Início » Jogos » Nintendo Switch não vai ter um navegador

Nintendo Switch não vai ter um navegador

Diego Melo Por

Se você pretendia ler as matérias do Tecnoblog entre uma jogatina e outra sem sair do seu Nintendo Switch, saiba que isso não será possível. Em entrevista à Time, Tatsumi Kimishima, CEO da Nintendo, revelou que o novo console da companhia não terá um navegador web.

"Uma vez que todos os nossos esforços foram para tornar o Switch uma incrível plataforma dedicada a jogos de videogame, ele não terá suporte a isso, pelo menos não no lançamento", disse Kimishima. Outro possível motivo da não inclusão do navegador é não dar brechas para a comunidade hacker encontrar formas de "destravar" o console, já que esse é um dos principais pontos de entrada explorados em outros consoles, como o 3DS, da própria Nintendo.

Pelo enfoque na portabilidade do console, isso também pode ser um problema para quem quiser jogar com o Nintendo Switch conectando em uma rede Wi-Fi pública que exija algum tipo de confirmação de login, por exemplo. Além disso, o console também não terá aplicativos de serviços de streaming de video, como a Netflix. No entanto, Kimishima confirmou que a loja de jogos digitais Nintendo eShop estará funcionando para o Nintendo Switch já no lançamento.

Na entrevista, Kimishima revelou que o Nintendo Switch não terá retrocompatibilidade com os jogos do Wii U, mas que a companhia não descarta relançar alguns títulos em versões originais ou remasterizadas. Comentando sobre a investida da companhia no mercado mobile, o executivo disse que o recém-lançado Fire Emblem Heroes já alcançou mais de US$ 5 milhões em receitas, e atualmente é o terceiro app mais rentável da App Store no Japão, tendo batido a marca de 1 milhão de downloads no primeiro dia.

O Nintendo Switch será lançado no dia 3 de março, por US$ 299 no mercado norte-americano. O pacote incluirá o console, dois Joy Con (esquerda e direita), o dock do Switch, um cabo HDMI e um adaptador AC. Ao contrário dos consoles antigos, o Switch não terá trava de região para os jogos. O Brasil não foi mencionado como uma das regiões que receberão o console em seu lançamento.

Mais sobre: ,