Início » Hardware e acessórios » Intel revela arquitetura Haswell, sucessora do Ivy Bridge

Intel revela arquitetura Haswell, sucessora do Ivy Bridge

Processadores Intel Core de quarta geração consumirão menos energia.

Por
2 anos atrás

A Intel apresentou hoje as primeiras informações oficiais sobre os processadores Intel Core de quarta geração, também conhecidos como Haswell. Os novos chips deverão substituir os atuais Ivy Bridge, passarão pelo mesmo processo de fabricação de 22 nanômetros e vão consumir menos energia, o que deve aumentar a autonomia de bateria dos notebooks.

O anúncio do Haswell, feito em San Francisco durante a IDF 2012, não levou muito tempo. A principal novidade divulgada hoje foi o aumento no desempenho da GPU integrada, que deverá possuir o dobro de performance em relação aos atuais Ivy Bridge e adicionará suporte ao DirectX 11.1, OpenCL 1.2 e OpenGL 4.0. Não será uma GPU para rodar jogos pesados, mas pelo menos acompanhará o avanço das placas de vídeo dedicadas.

Intel Core de quarta geração tem melhorias no gerenciamento de energia

A fabricante de Santa Clara segue um modelo conhecido popularmente como tick-tock. O tick é o encolhimento da plataforma anterior, enquanto o tock traz uma nova arquitetura com grandes melhorias de consumo energético e desempenho. O Haswell é o tock e os processadores dessa arquitetura serão fabricados em 22 nanômetros, assim como os Ivy Bridge.

Os Intel Core de quarta geração têm melhorias no processamento de vídeo: há decodificação por hardware de vídeos MJPEG/MPEG2 e várias funções integradas, como redução de ruídos, estabilização de imagem e desentrelaçamento de vídeo. Além disso, será possível reproduzir filmes com resolução 4K (3840×2160 pixels) com aceleração gráfica.

No estado S0ix, o processador está em standby, mas está ativo

De acordo com a Intel, os processadores Haswell consomem 20 vezes menos energia que os Sandy Bridge quando estão ociosos. Numa apresentação mais técnica, a empresa afirmou que isso foi possível através da inclusão de um novo estado de energia. Os atuais processadores têm dois estados principais: S0 (ativo) e S3/S4 (em espera). Agora existe o S0ix, uma espécie de meio-termo: o sistema operacional acha que o processador está ativo, mas o consumo de energia é menor e a transição entre S0 e S3/S4 será mais rápida.

Ainda não sabemos quando os novos processadores chegarão ao mercado, mas informações vazadas indicam que eles serão lançados entre março e junho de 2013, com novo sistema de cache, regulador de tensão integrado e socket LGA 1150 (ou seja, esqueça a sua placa mãe atual). Com menor consumo de energia, talvez eles comecem a ser interessantes em tablets.

Principais características do Intel Haswell

De qualquer forma, você não deve ficar tão ansioso esperando os Haswell porque acabará não comprando nada. Um passarinho me disse que os processadores Broadwell de 14 nanômetros chegam em 2014 e serão muito bons. Sem contar o Skylake, que chega em 2015 com suporte mainstream aos módulos de memória DDR4, o Skymont de 10 nanômetros em 2016, os chips de 5 nanômetros em 2021…

Com informações: AnandTech.

Tecnocast

|

Faça seu login no Tecnoblog

Crie a sua conta

Esqueci minha senha