Início » Ciência » Este app da Microsoft adivinha a raça do seu cachorro com uma foto

Este app da Microsoft adivinha a raça do seu cachorro com uma foto

Vários algoritmos fazem com que o app "fetch!" reconheça características sutis de cada raça

Por
3 anos atrás

Acabou de sair do forno mais um aplicativo experimental da Microsoft Garage, a divisão da empresa responsável por apresentar projetos fora do comum. Batizado de fetch!, ele é capaz de identificar raças de cães e apontar o nível de semelhança da foto com a raça (funciona até com humanos!).

microsoft-fetch

O aplicativo foi lançado a tempo dos festivais American Kennel Club’s Meet & Compete e Westminster Kennel Club Dog Show, que reúnem uma grande quantidade de cães, das mais variadas raças. Certamente será muito útil para visitantes e participantes testarem as funções do app com os animais.

Para testar, basta baixar o aplicativo da Microsoft (exclusivo para iOS) e enviar ou tirar uma foto de um cão. Logo depois, ele informará a raça do animal, a partir de uma base de dados curada pela própria equipe da Microsoft.

Se a raça não for identificada corretamente, o aplicativo mostrará uma porcentagem da raça mais próxima. E se você usá-lo com pessoas, ele mostrará a raça que se parece mais com você ou seu amigo (com direito a uma explicação do porquê ele sugeriu aquela raça para você!). O funcionamento pode ser visto no vídeo abaixo:

Como existem várias raças caninas parecidas e numerosas opções para um cão não identificado se encaixar (ele pode ser uma mistura, por exemplo), é só clicar na porcentagem que o fetch! te dará uma lista das cinco principais raças que mais combinam com o seu cão. Também há um histórico de todas as imagens que você já enviou, incluindo as raças identificadas.

Eu testei a versão web, que se limita a adivinhar a raça do cão e mostrar algumas informações, sem calcular uma porcentagem de semelhança ou algo parecido. Os resultados ficaram dentro do esperado: ele identificou corretamente um labrador, disse que o meu vira-lata se parece um rottweiler (mas há pouca semelhança) e achou que o meu gato é um… norwich terrier.

microsoft-fetch-scooby microsoft-fetch-popeye microsoft-fetch-ary

Para obter mais informações sobre cada raça no aplicativo, é só clicar na seta que fica no canto inferior direito da tela. Os dados informam o tamanho, tipo de pelagem e quais raças combinam mais com quais tipos de família. Para reunir essas informações, a equipe da Microsoft consultou vários especialistas no assunto para curar os dados, sem confiar cegamente em informações prontas.

Esta não é a primeira solução da Microsoft que mexe com imagens, ou sequer inteligência artificial. O fetch! faz parte do Project Oxford, aquele conjunto de APIs que usam inteligência artificial para aprender tarefas relacionadas à fala, língua e visão. O projeto também abriga sites como o TwinsOrNot.net, que identifica a semelhança de duas pessoas e o How-Old.net, que adivinha quantos anos você tem.

É interessante ver como as tecnologias de inteligência artificial e de aprendizagem de máquina da Microsoft evoluem rápido. Mitch Goldberg, diretor de desenvolvimento no Microsoft Research, detalha como a ideia do fetch! surgiu. “Havia um interesse em criar um framework que permitisse analisar um domínio – no nosso caso, cães – e reconhecer inúmeras classes, como raças”, disse.

Os especialistas consultados também ajudaram a equipe a desenvolver a imagem correta para identificar os cães. Assim, a partir da combinação de algoritmos de aprendizado de máquina e as informações desses especialistas, o aplicativo foi ficando mais preciso com o tempo.

microsoft-fetch-2

Segundo Goldberg, todas as raças são difíceis de serem classificadas. Para que o aplicativo aprenda cada vez mais, eles usam redes neurais profundas, uma das tecnologias mais avançadas em aprendizagem de máquina. É um sistema parecido com o que permitiu um computador do Google derrotar um humano em um jogo chinês de estratégia.

“Uma das coisas sobre usar redes neurais profundas é que você não a treina em uma raça em particular. Você coloca várias imagens, e o algoritmo, no processo de treinamento, determina o que é único em cada um dos cães”, explica Goldberg.

O fetch! está disponível apenas para iOS. Se você não usa iPhone, poderá brincar numa versão com menos funções da ferramenta em What-Dog.net. Infelizmente, ela não funciona com humanos e nem mostra a porcentagem de semelhança com fotos de cães, se limitando a exibir a raça mais próxima, com poucas informações.

Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.