Os últimos anos não foram os melhores do Windows. De certo modo, as versões 8.x falharam em sua proposta de atender a dois segmentos – PCs e dispositivos com touchscreen -, razão pela qual sofrem críticas e rejeição até hoje.

Para dar a volta por cima, a Microsoft está focada no Windows 10. Em um evento realizado nesta quarta-feira (21), a companhia deu mais detalhes sobre como pretende fazer a versão ser bem aceita entre usuários de PCs e, de quebra, fazer o nome Windows ganhar mais relevância na área de mobilidade.

Eis um apanhado abordando resumidamente as principais novidades e características apresentadas.

Menu Iniciar

No início da apresentação, a Microsoft reforçou o que já sabíamos: o Menu Iniciar irá voltar, mas desta vez mesclando ícones em lista e as tiles (aqueles blocos) que fazem parte da tela de início do Windows 8.x.

Para quem está acostumado com uma tela inicial ocupando toda a interface, o novo Menu Iniciar poderá ser expandido e minimizado a qualquer momento.

Windows 10 - Menu Iniciar

Na prática, o recurso pouco mudou em relação ao que o Windows 10 Technical Preview já mostra. Para muita gente, isso significa que o novo Menu Iniciar não terá nada tão “revolucionário”, mas será bem-vindo mesmo assim.

Cortana

A assistente de voz que surgiu como a arma do Windows Phone para enfrentar o Siri da Apple e o Google Now foi confirmada para o Windows 10. Sim, isso significa que você poderá usar a assistente em seu PC.

Será possível dar instruções à Cortana tanto a partir de comandos de voz quanto via teclado. E a assistente não limitará sua atuação apenas à internet: ela poderá ser usada para procurar arquivos no computador e no OneDrive simultaneamente, abrir determinado aplicativo, enviar um e-mail sem necessidade de acesso ao site do serviço, entre outros.

Windows 10 - Cortana

Buscas online também serão uma tarefa para a Cortana. O background das pesquisas será o Bing, é claro, embora a Microsoft, curiosamente, sequer tenha mencionado o serviço na apresentação.

A princípio, a Cortana “falará” sete idiomas, mas ainda não está claro se o português é um deles.

Modo Continuum

O modo Continuum também foi abordado no evento. Trata-se, basicamente, de uma funcionalidade que faz a interface se adequar aos dispositivos que estamos utilizando. Se, por exemplo, você estiver usando um tablet com um teclado e desconectar o acessório depois de algum tempo, o Continuum detectará a mudança e passará a exibir um teclado virtual e a tela inicial em vez do Menu Iniciar.

A ideia é fazer com que o dispositivo possa alternar entre o uso de mouse, teclado e toques na tela com o máximo de fluidez.

Windows 10 - Continuum

Olha o Spartan aí

O browser que promete trazer uma nova experiência de navegação foi finalmente confirmado. O Spartan (ainda não se sabe se este nome será mantido) chegará um pouco depois do lançamento do Windows 10 – pode levar de três a cinco meses para ser disponibilizado -, mas virá mesmo com várias novidades.

Uma delas é um modo que tenta deixar as páginas com um visual mais agradável para leituras. Também haverá a possibilidade de guardar páginas para acesso posterior ou leitura offline, tal como já o fazem aplicativos como Instapaper e Pocket.

Será possível ainda fazer anotações no melhor estilo Evernote. Se você estiver lendo uma página e quiser destacar determinado parágrafo, poderá também selecioná-lo para inserir uma nota. Estes dados serão sincronizados automaticamente com sua conta no OneDrive e, se você precisar, podem ser compartilhados com colegas de trabalho, por exemplo.

E, sim, o Spartan será compatível com a assistente Cortana e contará com versão móvel.

Windows 10 - Spartan

Xbox

A Microsoft também quer que o Windows 10 se destaque em relação a jogos. Para isso, a plataforma terá mais integração com aplicações do Xbox. O usuário poderá iniciar chats com contatos do Xbox Live, comentar “jogatinas”, entre outros.

Se você pressionar as teclas Windows e G ao mesmo tempo, poderá gravar jogos em andamento, fazer capturas de telas e outras ações relacionadas. Estes recursos funcionarão com qualquer título rodando no Windows 10.

A parte mais interessante, no entanto, é a possibilidade de fazer streaming de games do Xbox One para um PC ou tablet com Windows 10. Além disso, o jogador poderá participar de disputas multiplayer em jogos disponíveis para ambas as plataformas (se você estiver no PC, poderá jogar com um amigo que está usando o Xbox One, por exemplo).

Outra informação que a gente já tinha, mas merece ser ressaltada: o Windows 10 contará com o DirectX 12, que promete desempenho até 50% superior em relação ao DirectX 11, além de menor exigência de energia.

Tablets, smartphones e aplicativos universais

Conforme esperado, a Microsoft revelou alguns detalhes sobre o Windows 10 para dispositivos móveis. O que se sabe é que a versão será específica para aparelhos com tela de até 8 polegadas e terá, como não poderia deixar de ser, interface baseada em tiles, mas com novidades.

Uma delas é um teclado virtual flutuante que deve ajudar na digitação com apenas uma mão. A área de notificações (Action Center) interativa – você pode responder a um SMS sem sair dali, por exemplo – é outra.

Windows 10 - smartphone

Com os chamados “aplicativos universais” (vide a imagem abaixo), o usuário poderá continuar no smartphone ou tablet atividades iniciadas no PC e vice-versa. Se funcionar bem, este será, certamente, um dos pontos altos da plataforma.

As ferramentas do Office (Word, Excel, PowerPoint, etc.) se enquadrarão nesta categoria. E o melhor: virão instalados por padrão em tablets e smartphones. O pacote contará inclusive com um novo aplicativo de fotos que permitirá ajustes quase instantâneos nas imagens, assim como criação de álbuns.

Windows 10 - apps universais

A Microsoft promete liberar uma versão “preview” do Windows 10 para dispositivos móveis no próximo mês.

De graça para usuários atuais das versões mais recentes

Um dos anúncios mais especiais da apresentação é, certamente, a confirmação de que o Windows 10 será gratuito, pelo menos para boa parte dos usuários.

Caso use Windows 7, Windows 8, Windows 8.1, Windows Phone 8 ou Windows Phone 8.1, você poderá migrar gratuitamente para o Windows 10 durante o primeiro ano de disponibilização da versão.

Vale destacar que, uma vez que você tenha obtido o Windows 10 durante o período gratuito, poderá utilizá-lo como tal de maneira permanente, inclusive recebendo todas as atualizações.

windows_10_all

* * *

Os detalhes finais sobre o Windows 10 devem ser revelados em abril, quando acontece a conferência para desenvolvedores BUILD.

Para quem está testando o Windows 10 Technical Preview, uma atualização com alguns dos novos recursos será liberada na próxima semana.

Vale frisar que o Windows 10 não foi único assunto que a Microsoft abordou no evento. Um curioso dispositivo de realidade aumentada chamado HoloLens foi apresentado por lá. Saiba mais aqui.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Ricardo Tillmann
oi
Edson Da Silva Bezerra
A microsoft é como a Skynet, brevemente vai lançar o primeiro protótipo de uma linha de androides que serão o ápice da culminância da inteligência artificial que se tornará independente e acabará com os seres humanos. http://megafilmeshd.net/series/as-cronicas-de-sarah-connor.html
Yuri da Silva
2015 ano do GNU/Linux.
Bruno Campos
Na verdade a Windows sempre sera a lider em sistemas operacionais, isso nunca haverá duvidas, o que estão fazendo é apenas expandir o mercado que está em crescimento, de tablets e smartphones, não é dominação de outras plataformas, é expansão e vinculação dos sistemas, porém hoje, poucas pessoas se importam ou sabem mexer em sistemas operacionais moveis; não é que compram mais Android, é que o Android é pertencente a maiorias dos tablets e smartphones que muitas vezes são comprados apenas pela fabricante do aparelho e depois de se acostumares, acabam permanecendo nas mesma plataforma por comodidade, o que a Windows esta fazendo com o Windows 10 é ajudar essas pessoas a usarem seus celulares, tablets e computadores de uma mesma forma. e isso é o que vai fazer a diferença na hora de se adquirir outras plataformas, tirar uma foto com seu celular e ela já estar com uma copia no seu computador e vice-versa, vídeos, as cores do seu celular, papeis de parede, senhas de conexão, e isso já acontece com o Windows 8.1 e Lumia que pouca gente sabe como usar, por isso essa negação e repulsa em questão ao 8.1.
theTaripy

Aproveitando o comentário dele... Tenho um notebook que tem Windows 7 Starter "original". Será que poderei atualizar para alguma versão do Windows 10?

Antonio Consante
Aproveitando o comentário dele... Tenho um notebook que tem Windows 7 Starter "original". Será que poderei atualizar para alguma versão do Windows 10?
Tiago Celestino
Pelo o visto a MS vem aprendendo muito com essa nova gestão.
R0gério
Assim como kinect 1 pra Windows. Falavam até em aplicações médicas pra ele. E mesmo tendo gente já desenvolvendo pro dispositivo ele flopou. Dá uma lida nessa matéria do Engadget: http://www.appy-geek.com/Web/ArticleWeb.aspx?regionid=3&articleid=35107947 Apesar de ter gente no site bem animada com o dispositivo, o autor do artigo divide comigo certas dúvidas quanto a ele realmente ser (ou se tornar) tudo aquilo que estão alardeando agora. Ele faz um pequeno resumo do histórico da MS (e dá pra incluir outras empresas) quanto a apresentação de tecnologias que nem sempre vingaram.
Vitor Mikaelson
O foco é meio diferente. No X1 é sobre jogos. No PC parece ser mais profissional.
Josué Junior
Na verdade ninguém cria nada; uma coisa deriva da outra! TUDO até agora foi assim! Senta, pega sua pipoca e ralaxa...
Olacir Oliveira
Wp e suas live tiles unicas, um grande diferencial, é meio que uma 'marca' da plataforma já, agora com esse background igual ao ue já é usado na versão x86, excelente.
Guest
Cara, não bem assim, 1º criticam a apple pq ela sempre esteve a frente da tecnologia com grandes inovações e produtos surpreendentes, mas desde o Iphone 5 que não conseguem mais criar nada de novo. 2º A Microsoft não esta copiando o Holo de lugar nenhum,, ele tem seu própio modelo, sistema, funcionalidade, etc. Até agora eu não vi nada igual, então, não estão cópiando de lugar nenhum, apenas fazendo sua própia versão de um produto
R0gério
Vitor, a principal fonte de conteúdo pro kinect seria o XBOX. E ainda assim o primeiro pra X360 teve sua versão pra Windows descontinuada. Imagina agora que a própria MS tornou o novo kinect opcional, quase jogando pra debaixo do tapete. Não duvido que essa parceria com a Adobe tivesse sido assinada antes de descartarem o dispositivo do XB1. Só o tempo mostrará se os desenvolvedores vão manter interesse no dispositivo. Quanto ao Holo, só estou dizendo que no momento não me empolgou por haver muitas incertezas NMO. Li hands on bastante positivas, mas ao mesmo tempo confirmavam que o dispositivo era bem diferente daquele mostrado na apresentação. De novo, o HoloLens, neste estado, serviu mais pra criar hype em um evento que não atendeu à expectativa que eu tinha. Melhor me concentrar no Windows 10 desktop que parece sensacional.
Cas
Cortana, Spartan...é impressão minha ou isso ta muito misturado com Halo? Parece uma tentativa de agradar a "Geração Halo" e fazer-los querer usar o windows 10, garantindo assim pelomenos 2,5 milhões de usuários, assim que o windows 10 sair. Isso soa tao retardado, idiota e insano que provavelmente vai dar certo o_O
Baidu feat MC Brinquedo

A pior coisa que pode acontecer, na internet, é você encontrar alguém que não entenda SARCASMO.

Exibir mais comentários