Sem fazer alarde, o Google lançou nesta semana uma extensão para Chrome chamada Data Saver que promete reduzir consideravelmente a quantidade de dados baixada pelo browser na navegação em sites. Em alguns casos, a economia chega perto de 50%.

A extensão está em fase beta. Talvez seja por isso que o Google não anunciou a novidade aos quatro ventos. Mas, apesar de não estar em fase final, o Data Saver parece funcionar bem. Pelo menos é a impressão que os testes para este post deixaram.

Não há segredo para o uso da extensão. Basta instalá-la, clicar em um botão e ela ficará imediatamente ativa. Dá para checar a quantidade de dados economizada clicando no ícone da ferramenta ao lado da barra de endereços.

Chrome Data Saver

Também não há mistérios em relação ao funcionamento: basicamente, o Data Saver direciona os dados de uma página a servidores do Google que, por sua vez, comprimem os itens que a compõem (HTML, arquivos CSS, código em JavaScript, entre outros) para então disponibilizá-la ao navegador. O macete só não funciona em sites com SSL ou acessados via modo anônimo.

A ideia não vem de agora. Desde 2013, as versões do Chrome para iOS e Android contam com uma função equivalente, mas que não é ativada por padrão. Para usá-la, você deve ir nas configurações do browser e habilitar a opção “Economia de dados”.

Tanto em dispositivos móveis quanto em desktops, a funcionalidade pode ajudar o Chrome a exibir páginas mais rapidamente. Mas o atrativo principal é mesmo a economia no tráfego, uma mão na roda para quem precisa poupar dados para não estourar a franquia de um plano 3G ou 4G.

Quer testar? A extensão Data Saver (em português, Economia de dados) pode ser baixada na Chrome Web Store. Há mais informações nesta página de ajuda.

Com informações: VentureBeat

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cláudio Duarte
Google é o principal criador e financiador do protocolo SPDY utilizado pela extensão Data Saver, que nada mais é que um proxy com tunado, acho que o protocolo e a extensão deveria chamar Google SPY, já que o objetivo final é coletar dados da navegação dos usuários. Segue aquela máxima, quando um produto na internet é grátis é por que você paga com seus dados pessoais.
Tiago "The Portal" Soares
Apenas uma observação: não sei se perceberam, mas essa extensão gera um VPN automático para a sede do Google na Califórnia. Fui abrir o Netflix e vi que estava com o catálogo dos USA.
Tiago Celestino
O Opera já fazia a otimização em desktop há um bom tempo também.
Pedro Cab

Aparentemente mais um jeitinho bacana que o Google achou para coletar dados dos usuários. =P

Cab
Aparentemente mais um jeitinho bacana que o Google achou para coletar dados dos usuários. =P
Sergio Fagundes
Novamente ESTAMOS FALANDO DE DESKTOP onde não tínhamos esse tipo de opção agora pode enfiar seu celular onde você prefere.
Danillo Nunes
O Tecnoblog usa CloudFlare, então, se ele tiver sido bem configurado, ele já deve fazer todas ou a maior parte das otimizações feitas por essa extensão.
ochateador
Opera fazia isso no celular bem antes do chrome...
Marcus Pessoa
Em algum momento eu disse que sou superior a alguém?
Tales
Parabéns, ó ser superior "linuxista"!
Antony
Eu até dou importância, mas somente de coisas que me interessam. Se eu preciso de privacidade em algo, não vou utilizar as soluções do Google ou da Microsoft.
Sergio Fagundes
Esse ícone do datasaver fica muito parecido com o do dotvpn. E bem vinda essa extensão, vai ser uma bela economia de dados no notebook durante as viagens. Agora só falta economizar memória e ter seu próprio java vm.
Sergio Fagundes
Só que estamos falando de DESKTOP pois o chrome já fazia isso em portateis faz tempo. Esse melhoramento apesar de tosco é bem vindo pois muita gente usa celulares como roteadores para usar em notebooks quando estão em viagem.
Breno
Quando o gargalo está na conexão lenta, este recurso irá aumentar drasticamente a velocidade de carregamento de um site. Pois ele irá reduzir a quantidade de dados neste gargalo de conexão ruim. :)
Rodolpho Freire
"Google lança extensão que ajuda Chrome a economizar memória RAM" iria ser uma notícia muito mais atrativa....
Exibir mais comentários