Início » Telecomunicações » TIM vai expandir banda larga TIM Live para o todo o Brasil por LTE

TIM vai expandir banda larga TIM Live para o todo o Brasil por LTE

Lucas Braga Por
3 anos atrás

Após revelar o plano de chegar a 2.000 municípios cobertos com 4G em 2017, a TIM anunciou nesta quarta-feira (19) um importante detalhe sobre esse investimento: a operadora vai aproveitar sua rede LTE de 700 MHz para expandir o serviço de banda larga TIM Live para além das regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro.

Conforme apontado pelo Telesíntese, a operadora vai apostar em WTTx (conexão sem fio até o consumidor) para oferecer banda larga fixa. Usando a frequência de 700 MHz, a operadora espera oferecer conexão à internet principalmente nas pequenas cidades — boa parte do país tem menos de 40% de penetração de serviços de internet fixa, com velocidades abaixo de 12 Mb/s.

antena-celular-telecom-torre

A operadora não revelou se planeja fazer uso de LTE Advanced para entregar a banda larga, embora seja uma solução mais inteligente para esse tipo de finalidade. Com agregação de múltiplas frequências, seria possível atingir taxas de transferência teóricas de até 1 Gb/s — maior velocidade oferecida atualmente pela TIM Live por fibra óptica, por R$ 1.499,90 ao mês.

Stefano De Angelis, CEO da TIM, diz que haverá diferença entre a banda larga fixa da TIM e o serviço de internet móvel pessoal que já existe atualmente. Por se tratar de rede móvel, é bem possível que exista alguma limitação de franquia, embora a operadora não tenha comentado nada a respeito. Mesmo assim, com acessos fixos, o dimensionamento da rede fica muito mais preciso e, dessa forma, a operadora poderá identificar as áreas que demandam mais investimento para prestar o serviço.

A TIM não é a primeira operadora a vender LTE como acesso fixo: a Sky tem presença de banda larga em algumas localidades, mas só oferece velocidades de 2 Mb/s e 4 Mb/s e com franquia de dados. A On Telecomunicações é outra empresa do ramo, que atende algumas cidades no interior de São Paulo e tem planos com velocidades de até 15 Mb/s, também com limite de uso.

Como a faixa de 700 MHz será liberada até 2018, ainda vai demorar um pouco para o TIM Live nacional virar realidade. Quem sabe não dá certo?

Mais sobre: , ,