Início » Gadgets » Livraria Cultura lança e-reader Kobo Touch no Brasil

Livraria Cultura lança e-reader Kobo Touch no Brasil

Leitor de livros digitais tem touchscreen e-ink e custará R$ 399.

Paulo Higa Por

Enquanto a Amazon não inicia suas vendas no Brasil, outras empresas começam a se mexer para não ficar atrás da gigante do varejo eletrônico. A Livraria Cultura anunciou ontem que vai vender em seu site o leitor de e-books Kobo Touch no Brasil, pelo interessante preço de R$ 399. O e-reader da fabricante canadense chegará às lojas físicas da Livraria Cultura no dia 5 de dezembro.

O modelo que será vendido no Brasil é o Kobo Touch com 2 GB de espaço, suficiente para armazenar até mil livros, segundo a Kobo. O leitor de R$ 399 tem uma touchscreen de 6 polegadas com resolução de 800×600 pixels e tecnologia e-ink, que consome pouca energia e cansa menos a vista, já que não emite luz. Também tem conexão Wi-Fi, bateria com duração de até um mês e suporte a diversos tipos de arquivos — incluindo ePub, PDF e quadrinhos (*.cbr e *.cbz).

O Kobo Touch não está caro se comparado com o Kindle: a Amazon vende o modelo mais básico, sem touchscreen, por US$ 89 para os brasileiros. Com os impostos, taxas e frete, que são cobrados na hora da compra, o preço do Kindle sobe para pouco mais de US$ 216. Há outros e-readers vendidos no Brasil pelo preço do Kobo Touch, como o Positivo Alfa, que traz especificações semelhantes (e não vingou no Brasil).

A canadense também deve lançar em breve outros produtos por aqui: o Kobo Glo, e-reader que possui iluminação na tela e lembra o Kindle Paperwhite; o Kobo Mini, com tela de 5 polegadas; e o tablet Kobo Arc. Eles devem chegar no primeiro trimestre de 2013, segundo o presidente-executivo da Livraria Cultura, Sergio Herz. O executivo aproveitou para dar uma cutucada na Amazon: “E o livro é seu, você pode copiá-lo para outros aparelhos”. Livros vendidos pela Amazon só podem ser lidos no Kindle e nos aplicativos oficiais.

A Livraria Cultura já iniciou a pré-venda do Kobo Touch em seu site. O e-reader deve ser entregue a partir do dia 5 de dezembro, mesma data em que ele chegará as lojas físicas da empresa.

Com informações: Folha, G1, Gizmodo Brasil.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

CarlosBB
Já a Wired o elegeu como e-reader do ano...
Gabriel
Existe algum e-reader que suporte livros da Amazon, ePub e PDF? Apesar da tela de LCD não ser agradável como e-ink, fico propenso a pegar um tablet como Nexus 7 pela flexibilidade.
@AntonioVeras
Logo agora que eu comprei um Galaxy Note 10.1 3G + Wifi. :D Mas é um excelente produto, com um preço convidativo para o seu propósito.
RamonGonz
interessante... espero q venda bastante. Se fosse 100 reais mais barato estaria no preço ideal. Mas... estamos no Brasil
Guilherme Jales
À primeira vista, fiquei empolgado. Mas dando uma busca por aí, essa sensação diminuiu. Aparelho parece ser apenas mediano, vide review da Cnet (http://reviews.cnet.com/e-book-readers/kobo-ereader-touch-edition/4505-3508_7-34746371.html). E segundo o TechDirt, o produto teve tantas reclamações quando lançado no Japão ano passado, que a distribuidora tirou do site a opção de comentários sobre o produto... (http://www.techdirt.com/articles/20120725/18313519835/manufacturer-buggy-kobo-touch-e-reader-manages-customer-complaints-hiding-all-online-reviews.shtml)