Início » Celular » Kodak vai lançar smartphones, tablet e câmera conectada em 2015

Kodak vai lançar smartphones, tablet e câmera conectada em 2015

Paulo Higa Por

A Kodak, aquela empresa tradicional que era praticamente sinônimo de fotografia no século passado e chegou a pedir proteção contra falência em 2012, está ressurgindo das cinzas. A empresa anunciou nesta semana que vai revelar uma nova linha de smartphones e tablets com Android. O primeiro aparelho será lançado em janeiro, durante a CES 2015, que acontecerá em Las Vegas.

Lembra?

Lembra?

Nenhum detalhe específico sobre o aparelho que será revelado em janeiro foi divulgado, mas podemos tirar algumas conclusões pelo comunicado oficial. A primeira é que a Kodak aproveitará sua antiga fama para colocar recursos de fotografia nos dispositivos: eles terão “funções de gerenciamento, compartilhamento e captura de imagem sob medida”.

A norte-americana também fala em “excelente design e interface de usuário”, acrescentando que os aparelhos serão focados em consumidores que desejam ter uma experiência de aparelho flagship, mas não estão confortáveis com os dispositivos cada vez mais complicados de usar — provavelmente teremos mais que apenas algumas modificações no Android.

Os aparelhos serão desenvolvidos pela fabricante inglesa Bullitt; a Kodak está licenciando sua marca — uma das estratégias que fez a empresa sair da concordata, como notou o The Verge. A Bullitt já tem experiência com o negócio: lançou uma linha de smartphones com a marca Caterpillar e, obviamente, os aparelhos são super resistentes a queda, poeira e água, para combinar com a marca.

O primeiro smartphone da Kodak será lançado na CES 2015, que acontece entre os dias 6 e 9 de janeiro. No segundo semestre do ano, a empresa lançará um aparelho com 4G, um tablet e uma câmera inteligente.

Mais sobre:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique Ferreira Lima
Verdade. Kodak e Motorola já trabalharam juntas uma vez com aquele Motorola ZN5, que foi concorrente do N95 na época pela disputa de melhor câmera. Achei uma vez em uma loja e os resultados até que foram bons, mas a Nokia como sempre foi insuperável.
Vitor Mikaelson
Kodak foi bem idiota. Deveria fazer acordo com alguma fabricante gigante (uma boa seria Motorola ou LG, pois não fazem a própria lente, diferente da Sony e Samsung) para vender suas lentes exclusivas, e inclusive cuidar do software da câmera e os algorítimos. Ela tinha um nome muito forte na época, muito MESMO. Seria a melhor ideia, na minha opinião. Mais ou menos como a Zeiss faz com a Nokia/MS.
Wagner Vinicius Macêdo
Acho que não vai para frente....
Marcvs Antonivs
Desejo sorte. Não porque eu seja um fã da Kodak, mas porque é a marca da primeira máquina fotográfica que eu tive na vida, uma Instamatic.
Paulo Higa
Venderam, por US$ 525 milhões: http://www.reuters.com/article/2012/12/19/us-kodak-patent-sale-idUSBRE8BI0R520121219
Lucio717
Kodak aquela empresa falida? Ah tá, vai conseguir concorrer muito mesmo
Guilherme C.
Lentes Kodak são ótimas e a empresa tinha a maior parte das patentes sobre câmeras digitais (será que ainda tem ou venderam?). Se tiver uma boa estratégia de mercado não tem pq dar errado.
Caio Oliva
Não é fácil fazer um smartphone sem Android ou Windows Phone. A não ser que a Apple liberasse o iOS (o que duvido muito, hehe). Imagina lança um smartphone que não tenha candy crush, facebook app e whatsapp ? No Brasil não venderia, e no exterior que usam apps ainda mais estranhos como o Kik, Paper ... Seria fracasso na certa. O que podemos esperar é um android bem calibrado, apesar desses TouchWizes da vida carregarem demais os aparelhos.
David Matheus Santos Sousa
Lumia 1020 com 41mpx
Luto MalCriadoRJ
Lumias com pixels de Hubble e etc. Não lembro bem o número, mas acho que é o 102 (40mpx).
Bruno Pinho
Nokia?
Alisson Silva
Trazer ao mercado smartphones Android não traz diferencial algum num mercado tão concorrido. Sendo assim, a Kodak deveria destacar a câmera do aparelho. Nokia faz sucesso com isso, imagine então a Kodak.