Início » Ciência » Google pretende funcionar somente com energia renovável a partir de 2017

Google pretende funcionar somente com energia renovável a partir de 2017

Por
3 anos atrás

O Google anunciou que pretende funcionar somente com energia renovável a partir de 2017. Isso inclui todos os seus data centers e escritórios para mais de 60.000 funcionários — o que é bem importante se considerarmos que estamos falando de uma empresa que chegou a ser responsável pelo consumo de 0,01% de toda a eletricidade do planeta.

Já no ano passado, 44% de toda a eletricidade comprada pelo Google foi gerada por fazendas de energia eólica e solar. Atualmente, a companhia é a maior compradora corporativa de energia elétrica renovável do mundo.

A empresa lançou um site com informações sobre seus projetos e investimentos nas áreas de energia sustentável, além de ter publicado seu relatório ambiental com mais detalhes sobre essas e outras iniciativas.

google-solar

“Para atingir esse objetivo, estaremos comprando diretamente energia éolica e solar anualmente para contabilizar cada unidade de eletricidade que nossas operações [globais] consomem”, disse Urs Hölze, vice-presidente de Infraestrutura Técnica.

Segundo Hölze, o custo das energias solar e eólica tem caído bastante, e os preços são muito mais estáveis que os das fontes tradicionais baseadas em carbono, como o carvão. Com isso, o Google também pretende investir e fomentar a produção de energia sustentável mundial, principalmente nas regiões onde seus data centers estão instalados e onde a empresa possui operações significativas, como nos Estados Unidos, Chile e algumas cidades da Suécia.

Atualmente, a maior parte do consumo de energia elétrica do Google está concentrada em seus data centers, cuja demanda continua crescendo, apesar dos esforços da empresa em melhorar sua eficiência utilizando inteligência artificial.

Google

No entanto, a meta de operar com 100% de energia sustentável não significa que o Google irá receber diretamente toda essa energia, mas sim que a empresa pretende comprar anualmente de fontes renováveis o equivalente a toda sua eletricidade consumida.

“A ciência nos diz que enfrentar as mudanças climáticas é uma prioridade global urgente. Acreditamos que o setor privado, em parceria com lideranças políticas, deve dar passos ousados e que podemos fazê-lo de forma a gerar crescimento e oportunidades. E temos a responsabilidade de fazê-lo – aos nossos usuários e ao meio ambiente”, completou Hölze.

Mais informações podem ser conferidas no anúncio oficial.

Mais sobre: , ,