Não é segredo que o VLC é um dos melhores tocadores de mídia disponíveis para diversas plataformas. Ele já arriscou um ensaio na App Store em meados de 2010, mas devido às licenças de distribuição da Apple o programa foi retirado pela própria distribuidora. Mas ao que tudo indica em breve o VLC oficial estará disponível novamente na loja, agora que as licenças foram alteradas.

VLC para iPad: saudades de um player que nunca tive ou evitava ter.

O líder de desenvolvimento do VLC, Jean-Baptiste Kempf, anunciou em seu blog na semana passada que conseguiu relicenciar grande parte do código do programa: antes em licença GPL, agora o VLC está sob licença LGPL, que é mais flexível. O VLC só consegue ser tão popular nas demais plataformas graças às licenças que implementam os vários codecs, então é essencial que ele possa usar tais codecs na plataforma móvel da Apple, o que pediu a mudança de licença.

Segundo Jean-Baptiste, por causa da lei francesa de direitos autorais ele precisou entrar em contato com centenas de desenvolvedores que implementaram códigos no VLC ao longo dos anos, perguntando se eles iriam se opor à nova licença. O seu post diz que ele conseguiu terminar o relicenciamento de boa parte do código do programa.

Aqueles que responderam negativamente ou que não responderam ainda são um problema - o código de tais desenvolvedores poderá ser retirado ou substituído no futuro. Mas Jean Baptiste garante que a nova licença já permite que pelo menos um aplicativo similar ao VLC, usando seus módulos e bibliotecas, seja lançado na loja da Apple.

Enquanto o aplicativo não volta oficialmente à loja da Apple, os programas alternativos tentam (mas não conseguem, na minha opinião) preencher o vazio deixado por ele, como o flexPlayer, oPlayer, playable e outros listados quando se busca por VLC na loja. E no Android o VLC está disponível em beta há algum tempo - e mesmo em formato de testes, já alcança os 5 milhões de downloads.

Com informações: BR-Mac.org.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Macedo C.
O código é aberto. O próprio desenvolvedor permitiu isso. Não existe "salafrário que pega código de outros" nesse caso. O que parece estar na moda é empresas predadoras ceifar projetos de código aberto por interesse próprio, visto que muitas não querem esse modelo de desenvolvimento e negócio dando certo.
Denis Belo
Cara, ele não foi o único. No Android também uso o MX Player, que considero melhor que o VLC para Android e roda MKV com legenda liso, já no Windows eu tentei usar o VLC, mas o Classic atende muito bem e roda MKV com legenda também. No Ubuntu pelo menos, o VLC dava muitos bugs comigo e acabei usando um outro na época, só não lembro o nome, porque faz um tempinho que não tenho usado o Ubuntu pra assistir nada...
RonaldoGogoni
Digo e repito, o VLC é um dos players mais flexíveis que existe, mas ele é meu player padrão por conta simplesmente da história do cone. http://forum.videolan.org/viewtopic.php?t=9792
Fredson Nascimento Sousa
Cara você foi o "Eleito", rsrsrs Aqui tanto no Android quanto no Menta roda de boa, inclusive no Mint foi o que é mais gostei para rodar MKV com legenda
jacques
VLC para android foi apenas o pior player que já testei, terrível, instável e suporte fraco, prefiro muito mais o mx player. Enfim, se o VLC for uma solução boa para iOS, meus pêsames, não consigo usar ele nem no linux, mplayer2 e mpc-hc são infinitamente superiores.
Peterson Alan da Silva
eu uso Aceplayer no ipad, mas ele foi removido da app store, agora só tem uma imitação. Hoje em dia os apps não vem com um codec de audio que tem na maioria dos videos, ou seja, voce ate pode assistir, mas não vai ter som acho que para ter um player decente hoje em dia, ou você ja tem que ter baixado a algum tempo, ou recorrer ao jailbreak.
Fer
App Store*
Fer
O conflito é porque a App Stoere não permite que um app copie o outro, para proteger os desenvolvedores que se empenharam em densevolver algo de salafrarios que simplesmente copiam seu trabalho, mudam o nome e depois redistribuem , lucrando em cima do trabalho alheio, como ocorre na Google Play. PORÉM, isso inviabilisa alguns projetos de codigo aberto, visto que muitos projetos open source estam sob licenças que não permitem que outros projetos baseados em tal código seja de código fechado, o VLC por exemplo. É o preço que se paga pelos desenvolvedores mal intencionados, no fim, a melhor solução foi a da Microsoft, que tem regras para proteger os desenvolvedores, mas é mais flexivel quando se trata de open source, tendo regras diferenciadas!
Gabriel
Exatamente, mas a iniciativa que costuma ser da Apple veio da outra parte. O aplicativo era distribuído na App Store, mas pelo DRM que a Apple coloca nos apps, Rémi Denis-Courmont (desenvolvedor do VLC) pediu que o aplicativo fosse removido por não atender a GPL. Felizmente, estão alterando o licenciamento do software para que tudo fique nos conformes. Não gosto da idéia de App Store fechada como a do iOS, mas entendo que é bom os softwares livres se adaptarem porque os aplicativos "Modern" do Windows 8 também devem entrar em conflito com a licença GPL.
ricardo
Pelo que entendi removeram devido à loja da Apple não estar de acordo com a licença GPL, e impor restrições a sua distribuição.
Rafael Silva
Presta para MKV e funciona no iPad? Não consigo achar um player que atenda essas dois requisitos. :(
Gabriel
Dessa vez, foi o pessoal do software livre que o removeu da loja por não estar de acordo com a licença GPL e não a Apple.
ricardo
A Apple e sua burocracia embotada. Quanto ao VLC, sem dúvida é o melhor player, inclusive em desktops.
Flavio Viana
Uso o GoodPlayer no meu iPod touch 3G há anos e posso dizer que ele é uma excelente alternativa ao VLC enquanto este não ressurge.
Pedro Moreno
Peguei o VCL na época do meu iphone 3g e nunca sequer instalei no celular. Esse ano finalmente tomei coragem pra comprar o iPad e quando vou ver tava o VCL lá, universal, cheio de amor. A única coisa que mata é que foi justamente a versão um pouco antes de sair do ar que não suportava mais legendas. Mas uso ele até agora e mesmo sem updates todo esse tempo ainda é melhor que os players citados na matéria.