sem fio consegue se destacar em relação ao Wi-Fi 6, uma vez que o espectro de 6 GHz está sujeito a menos congestionamento de rede.

Qual é a velocidade máxima do Wi-Fi 6E?

A velocidade máxima teórica do Wi-Fi 6E é de até 9,6 Gb/s. Apesar de ser a mesma taxa de dados nominal do Wi-Fi 6, o padrão mais recente sofre menos congestionamento de rede; por esse motivo, as taxas de dados tendem a ser maiores no Wi-Fi 6E.

O que é a tecnologia OFDMA do Wi-Fi 6 e 6E?

OFDMA é uma tecnologia que divide os canais de frequência de redes sem fio em pequenas sub-portadoras, permitindo que pacotes de dados sejam transmitidos em conjunto para otimizar a entrega. É como se um caminhão levasse pacotes para várias residências ao mesmo tempo; no padrão anterior (OFDM), cada caminhão deveria ir e voltar para cada residência de forma individual.

Por conta do ganho em eficiência espectral, o OFDMA permite maiores taxas de transferência, menor latência (ping), maior eficiência de consumo de energia em dispositivos com baixa transmissão de dados e melhor qualidade de serviço em locais com muitos dispositivos simultâneos.

Placa Intel AX210, capaz de Wi-Fi 6E, instalada em um notebook (Imagem: Everton Favretto/Tecnoblog)

O que é a tecnologia BSS Coloring do Wi-Fi 6 e 6E?

BSS Coloring é uma tecnologia que reduz a interferência e melhora a qualidade da conexão. Roteadores com Wi-Fi 6 utilizam BSS Coloring para demarcar os canais de frequência utilizados por equipamentos de outras redes sem fio, a fim de “ignorar” sinais emitidos por equipamentos vizinhos.

O que é a tecnologia TWT do Wi-Fi 6 e 6E?

TWT é uma sigla para Target Wake Time, que em tradução livre significa “alvo para hora de acordar”. Trata-se de uma tecnologia presente no Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E que determina quando e com qual frequência os dispositivos sairão do modo standby para transmitir dados.

Além de gerar maior eficiência no espectro, o TWT permite uma significativa redução no consumo de energia dos dispositivos conectados à rede Wi-Fi, gerando economia de bateria em smartphones, tablets e aparelhos conectados.

O que é a tecnologia MU-MIMO do Wi-Fi 6 e 6E?

MU-MIMO é a sigla para Multi Users, Mutiple Input Multiple Output — em português significa múltiplos usuários fazendo múltiplas entradas e saídas de dados de forma simultânea. A tecnologia está presente nos roteadores Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E, e permite que múltiplos dispositivos conectados façam conexões ao mesmo tempo, melhorando as velocidades de transmissão e experiência de uso da rede Wi-Fi.

Quais são as vantagens do Wi-Fi 6?

O Wi-Fi 6 traz as seguintes vantagens sobre o padrão 802.11ac (Wi-Fi 5) e gerações anteriores:

  • Velocidade de acesso: o padrão Wi-Fi 6 tem velocidade máxima nominal de até 9,6 Gb/s;
  • Uso da frequência de 2,4 GHz: além de utilizar a faixa de 5 GHz, o Wi-Fi 6 opera na frequência de 2,4 GHz, permitindo que a rede de maior alcance entregue maiores velocidades;
  • Melhor funcionamento em locais densos: graças ao BSS Coloring, o Wi-Fi 6 tem maior efetividade contra interferência de redes vizinhas e em locais com muitos dispositivos simultâneos;
  • Segurança: o Wi-Fi 6 já conta com o padrão de segurança WPA3 desde a sua especificação inicial;
  • Consumo de energia: o Wi-Fi 6 possui o padrão TWT, que otimiza a transmissão de dados e gera maior economia de bateria para dispositivos móveis;
  • Compatibilidade com padrões anteriores: roteadores Wi-Fi 6 também suportam dispositivos com Wi-Fi 5 e tecnologias anteriores de rede sem fio.

Quais são as limitações do Wi-Fi 6?

Apesar dos benefícios citados acima, o Wi-Fi 6 traz as seguintes limitações:

  • Frequência: o Wi-Fi 6 funciona somente nas frequências de 2,4 GHz e 5 GHz, enquanto o padrão mais recente, Wi-Fi 6E, opera também na faixa de 6 GHz;
  • Dispositivos compatíveis: o Wi-Fi 6 ainda é recente no mercado. Diversos roteadores, smartphones, tablets, notebooks e smart TVs não possuem compatibilidade com o padrão e funcionarão com os benefícios do Wi-Fi 5 e anteriores.

Nosso artigo comparativo explica em detalhes as diferenças entre os padrões 802.11 a/b/g/n/ac/ax/be.

TP-Link Archer AX73 tem Wi-Fi 6, suporta mesh e tem portas gigabit (Imagem: Reprodução)
Archer AX73: roteador da TP-Link tem suporte a Wi-Fi 6 (Imagem: Reprodução/TP-Link)

Quais são as aplicações do Wi-Fi 6 e 6E?

  • Navegação na internet: o Wi-Fi 6 pode ser utilizado para entregar internet em notebooks, tablets e celulares, permitindo jogos online, streaming de vídeo, streaming de áudio e aplicações na nuvem;
  • Área da saúde: devido a melhor eficiência espectral, menor latência, maiores velocidades e menor gasto de energia, o Wi-Fi 6 pode ser utilizado por equipamentos médicos, telemedicina e cirurgias remotas;
  • Redes corporativas ou domésticas: o Wi-Fi 6 permite o compartilhamento de arquivos e conectividade entre computadores, notebooks e impressoras;
  • Dispositivos de casa conectada: o Wi-Fi 6 fornece internet para smart TVs, assistentes de voz, caixas de som e outros dispositivos inteligentes IoT com conexões sem fio.

Qual é a diferença entre Wi-Fi 6 e Wi-Fi 6E?

Wi-Fi 6E é uma expansão do Wi-Fi 6, e traz suporte a frequência de 6 GHz. Ambas as tecnologias estão no padrão de rede wireless 802.11ax e suportam as mesmas velocidades de acesso, mas nem todo dispositivo com Wi-Fi 6 é compatível com Wi-Fi 6E.

Por utilizar a frequência de 6 GHz, o Wi-Fi 6E é ideal em grandes centros urbanos, onde o espectro de 2,4 GHz e 5 GHz está amplamente ocupado por roteadores domésticos e corporativos.

Qual é a evolução do Wi-Fi 6E?

O Wi-Fi 6E tem duas evoluções. Anunciado em janeiro de 2022, o Wi-Fi 6 Release 2 trouxe melhorias no envio de dados e no consumo de energia. Também tem o Wi-Fi 7 (802.11be), que está previsto para estrear em 2024 e deve trazer mais espectro e modulação 4096QAM.

O que é o Wi-Fi 6 Release 2?

O Wi-Fi 6 Release 2 foi apresentado em 2022 pela Wi-Fi Alliance. O principal destaque é o suporte a uplink no MU-MIMO, que permite melhor desempenho de rede e menor latência em aplicações que exigem grande capacidade de upload. A tecnologia também trouxe melhorias ao TWT, que permitem redução no consumo de energia.

Com informações: Wi-Fi Alliance, [2], [3], IEEE, Cisco, [2], [3], Aruba Networks

Esse conteúdo foi útil?
😄 Sim🙁 Não

Relacionados