Tudo muda para quem mora nos estados do Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará e Roraima. A partir de domingo, quem realizar uma ligação para celular terá que incluir o dígito 9 antes do número que deseja discar. A medida compreende os DDDs 91, 92, 93, 94, 95, 96, 97, 98 e 99.

Durante um período, as ligações com oito dígitos ainda serão completadas, mas as chamadas serão interceptadas com uma mensagem informando sobre a mudança. Após o período, as chamadas para números de oito dígitos não serão completadas. A Anatel publicou uma cartilha que esclarece as mudanças para a população:

cartilha-anatel-9digito

Não houve problemas nos estados onde o nono dígito foi implementado. O maior trabalho para os clientes seria de alterar toda a agenda para incluir o nono dígito, mas graças a aplicativos, toda essa tarefa é resumida em um clique. Lembro que usei o aplicativo da Vivo (App Store e Google Play) para corrigir os contatos e tudo funcionou muito bem – é gratuito e não é necessário ser cliente da operadora para utilizar.

Considerando as mudanças nos outros estados, usuários do WhatsApp não deverão fazer nada, uma vez que o serviço deve atualizar automaticamente os números com o nono dígito. O Tecnoblog entrou em contato com o Viber e o Telegram para entender como será a mudança nos serviços, mas ainda não obteve resposta.

O cronograma da Anatel prevê que todo o Brasil tenha nove dígitos em números celulares até dezembro de 2016, com o objetivo de expandir a capacidade numérica, permitindo o crescimento das linhas telefônicas. A próxima leva será nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Sergipe, Paraíba, Pernambuco e Piauí, que receberão o nono dígito em dezembro de 2015. Em dezembro de 2016 a Anatel completa o cronograma, levando o nono dígito para todos os estados das regiões Centro-Oeste e Sul.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cristopher
Sei muito bem o que vc esta falando .. rsrsrs , ainda bem que sou do SUL .. vai demorar muito ainda para acontecer aqui .
Kim Pegorini
que sorte, tenho números de MT e RS... que coisa boa, mais 2 anos sem alteração no número :D
Ismael Guimarães AJ

Meu caro, as pessoas dividem os números como quiserem. Em Portugal usa-se a nomenclatura de escrita xxx xxx xxx porém eu decorei o meu número assim xx xxx xx xx, sendo o xx inicial o indicativo 91 associado à operadora Vodafone e os restantes algarismos completam o número.

Ajisma
Meu caro, as pessoas dividem os números como quiserem. Em Portugal usa-se a nomenclatura de escrita xxx xxx xxx porém eu decorei o meu número assim xx xxx xx xx, sendo o xx inicial o indicativo 91 associado à operadora Vodafone e os restantes algarismos completam o número.
Ismael Guimarães AJ

O grave problema é que não estamos a falar apenas de cidadãos nacionais mas também, e sobretudo, de cidadãos internacionais. Eu uso o WhatsApp para falar com pessoas no Brasil e isso poderá afetar o meu diálogo com as pessoas. É por isso que os mensageiros com integração dos números de telemóvel (celular) são sempre algo complicados.

Ajisma
O grave problema é que não estamos a falar apenas de cidadãos nacionais mas também, e sobretudo, de cidadãos internacionais. Eu uso o WhatsApp para falar com pessoas no Brasil e isso poderá afetar o meu diálogo com as pessoas. É por isso que os mensageiros com integração dos números de telemóvel (celular) são sempre algo complicados.
Vitor Mikaelson
Nada do paraná. :[ Me sentindo esquecido.
Guilherme
que tal fazer uma divisão mais eficiente dos números? ao invés de 5 dógitos e depois 4 dígitos, que é difícil pra memorizar e falar pra outra pessoa, poseria ser em grupos de 3, tipo 333-456-999
David Diniz
Ainda está tranquilo, na Europa, tem país que tem 11 dígitos no celular sem contar o "DDD" e o código do país
Jedielson Almeida
Como TI e morador de um desses estados afetados (AP) já estou me preparando pras tias/mãe/avós/vizinhos e papagaios que não conseguirão atualizar o 9 dígito D: Pior ainda vai ser fazer isso nos dumbphones.