Início » Negócios » Spotify compra empresa de análise de dados para se tornar mais competitiva

Spotify compra empresa de análise de dados para se tornar mais competitiva

Por
4 anos atrás

A chegada do Apple Music deixou o mercado de streaming de áudio, já acirrado, ainda mais disputado. Para se destacar, as empresas do ramo apostam não só em acervo amplo como também em tecnologias que melhoram a experiência do usuário. É essa estratégia que levou o Spotify a adquirir a Seed Scientific.

Entre os clientes da companhia já estiveram marcas fortes, como Audi, Unilever e – olha só – Beats Music, serviço que passou a ser da Apple no ano passado, como você deve saber.

O que a empresa tem de tão especial? A Seed Scientific é especializada em análises de dados que ajudam companhias na compreensão do seu mercado, no aperfeiçoamento de seus produtos, na criação de serviços e por aí vai.

Spotify

No segmento de streaming de áudio, os algoritmos da Seed encontram várias aplicações. A tecnologia da empresa pode apontar, por exemplo, que meios os usuários mais utilizam para encontram músicas novas, quais estratégias comerciais funcionam melhor, o que leva assinantes a trocarem de serviço, entre outros.

Nesse sentido, o Spotify explica que a Seed Scientific ajudará a companhia a tomar decisões mais rapidamente, o que é essencial em um mercado tão competitivo. Em outras palavras, a análise de dados auxiliará o Spotify a compreender melhor seus perfis de usuários e o mercado como um todo, dando margem para mais acertos nas recomendações de músicas e na criação de estratégias de marketing, por exemplo.

Com a aquisição, o time de profissionais da Seed Scientific (cerca de 20 pessoas) passa a formar a equipe de Advanced Analytics do Spotify. Convenientemente, o departamento será liderado por Adam Bly, fundador da Seed.

Nenhuma das partes revelou o valor envolvido no negócio.

Com informações: TechCrunch