Início » Brasil » 45% dos estudantes de escolas públicas ainda não possuem acesso à internet em casa

45% dos estudantes de escolas públicas ainda não possuem acesso à internet em casa

Entre os alunos de escolas particulares, apenas 9% não têm internet no domicílio

Paulo Higa Por

O NIC.br fez uma coletiva de imprensa ontem para divulgar os resultados da terceira edição do TIC Educação, uma pesquisa feita anualmente com o objetivo de identificar os usos das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras. O estudo mostra que a diferença de disponibilidade de acesso à internet entre os estudantes de escola particular e pública ainda é grande: no primeiro grupo, apenas 9% não têm conexão no domicílio; no segundo, esse percentual sobe para assustadores 45%.

nic-br-acesso-internet-domicilio

A baixa penetração de acesso à internet nas casas dos alunos de escolas públicas é compreensível devido ao alto custo, especialmente em áreas mais afastadas ou sem concorrência, onde apenas uma operadora oferece o serviço, muitas vezes com qualidade sofrível. Felizmente, 90% dos estudantes de escolas públicas declaram ter utilizado a internet nos últimos três meses, o que indica que eles pelo menos estão acessado a web em lan houses ou na própria escola.

Os alunos estão dominando a tecnologia com mais facilidade: 48% dizem ter aprendido a usar o computador sozinhos. Segundo o NIC.br, esta é a primeira vez que a forma de aprendizagem “aprendeu sozinho” foi a mais citada. Apenas 19% afirmam ter feito um curso específico e só 4% ainda não aprenderam a usar computador e/ou internet.

Entre os professores, a presença de computador ou conexão no domicílio é quase universal: 97% possuem computadores e 93% têm acesso à internet. 86% acessam a internet todos ou quase todos os dias. Entretanto, os docentes não usam tanto a internet pelo celular quanto os estudantes: 24% dos professores usaram conexões móveis; entre os alunos, o percentual é de 46%.

nic-br-sistema-operacional

Diferentemente do que acontece nas casas, nas escolas o Linux está bem presente: 44% possuem computadores com o pinguim e 88% possuem máquinas com Windows. O sucesso do Linux é, em grande parte, puxado pelas escolas públicas, porque 57% delas possuem PCs com o sistema de código aberto, enquanto apenas 11% das escolas particulares têm Linux. Infelizmente, as escolas ainda sofrem com conexões lentas: a velocidade de acesso mais citada foi entre 1 e 2 Mb/s (25%).

nic-br-velocidade-conexao-escolas

Para chegar a esses resultados, o NIC.br coletou dados de 856 escolas públicas e privadas do Brasil, ouvindo professores de português e matemática, alunos dos ensinos fundamental e médio, além de coordenadores e diretores. A pesquisa é bem extensa e também inclui divisões por região do país e renda familiar. Se você gosta de números como eu, todos os dados estão disponíveis neste link.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thanara Corrêa
Nada contra, mas me sinto privilegiada, pois tenho desde a antiga 4 série computador.
ELIEZER MESSIAS DA SILVA
Acho que a discussão nem é com relação a qual SO é usado, alem do que a pesquisa fala sobre o uso em casa que pode ser qualquer SO, agora com relação a SO educacional tinha que ver qual a prioridade e finalidade do mesmo, já que nas escolas da minha região por exemplo não é usada diretamente pra educação mas muitas vezes para diversão!!
EFG
Isso significa que a maioria possui acesso à internet. =p
ricardo
Os maiores problemas são a corrupção e a desorganização. Injetar mais verba em um sistema que não funciona e permite todo tipo de desvios é jogar dinheiro fora. É necessária portanto uma reestruturação completa, que infelizmente não vai acontecer tão cedo dada a desqualificação de nossos políticos.
Kessler
Antes fosse tão simples. A educação brasileira é um desastre em todos os níveis possíveis. Escolas sucateadas, professores incompetentes que não são demitidos por puro corporativismo, pais que jogam seus filhos na escola achando que o importante é passar (não importando se o moleque ao menos saiba ler), etc. Falam muito em investimento. Adiantaria? No sistema atual muito pouco. Países que investem menos dinheiro tem educação superior à nossa (um exemplo que vem em mente é a Índia),
goo_dsd
Isso que o governo quer (tanto os malucos de esquerda quando os de direita até os que se dizem "socialistas"). Pois aluno na quinta serie burro, é futuro eleitor burro (isso explica por que escolas passam alunos sem o mesmo não saber fazer nem um "O"). Exemplo no meu colégio esse ano o Governo, obrigou os colégios de todo o estado seguir um tal de currículo mínimo (tem alguém interessado nisso, e não são os professores nem os bons alunos) Exemplo em matemática, em vez de aprender-mos durante o 1º 2º e 3º do ensino médio. Matérias como Logaritmo, Probabilidade, Trigonometria e Binómio de Newton, o Governo que que os professores nos ensine matéria de 8ª seria do ensino fundamental como Equação de 2ª Grau, o motivo e o mais simples, eles querem alunos incapazes de presta vestibular evitando concorrência ao filhos dos ricos e pessoas de interesse partidário. Além de que o governo do meu estado (Goiás), esta distribuindo tablets a alunos, e pelo que vi já vem com Angry Birds (entreter o aluno, e o mesmo não aprender nada). Meus professores de Português, Matemática e Sociologia, estavam trocando ideias comigo a respeito disso, tanto que eles não segue o currículo. O governo que e sempre vai querer um povo ignorante que não queira mudanças. Pois o estudo que faz um verdadeiro cidadão, (votar exercer a cidadania?) cidadania se faz com estudo antes do voto. O maior interessado como sempre e o governo, cujo os protestos estudantis por melhoras a sociedade, sempre e repreendida pela policia. Pessoas ignorantes não entendem que só a união pode mudar um pais. Uma revolta armada no Brasil daria para 300 pessoas contra um defenso do governo atual, ou seja 300 unidos para cada um soldado armado o governo não conseguiria repreender, porém isso que o povo não ver todos estão coagidos. E os governantes acham que manda em todos, isso e totalmente um equivoco, pois quem decide o salário de um politico e o povo, e não eles. Diga-mos que somos os patrões e ainda não sabemos disso. Obs. Não defendo nenhum partido: Nem direita nem esquerda. Sou centrista, vejo que o verdadeiro governado e o povo. O qual escolheu apenas um representante para ser a voz de todos, (porém esquecemos que nos que decidimos e não o cara o qual a gente confiou e nunca devolveu o poder ao povo.)
goo_dsd
+1
goo_dsd
@Guilherme Macerdo C. +1 Concordo com tudo que você falou cara. .D
goo_dsd
Acho bacana o Linux Educacional preferencialmente com a interface KDE. Só falta o governo ver que não sé precisa de windows para escolas. Já que não haverá a necessidade de executar softwares compatíveis unicamente no linux. Onde normalmente nos colégios se usa o PC apenas para pesquisas na internet e edição de textos. Coisa que as distros linux faz muito bem.
Elton
eu sou um desses que mora num lugar onde a conexão custa um absurdo e é de 2MB, sofrível. Pior é que faço faculdade de tecnologia e na biblioteca não tem computadores, digo, até tem, mas são tão ruins que é igual a não ter. Os dos laboratórios são razoáveis. Mas carência de recursos tecnológicos adequados é só UM dos VÁRIOS problemas da educação no país, educação é um assunto pra render textos e textos..
Kessler
Como os iluminados do governo, que resolveram dar tablets para a molecada. Os alunos chegam à quinta série sem saber ler e a solução é dar tablets para eles. Parece piada.
Kessler
Se não tiver um professor decente para guiar o aluno - a regra -, a internet vai servir apenas para Facebook mesmo. Pelo menos um livro só dá para ler.
fromRiften
Uma conexão à internet é melhor do qualquer biblioteca de escola pública que vc encontrar. Também acho que carteiras e bebedouros são mais importantes. Mas hj em dia a edução é muito mais autodidata do que professor-aluno. Escola com wifi aberta é melhor coisa que um pode ter.
André Macêdo de Andrade
E agora ainda vai ter gente dizendo, tenho pena que você não pode comprar um produto da Apple como o Mackbook essa pesquisa foi boa, para eu ver o que eu já sabia, não existe quase Mack nesse país, nem nas escolas particulares.
Valter Bison
Windows piratão só no pc da diretora e secretaria.... :)
Exibir mais comentários