Início » Brasil » Você ganhou um e-book por causa de uma polêmica criada pela Amazon Brasil

Você ganhou um e-book por causa de uma polêmica criada pela Amazon Brasil

Por
29 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Ei, você: quer ganhar um e-book? É cortesia da Amazon, após uma campanha publicitária criar uma reação fora do esperado.

O vídeo #MovidosPorHistórias começa com a pergunta “Cobriram a cidade de cinza?”, e mostra alguns dos muros na cidade de São Paulo cujos grafites foram apagados este ano. Isso faz parte do programa Cidade Linda, criado pelo prefeito João Dória (PSDB).

Então, são projetados trechos de livros como 1984, Harry Potter e a Pedra Filosofal e 50 Tons de Cinza em muros e calçadas da cidade, para terminar com a frase “A gente cobriu o cinza de histórias”. A ideia era divulgar o Kindle.

A campanha publicitária repercutiu bastante nas redes sociais, alguns elogiando a atitude da Amazon e muitos rechaçando o que parece ser uma crítica ao programa Cidade Linda. No YouTube, o vídeo acumula 85% de dislikes e centenas de comentários negativos.

Dória aproveitou a repercussão para pedir à Amazon que doasse livros e computadores para a cidade. Ele diz no Facebook: “já que a Amazon gosta tanto de São Paulo, gosta tanto do Brasil, ajude a nossa cidade. Ajude a quem precisa. Se vocês gostam realmente, doem livros para as bibliotecas, doem computadores para as escolas públicas municipais”.

Ele também sugeriu “patrocinar um dos MARs – Museus de Arte de Rua”, programa que patrocinará grafites em áreas públicas da capital paulista, pagando até R$ 40 mil aos projetos selecionados.

A concorrente Kabum logo respondeu que estava disposta a fazer doações:

Horas depois, a Amazon respondeu em um vídeo no Facebook: “vamos doar centenas de dispositivos Kindle para instituições que promovem cultura e educação (fiquem ligados)”.

E para conter o impacto negativo da propaganda, a empresa está oferecendo um e-book de graça para todo mundo. Não é preciso ter Kindle: basta acessar amazon.com.br/amamosSP, fazer login (ou criar uma conta) e pegar seu livro digital. É possível ler no smartphone, computador ou tablet, além do próprio Kindle. A lista de títulos disponíveis está no final do post.

Uma das táticas de Dória para conseguir recursos para a prefeitura é através de doações vindas de empresas privadas. Esta semana, a Microsoft liberou acesso gratuito ao Office 365 Educacional – que inclui Word, Excel, PowerPoint e OneNote – a todas as escolas municipais de São Paulo.

Concordando ou não com a propaganda da Amazon, você pode levar um e-book de graça por causa da polêmica. Qual você vai pegar?

Como fazer amigos e influenciar pessoas

Laranja mecânica

2001: uma odisseia no espaço

O Planeta dos Macacos

STAR WARS – Marcas da Guerra

A história do mundo para quem tem pressa

O Pequeno Príncipe

Os melhores contos de H.P. Lovecraft

O Hobbit

As Crônicas de Nárnia

Não falta nada

Onze Reis: Principia

Scrum: a arte de fazer o dobro do trabalho na metade do tempo

Mistborn – Nascidos da Bruma: o império final

Histórias da gente brasileira – vol. 1

Guia politicamente incorreto da história do mundo

A filosofia explica grandes questões da humanidade

A Startup Enxuta

Guia politicamente incorreto da história do Brasil

Crash – 2.ª edição

Wayne de Gothan

A Segunda Guerra Mundial: os 2.174 dias que mudaram o mundo

Os últimos dias de Krypton

A menina que não sabia ler

A Joia

D. Pedro: a história não contada

Marvel Comics: a história secreta

Wicked

Churchill: uma vida – Vol. 1

Memórias de um sargento de milícias

O ateneu

O jardim secreto

A época da inocência

O alienista

Quincas Borba

Memórias póstumas de Brás Cubas

Com informações: Folha, IDG Now.

  • Ricardo – Vaz Lobo

    Amazon, você está de parabéns por ter um coração tão grandioso! Continue com essa generosidade e não mexa no departamento de marketing! Um paulistano do Capão Redondo agradece e espero que o Kabum! mande um PC lá pra EM João Silva.

    • Vin Diesel

      Ele está agora 29/03/17 10:00 na Band News FM em SP e falou: Não queremos migalhas… Centenas de Kindle´s é migalha…

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        E é mesmo… pelo tamanho da cidade e pelo tamanho da Amazon, tenho certeza que poderiam doar muito mais com a verba que tem para marketing.

        • JPaulBeaubier

          Verba de marketing não é uma fonte inesgotável de dinheiro. Não se tira uma porrada de produtos da empresa e joga no c* do MKT. O dinheiro que é separado para qq área é decidido no ano anterior quando é feito o budget e tem fins específicos.
          Eles podem, sim, tirar do MKT, mas uma empresa tem que buscar o equilíbrio. Cada um doa o que pode, não o que o outro quer receber.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            Não é “tirar” do MKT, já que isso é uma forma de marketing, quando se destina uma verba as campanhas nem estão definidas, acredito que todas as empresas que estão fazendo doações para a cidade estão usando essa verba, não iam tirar do lucro delas para tal….
            E pode ter certeza que a Amazon é muito maior que a Kabum, por exemplo, e consegue doar muito mais.

          • Des

            Foda-se o Dória, nenhum coxa vai deixar de comprar seus ebooks na amazon, ou comprar Lev em vez de Kindle.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            É uma babaquice levar as coisas pelo lado político, ninguém vai deixar de comprar mesmo, até porque quem levou pro lado político essa propaganda da Amazon fora os esquerdas idiotas, aqueles mesmos que acham que no Lollapalooza o povo gritava “Olê LULA”… se tivessem ficado quietos não teria motivo pro Doria reagir e seria apenas mais uma propaganda da Amazon…

          • Artur Domingues

            Não tenho ideia do faturamento deles aqui mas para mim no Brasil a Amazon é minúscula.
            Tenho até medo deles largarem o país.

          • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            De qquer maneira estão ligados à matriz, ela tá dando lucro

      • Filipe Mondaini

        Na verdade pra Amazon é migalha sim. No entanto a verba do marketing não é infinita. Eles fizeram o que puderam com o backlash que sofreram nessa campanha.

      • Thalles Ferreira

        Uai, como se 100 empregos (vitalícios?) do McDonald’s que foi ganho não fosse migalha proporcionalmente… A doação tem que ser proporcional ao faturamento da empresa? Achava que doação de empresa era recebida de bom grado pela nova prefeitura.

        • Ligeiro

          100 empregos do McDonald’s custa bem mais que Kindles…

          • Thalles Ferreira

            Migalhas maiores, migalhas menores. Ainda migalhas.

          • Ligeiro

            O que não seria migalha? Um belo PS: não estou defendendo o Doria

          • Glaucia Alves

            Não deveria perguntar pro prefeitinho que utilizou o termo?.

          • Ligeiro

            1) Não defendo o Doria, mas também não o ofendo. O mal na democracia à brasileira é que qualquer um que pense o contrário ou faça algo ao contrário do que pensamos, é nosso inimigo. Tá meio porre tudo isso. A conversa trava e não vai para frente por causa disto.

            2) O ponto é na visão do Thalles, não do Doria. Acho estranho comparar 100 empregos com 1000 Kindles.

            3) Acho que empregos valem mais que Kindles ou doações – o efeito de longo prazo é maior, e gera um efeito cascata melhor ainda, pois afinal de contas, é a economia girando, pessoas melhorando e tudo mais. E isso vale para qualquer gestor público que faça algo para empregar pessoas (ou ao menos incentivar renda, economia e relações sociais em uma cidade). Desde que, claro, tais incentivos a emprego também não gere um “tome lá – dá cá” (vide comentário solo que deixei por gentileza).

            4) Caso prefira comparativos, lembremos que Haddad também fez o projeto de recuperação da região da cracolândia, dando emprego para quem queria sair da situação de risco que estava. Claro que houve toda uma controversa e não foi muito bem o resultado final, mas ao menos foi algo relevante. Isso vale para os empregos solicitados e citados também. Se isso também for “migalha”, então tá tudo errado.

          • Hal-Nacho Loser

            Ihhhhh “prefeitinho”….
            Fi Fo Fum…Sinto cheiro de gente de humanas

          • Ligeiro

            Sei que não adianta este tipo de reclamação contigo, mas para não passar batido: ofender o outro ou provocar também não resolve porcaria nenhuma. Conheço gente que não é de humanas e tem mentalidade “mais de esquerda” como muitos diriam. Reduzir as críticas a um adhominem covarde mostra o caráter de quem o faz.

          • Hal-Nacho Loser

            Calma ligeirinho. Tava só tirando onda. Além do que “prefeitinho” é adhominem também. Foi sarcasmo.

          • Thalles Ferreira

            Pra mim doação é doação, com os mesmos bônus (ajudar as pessoas) e ônus (qual interesse por trás?) independente do volume.

            Pro Dória, parece que doar centenas de Kindle (então no mínimo são 200, senão não são centenas!) não vale, é pouco. Considerando 150 reais por Kindle, já são 30 mil reais em doação no mínimo. Pra uma operação como a AmazonBR de fato não é tããããão relevante, mas não acho que 100 empregos (temporários? tem que manter por 1 ano pelo menos? é até o cara se aposentar?) no McDonald’s, por mais que só em 1 mês já consuma mais de 100 mil reais, seja tão relevante. Primeiro porque 100 empregos deve ser tipo umas 5 franquias da empresa ou menos. Segundo que o Mc já é subemprego e poderia contratar essas pessoas se quisesse antes, logo, me soa mais como “se meu amigo ajuda, é bom, se um desafeto ajuda, é migalha”. Mas é óbvio que a ação do Mc, tanto em custo quanto em efetividade, é muito melhor pra sociedade. E nisso eu não tenho nada a reclamar, gostaria inclusive que tivesse sido antes, não acho ruim não, só chamei de migalha mesmo pela comparação do que é o alcance real do que a empresa poderia fazer se quisesse mesmo “mudar o mundo” no aspecto empregatício. Enfim.

            Só pra levantar mais um ponto, todo mundo “parabenizando” a Multilaser e o Kabum pela prontidão nas doações, muito legal, mas saiu já em algum lugar o que/quanto/quando/onde vão ser feitas as doações? Porque é muito mais oportunismo (tipo Girafas se metendo na briga BK x McD) do que efetividade. E ninguém (além dos opositores bitolados do prefeito atual) parece se atentar a isso por enquanto. Quantos tablets a Multilaser tem de doar pra não ser migalha? 1 pra cada estudante da rede municipal? 1 por sala não vai ajudar muito, né.

          • Thalles Ferreira

            Aliás, só complementando, pra não editar: um Kindle é muito bacana do ponto de vista que está dando um porta-livros pros estudantes. Só serve pra isso, então fora serem revendidos, não teriam como deturpar tanto o uso. Os supostos computadores da Kabum também ajudam em salas de informática/telecentros/sala dos professores. Agora tablets? Se não for 1 por pessoa já começa mal. E tablets Multilaser vão fazer mais passar raiva do que ser realmente úteis rs

            Há uns anos atrás teve um governo (não lembro qual, nem se estado ou município) mas independente de quem seja, merece críticas por isso) que adquiriu uma porrada de tablets Positivo com essa desculpa de ajudar, de modernizar bla bla bla. Nem preciso dizer que, além dos tablets muito mal terem sido usados em planos educativos, ainda desapareceram né. Então…

          • Ligeiro

            Não sei como estão os tablets da Multilaser hoje, então não posso opinar. A questão dos tablets da Positivo também não sei. :p

            Mas posso citar um caso bem mais antigo: as tentativas de uso de netbooks (ou o “OLPC”). Vi muitos equipamentos sendo licitados e tentado ser usados em escolas, mas foi por pouco tempo, e no final teve muito caso de desvio também (qual afinal era o destino final em caso de fim do projeto – os alunos ou as empresas que administravam os projetos?) .

          • Thalles Ferreira

            Então, não pego um tablet Positivo há bastante tempo, nem sei se são produzidos ainda. Multilaser eu sei que são e peguei um (do ano passado) há pouco tempo e era tão bom quanto um celular de entrada numa tela grande. Com a mesma resolução. Android básico não tem jeito rs

            E acho que o que aconteceu com os OLPC vai acontecer de novo. Tudo pelo marketing (da prefeitura e das empresas).

          • Ligeiro

            Quanto a questão das doações de itens concordo. Como falei a outra pessoa, peço que leia o outro comentário que fiz (ou ao menos ver o link do texto do El País).

            Quanto ao comparativo, citando o comentário que acabei de fazer, entendo que os empregos tem efeitos mais duradouros do que os itens doados. Vejo por experiência que doar itens eletrônicos no final gera muitas vezes um recurso que não fica bem explorado. Empregos geram renda, que geram atitudes positivas no meio daqueles que estão empregados. Mesmo que o emprego do McDonalds é um “subemprego”, ainda assim tem algum valor nisso pois as pessoas vão atrás. Se não tivesse, nem iam se submeter ao emprego. O discurso ai mudaria de figura neste caso.

            Entendo que o “migalha” que o Doria se referiria é fazer uma doação de algo que no final tem valor “infimo” para a empresa e não se reverteria em ações positivas futuras. Doar um Kindle pode resultar em bons alunos lendo literaturas novas. Não discordo. Mas também pode servir para que vire algo vendido no mercado negro – algo bem mais que comum…

            Imagino que poderia se doar um Kindle e aliado a isso fazer projetos de leitura, deixar Kindles em bibliotecas para as pessoas usarem nos recintos, fazer catalogação de livros, criar programas de doações voluntárias, enfim. Acho que é nisso que o termo “migalha” quis chegar – não é só doar o equipamento, mas ter um projeto em volta.

          • Thalles Ferreira

            Claro, concordo plenamente. Mas a própria ideia do Kindle, de acordo com a Amazon, não é simplesmente jogar centenas de Kindle nas escolas, mas de implementar isso em projetos institucionais já existentes. Pelo menos foi o que entendi.

            E concordo sobre a diferença de empregos enquanto geradores de renda, tem essa questão que é bastante importante mesmo e infelizmente deixei passar batido. Até porque, mesmo que seja um emprego curto, só de passar do estágio probatório já vai garantir um seguro-desemprego, na pior das hipóteses.

          • Ligeiro

            Nisso concordamos então. Quanto ao emprego, não é só a questão do emprego curto ou seguro desemprego. Mas sim experiência de trabalho e renda disponível para fazer a própria vida (se bem que ultimamente é difícil com esta inflação que temos… uma pessoa que trabalha por um salário mínimo demoraria anos para ter a casa própria em tempos atuais. Pelo menos uns 20 ou 30, isso se estável no serviço com o mesmo salário : )

          • Thalles Ferreira

            Acho que a gente concorda em mais do que isso o/

          • Leandro Goulart

            Aproveite a promoção, leia uns livros e pare de falar merda!!!

          • Thalles Ferreira

            Me avisa aí que livros você pegou pra eu passar longe, pra ficar igual um idiota assim eu to de boa.

          • Márcio Becker Góis

            Definir pão como migalha é de fato uma questão de interpretação subjetiva. rsrs

        • maxguzenski

          São coisas diferentes,

          o Kindle é uma doação única e não um projeto, e possivelmente mal estruturada e feito as pressas (livros não aparecerão gratuitamente nos kindle para sempre ne?)… fora melhorar a imagem pública, não há uma real contribuição social.

          O do McDonalds é um programa, com planejamento. 100 agora, mas poderá estender para mais se for bem sucedido, outras empresas de fast-food, ou de qualquer outro setor, poderão aderir no futuro próximo… além de que se pode estender a qualquer estado brasileiro… E se tu tivesse se dado ao trabalho, veria que esse programa se chama “Trabalho Novo”, que pretende empregar até 20mil moradores de rua apenas em 2017.

          Ainda te parece a mesma “migalha” ?

          • Ligeiro

            O Thales já respondeu lá em cima.

          • Julio Lira

            Basta pesquisar e bsixar livros gratuitos em formato mobi enviar para sua conta kindle. É possivel que tenha mais impacto que empregos temporários.

          • maxguzenski

            Hj qualquer um tem celular, baixar livro gratis e ler ja é possível para qualquer um a pelo menos uns 5 anos, até para quem mora na favela. E adivinha? não me parece que a classe menos favorecida esteja fazendo isso… logo, não posso concordar que “terá mais impacto”.

      • Cride

        Ah, Amazon, pega essa centena de Kindle’s e doa pra quem dá importância à educação e à leitura… Começa comigo, que estou sem condições de comprar um kindle… Mas quero muito ter um! Por favor, por favor, por favor!!!!

  • Rodrigo Chagas

    A males que vem para o bem.

  • Aldo

    O justiceiro social todinho que criou essa campanha deve estar todo chateadinho! rrss

    • Eduardo

      Deve ter tomado um belo esporro

      • Ricardo – Vaz Lobo

        Deixa ele lá. Quem sabe ele “cria” outra campanha anti Dória que acabará por reelege-lo…

    • A responsabilidade não é de quem criou, e sim de quem aprovou a campanha.

      • JPaulBeaubier

        Como se uma coisa desse nível fosse responsabilidade de uma pessoa apenas.

    • Ue, mas não é que algumas pessoas fazem para ganhar views? Arrumar treta, então.

    • André Santos

      Desculpe, mas você aparentemente não entende nada de publicidade. O quanto se falou sobre a Amazon nessa semana? Na verdade esse tipo de situação é boa tanto pra ela quanto pro Dória (e também pra mim, que vou ganhar um livro :] )

    • Hal-Nacho Loser

      Malditos estudantes de humanas!

    • Jardeson Barbosa

      Nada, ganharam um monte de potenciais clientes que fizeram contas para ganharem os livros grátis. Chateados estão os abestalhados que estão perdendo tempo se irritando com isso.

  • Eduardo

    Mais um “mimimi Doria destruidor de arte” que achou que ia “lacrar” e passou vergonha. Amazon Br mil anos atrás da Amazon Us e Uk

  • Henrique Queirós

    bom, façam algo assim contra temer por favor, vai que ganho uma aposentadoria extra

  • Gabriel Rezende

    A campanha fez o esperado, chamou muita atenção, quem acha que deu errado não tem noção do que é marketing, haha.

    Quem parou de comprar livro e ebook da Amazon depois de ver a campanha?

    • Chicken Little

      ‘Fale bem ou fale mal, mas fale de mim’
      Pra mim, campanha de desespero isso. Para empresas que não se importam em sujar o nome e ficarem mal faladas

      • Leonardo Varuzza

        No caso da Amazon Brasil, que está começando no país, isso pode matar a empresa aqui.

        • Thalles Ferreira

          Cara, a Amazon Brasil já tá começando no mínimo em 3º, considerando a concorrência da Saraiva e da Cultura. O resto nem conta. Você realmente acha que perderam muito público por conta dessa campanha? Tipo, os evangelistas da Amazon vão passar a falar mal dela por isso? Quantos deles são eleitores fiéis do Dória a ponto de preferir o prefeito ao produto? É isso que você tem que pesar. Quem não é tão fiel ao prefeito (ou não gosta dele; ou sequer se importa com essa situação) basicamente passou a conhecer uma empresa que apareceu agora e ainda ganha um livro na faixa por… ter feito nada! 🙂

      • Felipe Farias

        toda empresa está disposta a ficar mal falada EM UM DETERMINADO MOMENTO, se isso significa melhor posicionamento no mercado e não suja o nome dela no longo prazo.

    • O verso do inverso

      “não tem noção do que é marketing”
      Da uma lida aqui, sabichão do marketing:

      http://www.mestredomarketing.com/marketing-negativo/

    • Ricardo – Vaz Lobo

      UM livro não preciso compra mais, obrigado.

    • Leonardo Varuzza

      Eu, não compro nada da Amazon Brasil.

      • Gabriel Rezende

        Quem tem Kindle deixou de comprar? Quem não gosta da Petrobrás deixou de comprar gasolina dela? Não, todos os postos vendem a mesma gasolina,quem perdeu provavelmente foram as franquias. Amazon já é major na área.

        • Douglas Peixoto

          Como se fosse possível não comprar gasolina da Petrobras.

          • Gabriel Rezende

            Foi exatamente que eu quis dizer, a Amazon tem um monopólio, mesmo com concorrentes, não chegam perto.

          • Leonardo Varuzza

            Aqui no Brasil ele não tem não, na verdade está pastando para se estabelecer.

        • Jonatas Cabral

          Eu deixei de comprar e deixarei de fazer propaganda igual fazia (devo ter feito umas cinco pessoas comprarem Kindle nos últimos seis meses).

          • Des

            Vai ter que ajudar vender 5 Levs e Kobos pra compensar, boa sorte!

      • cadurpo

        problema seu

      • Todo mundo é sensível a preço Leonardo, e a Amazon geralmente pratica dos melhores preços de livros no mercado nacional, se tiver um livro que custe 49,90 na Saraiva e 9,90 na Amazon de quem você irá comprar?

    • Lucas Ambrosio

      Quem nunca comprou mas ainda tinha chance de comprar, porém depois de ver a campanha decidiu que jamais comprará?
      Eu.

      • Gabriel Rezende

        São poucos, veja só, o tecnoblog está divulgando de graça um link da Amazon, para baixar esse livro “grátis” precisa se cadastrar, e isso vale ouro para a Amazon, achar que eles saíram perdendo é inocência.

        • Lucas Ambrosio

          Divulgando e explicando o PORQUE eles fizeram isso 🙂

      • Marcelo Roder Ferreira

        Eu também

      • Marcello Prazeres

        Com esse pensamento, tenho certeza que vc nunca compraria lá. Ler não deve ser o seu forte.

    • forposts

      A Amazon pode doar 200 livros de graça para cada brasileiro e ainda assim não vai ter como voltar atrás com uma “borracha” para fazer a sociedade “esquecer” da bizarrice do que tentou vender, achando que estava certa até dando lição de cidadania, quando se deu muito mal.

      • Thalles Ferreira

        A sociedade não, metade (com sorte) dela. A maioria da sociedade tá cagando e andando pra isso hoje, que dirá daqui a 2 semanas com o surgimento de nova polêmica. Só quem vai ficar com birrinha é uma minoria, tal qual minorias que fazem boicotes no Brasil. Já viu algum boicote brasileiro quebrar empresa? Então.

        • Leonardo Varuzza

          Não é metade não, 97% dos paulistanos apoiam o programa do Dória. Só quem não gosta são os 3% da elite caviar que vive em condomínio fechado, apoia o PT e não sofre nada com a pichação.

          • Marcello Prazeres

            fonte?

        • forposts

          Não tem porque fazer boicote, mas que ela fez feio, fez.

      • Jardeson Barbosa

        Se 3% da sociedade brasileira der a mínima pra isso, diria que foi muito. Eles ganharam clientes como eu que nem vi o vídeo, ando e cago pra tudo isso, mas não dispenso um livro grátis e farei uma conta pra conseguir pegar.

        • forposts

          A intenção da primeira propaganda foi ganhar clientes em cima de uma comparação equivocada, achand-se-se fazer uma propaganda inteligente, que pegou mal.

          E ao pegar mal, sua marca ficou maculada. Pegou mal tanto que tentou consertar.

          Essa é a realidade.

          E a realidade é que peguei um livro grátis que custa 39,00 reais digital. E ficou com a imagem maculada, para sempre marcada (ficará na base de daos da internet e do Google) como um grande erro de marketing nessa situação.

  • Ismael Pini Gonzales

    Esses “Doretes” não admitem que falem mal do “homem deles”…
    A campanha da Amazon estava certíssima. Apagaram arte, destruíram algo que fazia parte da história da cidade (alguns grafites eram até pontos turísticos). Tudo isso para deixar SP ainda mais cinza!
    E, no final, não creio que a repercussão tenha sido tão negativa, pois de uma forma ou de outra eles conseguiram atrair a atenção do público. Basta olhar a quantidade de comentários nas publicações anteriores e o tanto que essa atraiu…

    • O verso do inverso

      Agora dê uma lida nos comentários do público, grande maioria não aprova. Mas pelo jeito, “não tenha sido tão negativa”.

    • Leonardo Varuzza

      Se não gosta de cinza, picha o muro da sua própria casa, o que não pode é pichar o muro dos outros, é simpĺesmente um princípio de civilidade.

      • Breno

        Concordo com vc Leonardo. Mas a questão q o Doria n removeu só pichações (q eu apoio e isto n deveria existir em lugar algo), mas ele removeu grafites também. Arte urbana. Ele pecou muito nesse ponto.

        • Diogo Nóbrega

          Até onde eu entendi, os grafites que foram removidos foram aqueles que já estavam deterioriados/com pixações por cima. Teve algum caso que não foi assim?

          • Luan Borges

            Se uma obra de arte está com alguma deterioração, você restaura ou destrói ela?

          • João Paulo

            Mural é arte efêmera. Todo mundo sabe disso. Tanto é que o próprio Haddad apagou também, mas no caso dele não houve choradeira.

          • Diogo Nóbrega

            Pergunta para um grafiteiro se ele prefere restaurar ou fazer um grafite novo.

          • Comentarista do G1 ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            ta ligado que essa restauração salvou a cidade né?

          • Parece que foi. Não li nada mais a respeito, mas deve ter gerado uma enxurrada de turistas só para ver a presepada restauração.

          • Leon

            HAHAHA

          • Hal-Nacho Loser

            Hmmmm… Ai você precisa definir o que é obra de arte…

          • Eu ia postar uma foto de um cocô (obra de arte) que vi ali num canto, mas posso levar ban. Tô gostando daqui.

          • Hal-Nacho Loser

            Pois é eu to pegando leve também. Será que o Felipe já tá preocupado vendo a turma que veio para os comentários?

          • Bom, o pessoal é inventivo. Se aqui for o novo Giz, espero poder só contribuir para o çuçeço do site. Espero que nos acolham com carinho…

          • Gedson Junior

            Teve vários, alguns até pagos pela própria prefeitura.

        • Leonardo Varuzza

          Mas esses grafites estavam degradados, muitos com pichações por cima. Temos que lembrar que o Grafite é uma arte transitória, não é feita para estar em um lugar por anos à fio.

      • Ismael Pini Gonzales

        Mas quem está falando em pichar o muro “dos outros”?!
        A discussão é sobre os grafites em prédios públicos, grandes murais ao céu aberto que eram até pontos turísticos…
        Desde quanto pintar tudo de cinza deixa a “cidade linda”?!

        • Alberto Prado

          Murais esses que estavam pichados tb. Por isso foram apagados.

          • Bernardo Lepore

            Se a preocupação fosse essa, o prefeito teria chamado os artistas para fazerem a recuperação do grafite, e não apagar.

          • Alberto Prado

            Se o artista quer ou queria que sua arte permanecesse, ele mesmo já teria o feito não acha?! Não precisaria da prefeitura correr atrás de cada artista que fez o mural.
            Fora que como já li de um grafiteiro. O grafite é uma arte efêmera. Ele sempre vai sofrer com esse tipo de coisa. Apagou, faz-se outros. Dá-se espaços para outros artistas tb.
            No mais, me parece que a prefeitura criou uma espécie de apoio ao grafite. Onde ela definiu locais e até uma certa remuneração para que for executar o grafite.

        • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

          O que é público é de todo mundo portanto, eu tenho o direito de não querer pichação lá, e você não tem o direito de querer pichação lá porque é contra a lei, os poucos grafites estavam zoados já, a maioria é pichação. Não amo o Doria mas a galera que está contra ele quer ver a cidade na merda.

        • Louis

          Mentir é feio. Mentir quando todo mundo sabe a verdade é pior ainda. São Paulo é uma cidade feia, que parece abandonada.

          O que foi pintado, estava com pichações. Mas, disso você não fala nada. Com certeza deve achar bonito as depredações das obras desses artistas, não é?

          • Ismael Pini Gonzales

            Feia deve ser essa sua cara (por isso que não tem coragem de mostrá-la na internet)…
            Se os grafites estavam depredados, não seria melhor a prefeitura contatar artistas para restaurá-las ou até para fazer outros?!

      • Sharles Sa

        issai deve ser um dos comissionados que foram demitidos..liga não

      • Rodrigo

        Tinta = barbaridade? Gente sensível…

    • Breno

      Achei legal a campanha do Doria em combater pichação, mas nada a ver tirar grafites. Isso é arte, tinha q ficar!

      E essa campanha da Amazon eu achei legal, n vi problema algum, n sei pq o pessoal gerou tanto mimimi! E olha q em geral eu apoio o Doria.

      • PPKX XD ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        O povo politiza tudo, a campanha não tinha nada a ver com o Doria ou a esquerda mimimi.

    • Rodrigo Moge

      “No YouTube, o vídeo acumula 85% de dislikes e centenas de comentários negativos.” A partir de qual porcentagem que considera negativa?

      • Ismael Pini Gonzales

        As postagens anteriores tinham cerca de 200 reações e mais ou menos a mesma quantidade de comentários (não sei o número exato pq tem uns doriminions lá enchendo o saco). Depois da campanha passou para mais de 6 mil reações e mais de 3 mil comentários…

    • Hal-Nacho Loser

      Acho uma estupidez sem tamanho esse mimimi por causa dos grafites.

      Ahhhhhhhhhhhh…A cidade ficou triste! Ahhhhhhhh…A cidade ficou cinza!
      Acorda paulistano. Tu mora numa cidade triste, cinza e que fede (Tietê e Pinheiros mandam lembranças)

      O Muro cinza é ótimo para vocês olharem e perceberem o que realmente São Paulo se tornou. Grafite é gourmetizar o feio.

      Será possível, Meu Deus do céu, que muro grafitado é o novo anti-depressivo desse povo que acha normal ficar 3,5 horas numa fila para tomar uma porra de café, só porque vem no copinho do Starbucks?

      Nego respira aquele odor fétido todas as manhãs, fica preso num transito dos infernos, mas tá preocupado com o “grafitinho” do muro. Tá na hora desse povo rever suas prioridades.

      Bora começara tacar pedra!

      • The treta is planted!

        • Hal-Nacho Loser

          Perdi a boa… Agora serei linchado. Coisas da vida.

          • Ah, o MRJ por aqui…

          • Hal-Nacho Loser

            Faz falta…

        • Diogo Nóbrega

          Abri a caixa de Pandora aqui no Tecnoblog…

          Meu Deus, o que eu fiz?

          hehehehehehe

          • Aqui é legal! E agora com o Felipe Ventura. Espero que não nos mandem embora.

          • Vin Diesel

            Pode postar imagens, gifs e afins?

          • yez. não ofesivas, né?!

          • Diogo Nóbrega

            Pode… AINDA pode…

          • Hal-Nacho Loser

            Não dá ideia

          • Hal-Nacho Loser

            Não! Sabemos o que acontece depois.

          • Hal-Nacho Loser

            Diogo! Seu Treteiro!

      • Minion

        Eu revi minhas prioridades, não saio mais aos fds, não frequento lugares badalados, e não vou a essas cafeteirias modinhas.

        • Hal-Nacho Loser

          Quando eu vou em SP eu acho muito comédia isso, aquele povo fazendo fila para pegar uma porra de café que custa uma fortuna e é só… Hmmmm… Café.

          • Alberto Prado

            Eu que sou de MT, fui pra Sampa pra um show e fui conhecer o Mercado Municipal pra compra umas frutas que não conheço (não façam isso, pfv).
            Aí tinha uma fila de quase 2 hrs pra comer naqueles restaurantes do andar de cima. Até pra pega o bem dito pão com mortadela tinha fila de quase 30 min.
            Eu minha namorada largamos mão na hora. Fomos almoça no shopping mais próximo. Esse povo tá doido de mais cara.

          • Hal-Nacho Loser

            Rapaz eu não fico numa fila para pegar um café ou um salgado ou seja lá o que for. Tem lugar em São Paulo que nego reserva antes para ir comer uma coxinha. Tem que ser muito louco para se sujeitar a isso.
            😐

          • Wellington Oliveira

            Olhar para o grafite ou para o muro cinza realmente é muito mimimi. Mas São Paulo é muito mais que isso: Vários museus com exposições gratuitas, vários eventos culturais com teatros, feiras, parques, mas infelizmente o pessoal só vê os prédios, o próprio paulistano só vai em shopping e Starbuck . Eu não sou Paulistano, moro numa cidade da região metropolitana,mas trabalho já aproveitei muito do lazer. Desafio qualquer um a me mostrar qualquer cidade no Brasil que tenha mais eventos culturais que aqui. Agora o fato a questão de ser lotado concordo, mas não vejo uma solução de curto prazo para uma área com menos de 1% do território ( Região Metropolitana de SP) e mais de 10% da população. Filas as vezes aqui são inevitáveis. Principalmente se você quiser fazer tudo no mesmo dia e mesma hora de todo mundo. Não existe fila porque todo mundo gosta de fila. Existe porque tem gente demais. Quer fazer as coisas em paz? Vai na Cidade em feriados prolongados, quando tá todo mundo indo fazer fila no litoral da baixada Santista.

          • Hal-Nacho Loser

            Concordo com você, dizem que São Paulo no feriado é uma beleza. Eu só acho que existe uma zumbificação capitalista das pessoas.

            Ouço as pessoas dizerem: Aqui eu tenho opção de 300 salas de cinema, 150 Shoppings. E talz.
            Mas isso tudo é mesmo necessário? Ou é um circulo vicioso? A cidade suga sua alma e em troca te dá opção de escolher entre 50 peças de teatros que estão acontecendo ao mesmo tempo (uau!)

            Sei lá, para mim o custo beneficio disso é péssimo. Mas vá lá, é uma opinião minha.
            :-/

          • Wellington Oliveira

            Depende do que considera sugar sua alma. Pessoas mais cosmopolitas gostam de muitos eventos, pessoas mais pacatas não. Eu curto muito essa questão cultural e tenho certeza que sentiria falta de coisas diferentes para fazer nos fds (como já senti). Da mesma maneira que 300 shoppings são todos iguais depois de um tempo (pelo menos pra mim, sou avesso à shoppings), as mesmas praias numa cidade litorânea também são. Não me sinto sugado por causa disso, mas conheço pessoas que realmente não aguentam esse ritmo, acho que são só tipos diferentes de pessoas. Os serviços que preciso tenho todos na cidade que eu moro. A sujeira e mal cheiro realmente são um problema, mas isso não é um problema de lugares. É um problema de pessoas (educação, higiene, respeito social). A atitude de pessoas é mais deprimente do que tudo isso.

          • Hal-Nacho Loser

            Mas ai é que tá. Percebe um repetição de padrão? São Paulo tem as questões culturais, shows, eventos e Shoppings. E as pessoas ficam tão fascinadas com nisso, que aceitam como coisa normal (coisa da cidade) o transito, o Rio poluído, as enchentes, etc…
            A coisa parece que vira um “charme paulistano”. De um LollaPalooza por ano para o Paulistano, que ele aguenta a poluição, o custo de vida altíssimo, viver num apartamento de 20m2 pegar 5 ônibus e 3 metros para ir trabalhar e ficar 2 horas numa fila para conseguir um Cappuccino de 40 reais.

          • Wellington Oliveira

            Mas aí é que tá. Não é Só inteira que fica debaixo d’água. Não é São Paulo inteira que o café custa 40 reais e eu posso te falar um lugar pra cada dia dá semana que pode assistir evento gratuito no museu, sala São Paulo, casa das Rosas, pinacoteca. Tem opções o suficiente pra evitar todo caos. Mas o próprio paulistano não conhece a cidade. Os problemas de infraestrutura existem. Tudo é uma troca. Pra algumas pessoas ter qualidade de vida sem experiências é possível. Pra outras não. Lollapalooza é muito caro e raro pra aceitar um lugar, mas dizer que um Lollapalooza por ano é o que satisfaz é conhecer muito pouco. Não é fascínio de alguém que gosta de dizer o que existe aqui. É o de alguém que usufrui. Convido pra conhecer coisas diferentes do que o Datena fala

          • Hal-Nacho Loser

            Eu entendo seu ponto. O Lollapalooza foi um exemplo de mega evento. Mas essa São Paulo que você vende está presa na outra que eu acho “sufocante”. Enfim.

            Ahhh…. Você tem razão: o Datena faz a gente ficar com medo de São Paulo. Eu quando vou ai, ando com meu modo “Assalto eminente” ligado 24hrs

          • Gustavo

            rapaz….se livre deste bairrismo e procure conhecer SP um pouco melhor…

          • Hal-Nacho Loser

            Então cara. Toda vez que vou para São Paulo à trabalho, acho tudo tão sufocante, que não vejo a hora de voltar para minha cidade. Vai ver São Paulo não é para mim. Essa cidade não consegue me comprar.
            :-/

          • Thalles Ferreira

            Eu devia emoldurar o comentário seu e do Alberto acima e mostrar pra cada amigo aqui da cidade que endeusa a situação atual. Tá insustentável morar em SP, tem gente demais, tá louco. Mas é complicado, as empresas continuam, mesmo com globalização, mesmo com internet, cloud coisas afins e tal, centralizando tudo aqui, não tem jeito.

          • Hal-Nacho Loser

            Então. Acho estranho, o pessoal parece que fica num transe.
            Suporta coisas que não devia suportar como um transito louco, os rios mortos no meio da cidade (Ninguém protesta contra isso?) E suporta isso por um bem maior que é: ter 300 Shoppings, 150 teatros 3345 opções de comidinhas gourmetizadas em truck foods. Mas será que esse bem é maior mesmo? Uma coxinha merece uma espera de 60 min numa fila?
            O que é importante?
            :-/

          • Ligeiro

            O do rio tietê e pinheiros é meio que é uma frustração. As pessoas sabem que a culpa é da própria população e da ocupação urbana mal planejada, aliada a falta de educação da época. Acho que é por isso que (quase) ninguém protesta. Raramente se vê alguém falando dos rios, mas o pessoal olha, imagina toda a complicação e fala “deixa assim, prefiro gastar o dinheiro em outra coisa do que em limpar o rio”.

            Lembrando algumas coisas:

            1) O Pinheiros é “morto” literalmente. Ele acabou sendo “construido” (pois ele antigamente era curvo e hoje é reto) para ser reversivel. No entanto há uma legislação que impede que o rio circule por causa dos dejetos contidos nele. Já tentaram alguns métodos de limpeza, mas sem sucesso.

            2) O Tietê tentam fazer algo, mas depende muito do Pinheiros e da coleta de residuos nos afluentes e nas cidades à Leste. Me parece que tem algumas coisas por lá que ajudaram a amenizar, mas ainda assim infelizmente está sofrível (Pirapora do Bom Jesus que o diga).

          • Hal-Nacho Loser

            Sei lá.. Eu vejo os rios de São Paulo e me corta o coração. Aquilo tira todo o brilho da cidade. No fim eu sempre acabo pensando no Tãmisa.
            🙁

          • Ligeiro

            Quanto a comida, tenho a mesma mania que a sua. Se vejo um lugar que vai demorar muito para me servir, nem fico (a não ser que seja baratão tipo o Bom Prato :p )

          • Hal-Nacho Loser

            Peguei trauma, acho, depois de um dia no Morumbi Shopping. Vendo uma fila gigante de um povo esperando para entrar num restaurante. Olha a comida lá devia ser de outro planeta.
            😐

          • Ligeiro

            Pão com mortadela do bom é na Ipiranga com a São João. E mais barato do que nos “gourmetizados” (com o perdão do termo) do Mercadão.

          • Alberto Prado

            Valeu pela dica man. Tá anotado. =)

      • Lei Federal n° 9.605/98

        “Art. 65. Pichar, grafitar ou por outro meio conspurcar edificação ou monumento urbano:

        Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa”.

        Parágrafo único. “Se o ato for realizado em monumento ou coisa tombada em virtude do seu valor artístico, arqueológico ou histórico, a pena é de seis meses a um ano de detenção, e multa.” (BRASIL, 1998).

        • Hal-Nacho Loser

          Cadeia neles!

          • A melhor forma de arte que se DEVERIA COLOCAR EM TODA CIDADE é ARBORIZAÇÃO. Já fui em Sampa algumas vezes e acho triste praticamente não haver árvores em grande parte da cidade. Moro numa cidade altamente arborizada e sei como é agradável ver essas amigas no caminho.

          • Hal-Nacho Loser

            Pois é.. Me parece que o plano dos muros cinza, incluem colocar jardim suspenso neles. Por ai você vê o nível de estupidez desse povo, é capaz de querer o grafite ao invés das plantas.

          • Num é! Deveriam encher a cidade com (plantas) trepadeiras. Elas ajudam, inclusive, no controle da poluição.

          • Hal-Nacho Loser

            Além de que nenhum mané vai pichar em cima das plantas

          • grande_dino_2

            Não duvide dos manés.

          • Nessa concordo contigo. Não duvide dos manés.

          • Hal-Nacho Loser

            Aeeeeooooooo..
            É verdade.
            :’-(

          • Thalles Ferreira

            Sinto lhe dizer, mas já vi muro “verde” (de plantas) pichado. Bizarro rs

          • Hal-Nacho Loser

            Meu Deus! Eles não tem limites?

            😐

          • Olha que legal: http://revistacrescer.globo.com/Revista/Crescer/0,,EMI83757-15565,00-FACHADA+VIVA+PAREDES+REVESTIDAS+COM+PLANTAS.html

            Quer comparar isso com um grafite? Nem pensar!

          • Hal-Nacho Loser
          • Porra! Perfeito. Vai tirar toda aquela imundície que lançaram nas paredes.
            #doriapresidente

          • Felipe

            O problema é que ele quer colocar esse jardim vertical sendo pago por uma construtora que demoliu algumas várias árvores, o que é errado, já que não da pra compensar a demolição de árvores por matinhos na parede….

          • Hal-Nacho Loser

            Não sei como vai funcionar exatamente. Mas “matinhos” na parede são melhores que grafites nas paredes, considerando que nenhum dos dois será capaz de compensar a derrubada de árvores em São Paulo.

            😐

          • Des

            “Não sei como vai funcionar mas já comemoro e dou como solução pronta. ” Ninguém vai te cobrar coesão daqui alguns meses quando nada for feito. O outro aí embaixo tá até escolhendo as plantas, acha que é The Sims.

          • Hal-Nacho Loser

            Não dou como solução pronta. Mas prefiro: vamos fazer um jardim supenso do que: Vamos fazer grafites porque são descolados.

            Plantas >>>>> Grafite

            Sempre.
            Se o muro cinza vai fazer uma pressão para o tal jardim suspenso sair mais rápido, então já serviu mais do que um muro grafitado.

          • Des

            Haja imaginação, espera sentada Poliana.

          • Hal-Nacho Loser

            Tinta é tinta. Grafite ou cinza da na mesma. Então se nada acontecer não esticou nem encolheu.

          • Des

            Estou falando do seu conto de fadas dos jardins verticais.

          • Hal-Nacho Loser

            Então cara. Se acontecer ótimo. Se não acontecer para mim continua na mesma, muro cinza ou muro com desenho tosco tanto faz.
            Mas se eu tivesse que escolher entre manter o grafite ou trocar por jardim vertical, tacava removedor nessas porras de grafite. Só isso.
            Se é sonho ou não. Se vai acontecer ou não. Who Knows? Espero que sim que coloquem as plantas.

          • Des

            Oras, para mim tanto faz, os dois servem, mas se eu pudesse tacava removedor…

            Isentão, depois de se manifestar durante horas por um lado.

          • Hal-Nacho Loser

            Filho. Leia todas as minhas mensagens. Vou fazer um resumo:

            Eu não sou “isentão” Sou pró jardim vertical. E não participo desse mimimi: Ahhh Minha cidade ficou cinza, ahhhhh Minha cidade ficou triste. Que pinte tudo de Cinza.
            Doria disse que vai colocar jardins verticais e eu espero que faça, prefiro plantas a grafites toscos. pseudo-arte.

            Definitivamente não estou do lado nem dos pichadores nem dos pseu Artistas “Eu acho que sou Michelangelo” de rua.

            Entendeu. Ou quer que desenhe?

          • Des

            Essa baboseira de jardins verticais, que ambos sabemos não será implantada, o fato de que você reiteradamente fala “que pinte tudo de cinza”. De fato suas escolhas reiteradamente, e sem discordância, entram sempre em acordo com as de Dória, de fato você o segue como ídolo, ou são irmãos siameses separados no parto e comunicam se telepaticamente.

            Isentão que dói, defende sua postura “apolítica” by MBL desdizendo o que está escrito logo acima.

          • Hal-Nacho Loser

            Mimimi eu odeio o Doria… Mimimi se o Doria fizer eu vou xingar…. Mimimi Eu sou burro e não consigo nem interpretar os texto que leio.
            Não da para “querer pintar tudo de cinza” e ser “Isentão” sua besta!

            Vê se cresce moleque, antes de querer dar uma de politizado para cima de mim. Vai desenhar num muro que você ganha mais. Eu eu perdendo tempo aqui com você…

            É cada um que me aparece…
            😐

          • Des
          • Hal-Nacho Loser

            Vai me desculpar, mas quem tem fixação no Doria, Temer e Moro é você. É só ler seus comentários aqui. Eu nem preciso ir em outro site.

            Deve ser algum tipo de paixão reprimida. Só fala deles.

            Errrrrr. E pelo jeito tem essa fixação comigo também.

            Cara! Você tem noção do quanto isso é creep? Eu hein…

            :-/

          • Des

            Você se dá muita importância, utilizando algo chamado google com apenas duas palavras descobri tudo isso sobre você, me utilizando de uma ferramenta hacker chamada aspas, e não só, mas que é troll cativo do DCM e do 247, isso “tudo” em menos de 5 segundos, ou seja, menos tempo que você tomou para ler meus outros comentários neste post.

            Quanto ao resto você está certo, tenho uma fixação por manlets falastrões de um metro e meio de altura, apesar de não ter dito nada aqui, o Temer preenche os requisitos, posta aí uma gravação com sua vozinha fina, você pode entrar pra coleção.

          • Hal-Nacho Loser

            Faça o que eu falo. Não faça o que eu faço. Né?
            Entendi. Ok.
            :-/

          • Des

            Eu sou a exceção você é a norma. Certamente eu não exerceria essa função se o exército dos formatados não fosse tão vocal.

          • Hal-Nacho Loser

            Agora me senti importante! Sério! Olha precisamos definir isso.

            Ou eu sou importante e por isso você fia perdendo tempo aqui, ou eu não sou importante e então… Hmmmm… Por quê diabos você fica perdendo tempo aqui?
            😐

          • Des

            Pelo mesmo motivo que você trolla os sites de esquerda.
            Os mais bobinhos sempre dão atenção.
            Don’t feed the troll.

          • Hal-Nacho Loser

            Ahhhhh. Saquei. Você tá sendo o Troll malvadão que vai vingar o povinho da esquerda. Hmmmmm… Tá funcionando não.
            :-/

            Bom agora vou trabalhar…

            Ah! Por falar em trabalho. É sexta agora a super greve geral?
            Mas tipo… Vai ser greve geral mesmo ou só de ônibus e metrô? Essas promessas da esquerda sempre deixam à desejar. Então eu evito criar expectativa.
            🙁

          • Des

            Não precisa funcionar, só preciso te expor e te lembrar que nem todo mundo é pateta como você de escrever um monte de asneiras e voltar atrás segundos depois, reiteradamente, todos os dias durante anos, numa plataforma que grava, cataloga e permite a pesquisa de tudo o que já disse, e ainda assim não consegue ter a mínima capacidade de reflexão de detectar e eliminar suas patentes e constantes contradições

            Cara nem sei, só sei que aqui de casa, amanhã estaremos todos lá, lutando pelos seus direitos, enquanto você lambe o saco do seu patrão.

            É difícil criar expectativa quando a narrativa da Globo não antecede como deve ser interpretado o resultado, não é?

            Eu também não crio, porque quem frequenta sempre esse tipo de movimento nunca o faz. Mas se por “acaso” você deixar de ser terceirizado, pejotizado, “temporarizado” por nossa culpa, reafirme na sua cabeça de foram “as pessoas”, os “trabalhadores avulsos” que fizeram isso, não a petralhada, o movimento sindical e a massa vestida de vermelho. Agora se for… pode por a culpa na gente, ou na Dilma!

          • Hal-Nacho Loser

            Caramba deixa eu ver isso:

            – Acho grafite uma porcaria? *Confere
            – Muro Cinza ou com desenho para mim tanto faz. *Confere
            – Prefiro plantas nos muros que grafites? *Confere
            – Não posso afirma que a prefeitura vai fazer o que disse, mas se fizer acho ótimo e parece que já está fazendo. *Confere

            É não voltei atrás em nada e não cometi nenhuma contradição. Sei lá. Enfim tô de boa

            Quanto a greve. Porra! Guarda a faca Des!
            Só perguntei se a greve vai ser geral mesmo. Porque no meu entendimento em greve geral para tudo! E eu ouço vocês dizendo que vai ter greve geral desde… Vixi… Desde sempre.

            Se a greve for geral nem a “Globo malvadona, mal de todo o mundo” vai conseguir esconder. Né?

            Olha…Fica de boa, deixa as bandeirinhas e camisa vermelhinha no jeito, que amanhã já é dia 31.
            Só pelo amor de Deus! Não me vai querer tacar pedra na polícia. Cê sabe o que acontece.

            Sorte ai. (Sinceramente)

          • Marcello Prazeres

            Mas o jardim não dava pra fazer por cima dos grafites? Ou as plantas gostam de cinza? No mínimo, com esse pensamento seu, gastou-se (muita) tinta a toa.

          • Hal-Nacho Loser

            Geralmente eles tem que passar um impermeabilizante antes. Vai saber que tipo de tinta acrílica ou sei lá o quê esses “artistas” usaram. Além disso se colocassem as plantas sobre o grafite, adivinha quem ia lá arrancar as plantas em nome da arte? Agora a “arte” está MORTA!

          • Leonardo Varuzza

            Já está sendo feito.

          • Leonardo Varuzza

            Quando não se tem argumentos se apela para árvores imaginárias derrubadas.

          • Hal-Nacho Loser

            Então. Queria saber de onde ele tirou isso.
            :-/

          • Marcello Prazeres

            Na sua opinião

          • Hal-Nacho Loser

            Na minha e na de um monte de outras pessoas. Na verdade acredito que na maioria dos que moram em SP, você vê pelas manifestações do tipo:
            “Vá grafitar o muro da sua casa e não o da minha”

            Claro em o pessoal da opinião contrária. Cada um na sua. Nada de novo.
            :-/

          • Leonardo Varuzza

            Jardins verticais, já estão colocando na Radial Leste.

          • Hal-Nacho Loser

            Olha ai que legal. Espero que isso expanda e seja mantido. Não adianta colocar e abandonar.

      • Leonardo Varuzza

        Se gosta de grafite, faz um no seu muro, o que não pode é fazer no muro dos outros.

      • Fabio Montarroios

        Eu gosto é de pixação. Agora, nem todo grafite foi domesticado. Tem que saber olhar a cidade. Mas se a pessoa só anda de carro é como se ela usasse um cabresto…

        • Hal-Nacho Loser

          Pichação no muro dos outros é refresco.

          • Fabio Montarroios

            Só uma pessoa muito infeliz pra dar tanta importância a um muro… É não é função do muro manter pra fora o indesejável? Quer dizer que o que está fora do muro agora também é uma procuração!? Que viés totalitário. É provável que a forma das nuvens também incomodem essas pessoas… A cidade é campo aberto… Espaço em constante mutação, ainda mais em São Paulo que despreza sua memória e tudo destrói. Nada mais adequado a essa condição efêmera do que uma arte igualmente efêmera. Agora, não vejo essa grita quando fazem horrendo sobradinho ou prédios assombroso aspirando um neoclássico que só pode ser concebido por quem acha que Romero Brito é arte…

            Literatura nas paredes da cidade! Que coisa linda! É o que é a pichação. Só não entendemos a mensagem… Mas muita gente também não entende o que lê – quando se dá ao trabalho de ler, claro.

          • Hal-Nacho Loser
          • Fabio Montarroios

            O texto é longo e cheio de problemas… Te respondo se for do seu interesse. Me diga, por favor. Mas meu primeiro impulso foi dar uma muqueta no autor. Queria saber se ele teria culhões pra me chamar de estúpido numa conversa frente a frente e encarasse as consequências num mano a mano ser covardia (armas)… Tenho as minhas dúvidas.

          • Hal-Nacho Loser

            A internet meu caro. É o paraíso dos valentões.

            A despeito disso, temos claramente opiniões divergentes sobre a importância do grafite. Vou me limitar a respeitar a sua

          • Fabio Montarroios

            Sobre o grafite não há muito dizer, já que e relativamente aceito, mas numa escala de valor, a pichação está acima do grafite pelo que ela significa, especialmente em SP. E creio que quem não conhece a cidade tem dificuldade em entender isso. Enfim…

    • Ligeiro

      Não sei como um comentário como seu teve tantos infelizes positivos.

      O ponto é que também falam mal das coisas que vocês gostam, e vocês contram atacam falando mal das coisas que os outros gostam e vocês não gostam.

      “Doretes” não admitem que falem mal do “homem deles”,,, Cara, eu pego este texto e troco só um nome, e você vai implicar, quer ver? “Luletes” não admitem que falem mal do “homem deles”…

      Parece que a internet baixou o nível da discussão para um espaço tão estúpido que o que noto é que todo mundo tem “tesão” de xingar o outro na internet, ao invés de fazer uma conversa mais relevante, ou ao menos um debate mais justo.

      Mais fácil a briga de egos e o partidarismo de torcida. Daqui a pouco vai ser que nem no futebol, com torcida organizada organizando morte de quem defende ser ao menos mais honesto dentro da história…

      E para não sair do assunto: o problema da propaganda da Amazon é que ela acaba polarizando e “comprando partido”. Mas como já me mostram no twitter, o irônico é saber que tal empresa está sendo acusado de ter problemas trabalhistas com profissionais sendo forçados a trabalhar por longas jornadas sem grandes remunerações. – http://www.infomoney.com.br/negocios/grandes-empresas/noticia/5917128/funcionarios-amazon-dormem-barracas-para-economizar-dinheiro . Ter fachada de honesto é bem fácil…

      A Amazon acertaria mais se não fizesse a provocação do cinza. A ação foi legal, mas é algo comum com alguns “coletivos de arte” no Brasil e no mundo. Só o fato de exibir as projeções, sem a provocação do cinza, provavelmente seria uma bela atitude.

      Quanto ao Doria, pessoalmente achei positiva as ações contra pixações e vandalismo e achei um pouco problematicas a questão do grafite. No entanto eu soube de casos na gestão Haddad que também houve pintura por cima de grafites renomados.

      No entanto, como já coloquei em outro comentário aqui, o Doria também tem seus problemas com a questão das doações (Vide o outro comentário, tem um link do El País com um excelente texto sobre). Além de outras dúvidas que pairam sobre suas atitudes de gestão.

    • Leonardo Varuzza

      Se gosta de pichção então picha o próprio muro. A população não gosta de ver o seu patrimônio destruído por gangues de criminosos. Aposto que você mora em um condomínio fechado e se um maluko for pichar a sua casa toma um tiro do segurança privado, não é?

  • Resumo da história.
    A Amazon BR conseguiu o que queria, Ibope.

    • Vin Diesel

      Negativo… O que é ruim pacas.

      • Vinicius Araujo

        Fale bem ou fale mal, mas fale de mim!

        • THIS

        • Vin Diesel

          O gringo da Amazon que é um cara estranho não deve estar gostando disso…

          • Ricardo – Vaz Lobo

            What a phooquin xit u’r doing in Brassil? R u nutZ!

        • Amazon ta longe dessa filosofia. Eles se orgulham (e devem mesmo se orgulhar) de ter talvez o melhor serviço de atendimento ao consumidor. A gringa pelo menos. E realmente eles são incríveis nesse aspecto. Duvido que querem propaganda negativa associada a marca. Não é a toa que estão oferecendo livro.

          • Leonardo Varuzza

            Eu adoro a Amazon US, sempre foram ponta-firme, mas a Amazon BR acabou de cagar na sabedoria.

        • Leonardo Varuzza

          Nesse caso não, a empresa está tentando se firmar no país e já vai começar com essa imagem negativa.

          Bora usar o e-reader da saraiva, que é nacional e não apoia o vandalismo.

          • Thalles Ferreira

            Quantos cabeças-de-vento vão deixar realmente de usar um Kindle (que já é quase substantivo comum igual gilete) pra usar um Lev (aliás, quantos sabem que aquela merda da Saraiva se chama Lev?)? Fora isso, o marketing foi só de chamar a atenção pra Amazon.

            Distribuir e-books como pedido de desculpas pra pessoas que pouco/nada tem a ver com a história e ainda doar Kindles sai quase de graça pela propaganda, mesmo que inicialmente negativa. Se o Dória não tivesse ficado com rancor por ter sido atacado (o que é totalmente compreensível) e reclamado, o que gera essa “raivinha” em quem o apóia, teria sido sucesso definitivo.

          • Leonardo Varuzza

            Isso não tem nada de rancor, a Amazon contratou um PTista que usou a propaganda para atacar as políticas do prefeito, ele fez muito bem em reagir e ressaltar a hipocrisia da propaganda, que nada mais é do que uma defesa da pichação. A diferença é que o Dória responde aos ataques do PT, não fica apanhando quieto que nem os outros Tucanos.

          • Joannis George

            Fale mal mas fale de mim só serve para BBB
            O Petistas que vez a propaganda será demitido?!
            Eu fico pensando…. como alguém que é diretor de mkt consegue ser petista!!!
            E depois dizem que não existe doutrinação nas faculdades

          • Rodrigo

            Bora usar o e-reader da saraiva, que é nacional e não apoia o vandalismo.

            Boa sorte

          • João Eduardo Barioni

            Na verdade, o lev não tem nada de nacional…. A Saraiva basicamente só revende. A fabricante é uma européia chamada bookeen, mas duvido que não sejam os chinas que colocam a mão na massa.

          • Leonardo Varuzza

            Mas a Saraiva é nacional e ela tem loja física e portanto entende o prejuízo que a pichação gera.

          • Daniel Bevilacqua

            E é mais democrático, pois a saraiva oferece mais formas de pagamento pelos ebooks

          • André Vasconcelos

            O da Saraiva é chines.

          • Joannis George

            Todos devem ser da china

      • Ruim até o povo esquecer ou a Amazon criar outra companha chamativa. Quem lida com redes sociais já sabe que isso pode acontecer.

      • Marcos

        There’s no such thing as bad publicity.

    • Eduardo

      Eles queriam Ibope pra “lacrar” mas acabou não saindo da forma que queriam. Tiveram que dar uma volta pra corrigir a imagem.

  • Vinicius Araujo

    Espero que a Amazon aceite miçangas como forma de pagamento.

  • Então, Amazon, primeiro, você cuida da sua casa, pra depois cuidar da casa dos outros, tá? #chupa

  • Pablo Francisco Figueroa Igles

    Somente para São paulo.

  • Felipe

    Falem o que quiser, a campanha ficou muito boa. Pena que mexeu com Dória mexeu com a trupe dos revoltados online

    • Henrique Queirós

      Pena não, a Amazon conseguiu o que queria: Chamar atenção, e isso é ótimo

      • Comentarista do G1 ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

        AO CUSTO DE:

        SABEREMOS ASSIM QUE AS DOAÇÕES FOREM FEITAS

        • Henrique Queirós

          Todo marketing tem preço

    • Ricardo – Vaz Lobo

      Ok, quer dizer que tudo isso foi planejadinho ipsis literis pelo marketing da AmazonBR?

    • Des

      Os coxas fingem que vão fazer boicote, mas o Kindle é o “Iphone” dos ereaders, vai chegar o dia em que você vai ouvir um coxa falar que vai comprar ebooks na cultura em vez da amazon.

      • brunossn

        O que é um coxa?

        • Des

          Os que querem sentar nas coxas do Dória.

          • brunossn

            Ah tá, um troll ¬¬
            Abraços e boa diversão.

          • Des

            Que bom que a carapuça serviu. Trocou o Moro pelo Dória ou vai ser paga pau de dois homens.

          • Ligeiro

            Bem, a carapuça lhe serviu, pela resposta estúpida emitida. Dizem que ofender os outros é sinal de problema psicológico. Sugiro Tratamento.

          • Des

            Temque parar de aprender psicologia em fóruns de tecnologia na internet.

          • Ligeiro

            Olha só quem fala, quem pensa que é dono da razão.

      • Leonardo Varuzza

        Cuidado, muita mortadela com papelão faz mal para o cérebro.

    • forposts

      Uma campanha burra, pois os muros cinzas deram um bom jeito nos muros sujos, feios, pichados, que causavam grande poluição visual.

      Os muros cinzas não aconteceram para destruir o belo ou o bem feito, mas para apagar o excesso de coisa mal feita, a falta de vergonha e de educação de muitos que não têm coisa mais útil a fazer da vida que fazer dos muros e espaços públicos, e até nossas casas, uma verdadeira “imundície cultural”.

      • Gedson Junior

        Tu deve viver em outro mundo. Procura aí o antes e depois.

        • Ligeiro

          Eu vi pessoalmente o antes e o depois. De fato tirou alguns grafites belos, mas outros que estavam deteriorados foram eliminados.

        • forposts

          Vou reescrever o que escrevi noutro post..

          A intenção da primeira propaganda foi ganhar clientes em cima de uma
          comparação equivocada, achand-se-se fazer uma propaganda inteligente,
          que pegou mal.

          E ao pegar mal, sua marca ficou maculada. Pegou mal tanto que tentou consertar.

          Essa é a realidade.

          E a realidade é que peguei um livro grátis que custa 39,00 reais digital. E ela ficou com a imagem maculada, para sempre marcada (ficará na base de daos da internet e do Google) como um grande erro de marketing nessa situação.

  • Não acredito, o livro que comprei semana passada está de graça hoje. Fazer o que baixei para poder ler no tablet, obrigado pela dica.

  • Ótimo. Pena que não tem 1984 na lista. Já que colocaram um trecho dele, poderiam ter disponibilizado também.

    • Renan Rufino

      Queria muito esse! :/

  • Henrique Queirós

    Nem sabia que os preços eram tão convidativos, e nem sabia que existia uma forma de assinatura mensal. parabéns a Amazon, que conseguiu chamar atenção de uma forma ou de outra.

    • Alberto Prado

      Tá bom. Nós já entendemos que vc é bitch da Amazon cara. Agora se acalme.

      • Henrique Queirós

        Estou calamo. e nem da Amazon gosto.

  • Bruno ✔

    Essa pedrada que o Doria deu na Amazon doeu até aqui.
    De todo modo, peguei o 2001 apesar de querer muito o Scrum.

    • Henrique Queirós

      A amazon conseguiu o que queria, chamar atenção. de uma forma ou de outra, eu nem sabia dessa coisa que fizeram, até hoje. como disseram a pouco “Falem bem ou falem mal, mas falem de mim”

      • Diogo Nóbrega

        Rapaz, na época do marketing digital, esse ditado é meio perigoso viu. Se for assim, o marketing da Alezzia foi um belo de um sucesso, né?

        • Henrique Queirós

          Ela não é uma marca de sucesso, na verdade, ela não é ninguém mesmo

          • Diogo Nóbrega

            Mas ficou na boca do povo. Pra você ver, eu (e talvez você) nem sonhávamos em conhecer essa empresa “ninguém”, mas por conta dessa polêmica, passamos a saber da existência dela. E aí, a campanha foi sucesso ou não?

          • Henrique Queirós

            A Amazon não fez nada de errado, aliás, tem um belo de um projeto.E deu a volta por cima com estilo e ainda se tornou mais popular (eu mesmo nem conhecia os serviços). Marketing é oportunidade.

    • Renan Rufino

      Eu tenho esse do Scrum, é muito bom!!! Consegui naquela promoção da caixa de bombom

      • Bruno ✔

        Quero pegar a versão impressa dele.

  • O verso do inverso

    Deu um tiro no pé Amazon; ainda foi obrigada a fazer um agrado pra n ficar feio pro lado deles.

    • Henrique Queirós

      Tiro no pé? O Site conseguiu o que queria, que era chamar atenção, e chamou bem mais do que tinha chamado anteriormente.

      • O verso do inverso

        Com Marketing negativo. Posso dizer isso pelos comentários daqui e do face. Ainda mais pelo Youtube. Só acho que empresa não deveria fazer publicidade com esses tipos de temas que causam fervor.

        • Henrique Queirós

          Negativo ou não, a empresa chamou atenção de gente que nem sabia que ela existia, eu mesmo adorei.

          • O verso do inverso

            Pelo número de deslikes e comentários ruins, creio que vc e uns 2% gostaram

          • Henrique Queirós

            Podia fazer uma lista de empresas que usaram de escândalos para crescerem…

          • O verso do inverso

            IDAI?

          • Henrique Queirós

            Idai que o marketing deu certo, apesar do negativismo atual.

  • Jonas S. Marques

    Incrível como muita gente tá defendendo um prefeito que basicamente foi pedir pra iniciativa privada

    fazer o que é a mais simples das obrigações dele.

    Doria como prefeito é bem mais ou menos, mas como marketeiro tá conseguindo o que queria….

    • Bruno Santos

      Toda ajuda é bem-vinda. Se as empresas querem ajudar, então deixa.

      • Henrique Queirós

        ahan, “Querem ajudar” de bom grado.
        Não ganham nada com isso por baixo do tapete
        pode confiar

        • Diogo Nóbrega

          Antes ganharem com marketing e divulgação do que ganharem com favores, lobby e esquemas de corrupção, igual a certas empreiteiras por aí.

          • Henrique Queirós

            Sim, super honestas mesmo…

          • Comentarista do G1 ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            SE FOSSE O 9 DEDOS RECEBENDO DOAÇÕES, SERIA LINDO…
            ESQUERDISTAS FILHOS DA PUTA SÓ SABEM RECLAMAR, NÃO TORCEM PARA O PAIS, TORCEM PARA SEU GRUPO POLITICO.

        • Bruno Santos

          Se vc considera marketing algo desonesto…já viu a quantidade absurda de comentários e RTs na pagina da Kabum?! Ninguém é inocente, claro que as empresas estão ganhando com isso, mas ei, nos também! A equação fecha e pronto.

    • Henrique Queirós

      Conseguindo bem, gostando dele ou não, até agora ao menos não tem feito mal trabalho

    • André Santos

      Pois é. O mais incrível é que subitamente todo mundo passou a acreditar no tal do “almoço grátis”®, que todas as empresas se tornaram bondosas e etc. Não sei se lá na frente vai ser positivo pra população ou não, mas é fato que algum interesse as empresas tem.

      • Jonas S. Marques

        Meu medo é justamente esse:
        Que empresas são essas que estão doando?
        Qual é o o objetivo delas?
        Por que nem em outros países se nota isso.

        • Ricardo – Vaz Lobo

          Tipo empreiteiras?

  • Eduardo

    Engraçado esse povo falando “ahhh tirou as airtes de SP” vai ver quantos desses tem isso nos muros de suas casas. Não sei se é verdade mas vi em algum lugar que o prédio onde a Amazon fica em SP é bem cinza para quem reclama disso.

  • Leonardo Varuzza

    Lembrando que a sede da Amazon fica no prédio do JK, e se um maluko tentar pichar o prédio vai tomar um tiro dos seguranças do prédio.

    É muito a cara da esquerda-caviar.

    • Henrique Queirós

      Vamos apagar grafite
      depois pintar de novo e fingir que a gente fez. (Doria)

      • O verso do inverso

        Seu hate está em todo lugar ein…

        • Henrique Queirós

          Opinar agora é Hate?

          • O verso do inverso

            Pelo tanto de comentários seu… tá mais pra hate…

          • Henrique Queirós

            Nem, eu gosto de comentar bastante mesmo

      • Leonardo Varuzza

        Puxa que comentário legal, vc pensou sozinho ou leu na carta capital?

        • Henrique Queirós

          Não sei, mas aqui de repente surgiu um monte de comentarista do G1

          • Comentarista do G1 ✓ᵛᵉʳᶦᶠᶦᵉᵈ

            ? VOCÊ É UM IDIOTA CARA. APENAS TORCE PARA QUE SEU GRUPO POLITICO VÁ BEM, FODA-SE O PAIS, SE NÃO É A ESQUERDA QUE FAZ, É RUIM

            PARA UM POUCO DE SER MASSA DE MANOBRA

          • Henrique Queirós

            eu não tenho grupo político, ta falando de quê?

    • Felipe

      Mas eles não defenderam pichador, cara. Foi só o gancho > grafites contam histórias > apagaram os grafites > projetamos histórias nos muros

      • Leonardo Varuzza

        Pichação não conta história. Pichação é um método que gangs tem para demarcar território, é como mijo de cachorro no poste. Já o grafite, se o muro é seu faça o que quiser, o que não pode fazer é no muro dos outros.

  • Bruno Carneiro Leão

    Bem tendenciosa essa matéria, hein? Amazon fez MUITO bem. Apagaram a cultura e ela jogou isso na cara do paulistano.

    • ffcalan

      Desde quando vandalismo é cultura?

      • Bruno Carneiro Leão

        Desde os anos 60 quando o graffiti nasce como forma de expressão artística urbana nos becos de NY. Mas percebo que talvez vc não saiba muito bem o que define a cultura, não é mesmo?

        • ffcalan

          Sim, sei que grafite é cultura, mas picho não é. Que é o que a prefeitura está apagando.

          • Bruno Carneiro Leão

            É? Só apagarem graffiti.

        • Ligeiro

          1) Cultura é toda criação humana. O problema é que a definição de cultura está também associada a qualidade de algo feito baseado na cultura, o que gera debates infrutiferos.

          2)Apesar de pixação e vandalismo serem algo cultural, eles são também e principalmente coisas criminosas. Uma arte pode ser criminosa, mas isso não significa que ela não está isenta de punição por justamente ser uma atitude criminosa.

          3)O Grafite per si tem várias nuances dentro da própria cultura, além de várias correntes -desde as que defendem as atitudes criminosas vândalas, até àqueles que usam o grafite como forma de vida, remuneração e sociabilidade.

          4) Dentro da cultura do Grafiti, também há muita discussão sobre a duração das obras que são feitas. Muitos grafiteiros entendem que seu trabalho pode ser “efermero”, ou seja, durar o tempo apenas de sua manutenção. Muitos não tão nem aí se apagaram ou não.

    • Leonardo Varuzza

      Gosta de pixo, então picha a prórpia casa.

      • Henrique Queirós

        A matéria falou de pixo? ou grafite?

        • O verso do inverso

          A resposta é para o bruno, e ele disse sobre pixo.

        • Leonardo Varuzza

          Pixo ou grafiti, não importa, se o muro não é seu vc não pode pinta-lo. Questão de civilidade.

          • Henrique Queirós

            Mas o projeto que a Amazon fez não foi picho

      • Bruno Carneiro Leão

        Serve uma parede grafitada?

    • Ricardo – Vaz Lobo

      Pego a foto de uma pessoa famosa apoiadora desse tipo de arte, coloco duas tobocas cruzadas em cima, jogo tinta vermelha e digo que é uma “intervenção cultural”.

    • Leonardo Varuzza

      Cultura é o prédio do Teatro Municipal, pichação é degradação urbana.

      • Bruno Carneiro Leão

        Defina cultura, amigão.

    • Minion

      Apoiado! Agora faça na sua casa, e deixe minha cidade limpa.

  • Leonardo Varuzza

    E piratear livro do kindle, pode? Ou eles só defendem atacar o patrimônio quando é dos outros?

  • Eduardo

    kkkkk como são engraçados esses anti-Dória. Se fosse o prefeitinho medíocre do PT que conseguiu tomar uma surra numa tentativa de reeleição, estariam tendo acessos de loucura a cada cuspida que ele dá no chão.

  • só quero ver quando chegar a conta desses “almoços gratuitos” do gestor doria.

    • Ricardo – Vaz Lobo

      Tipo empreiteiras??

      • não, tipo marketing furado msm.

        • Minion

          Tipo as empreiteiras? Do Santo governo PT?

          • JPaulBeaubier

            Se fosse só do governo do PT, já deveríamos estar finalizando os serviços da Lava Jato. Com tanto nome do PSDB, PMDB, DEM sendo levantado (e não sendo punido, o que é pior), tem muita coisa a ser limpa aqui no BR.

          • Minion

            Não tenho bandido de estimação, TODOS tem que ser punidos.

          • tipo os almoços gratuitos, do gestor doria.

  • Diogo Mendes

    É isso ai! Valorizam a pichação que de cultura não tem nada. Fica horrível. PQ a amazon não chama os pichadores para fazerem de sua faxada, um tributo aos pichadores de SP?
    Grafite sim é cultura!

  • Lucas Carvalho

    Pessoal reclama que ele pede livros pras criancinhas, imagina se ele pedisse um sítio em Atibaia

    • O verso do inverso

      Ai a esquerda ia proteger como se fosse um Deus intocável e úngido.

      • Ricardo – Vaz Lobo

        rararararaaaaaaa

  • “Fale bem ou fale mal, mas fale de mim.” Se você acha que isso funciona é daqueles que chega no açougue e pede um kg de carne de cada um dos frigoríficos citados na op. Carne Fraca

    • Henrique Queirós

      Pior que as pessoas continuam comprando sem se importar mesmo

  • Eu fui seco achando que os livros eram bons. Mas são quase os mesmos das promoções de caixa de bombom. Rs.

  • Clebson Santiago Carvalho

    Com esses livros eu continuo chateado. rsrsrs

  • Cab

    Por mais brigas na internet em que gente como a gente, que não tem nada a ver com a história, ganhe eBooks de graça! 🤓

  • Lucas Ribeiro

    Fui lá pegar um, fui cobrado. Abri ticket, me ressarciram, me liberaram a promoção novamente e adicionaram um cupom no valor do primeiro livro. Traduzindo: “comprei 1” (de graça) e ganhei outro.

    O suporte pelo telefone da Amazon é ruim, mas pelo do e-mail é decente.

  • Caio

    Eu e meus amigos que não somos de SP adoramos os livros.

  • Rodrigo Paczkovski

    Fazem uma tempestade em um copo d’água. Quem ganha é a gente! Podem continuar…

  • Hal-Nacho Loser

    Pô Amazon! “Correje” lá:

    amazon.com.br/amamosSPCinza

    • hahahahah. um 404!

      • Hal-Nacho Loser

        Um 404 cinza?
        😐

  • ochateador

    Departamento de marketing da amazon ficando sem salário por alguns meses…

  • Marcos D.

    Eu não consigo acessar o link da matéria, pois está errado.
    Alguém tem o link certo para passar?

  • FrankCastiglione

    Eu não chegaria tão cedo a conclusão de que a Amazon “se lascou” ou “garoteou” e Doria “mitou”. Dizer que houve um acordo prévio entre a empresa que homenageou um grande rio brasileiro em seu primeiro logo e o prefeito da cidade de São Paulo, talvez seja muita teoria da conspiração.

    No jogo de xadrez, no qual a Amazon é mestre, sempre se faz uma jogada pensando na(s) próxima(s). Salvo se houver uma autonomia enorme aliada a uma falta de controle interno, seria muita ingenuidade achar que a Amazon, com todo material histórico recente de mídia, não previu a reação do prefeito.

    Aliás, boa colocação do Feripe Hatsune:
    “Ue, mas não é que algumas pessoas fazem para ganhar views? Arrumar treta, então”.

    Depois de conhecer o “Gazelle Project”, não me surpreenderia em saber que este era, desde o princípio, o objetivo.

    Acho excelente comprar livros a preços ridículos ou por R$ 0,00 mesmo (como existem alguns por lá). Acho que os grandes varejistas/livreiros brasileiros tem um atendimento e qualidade de serviço péssimos e é por esse motivo que prefiro a Amazon.

    Por outro lado, não sejamos ingênuos, no longo prazo, isso pode ter graves consequências:

    https://revistapoleiro.com.br/amazon-o-monopolio-2-0-719637546823

    No mais, seria interessante se as pessoas aproveitassem os baixos preços e oportunidades como essa, para ler mais e enriquecer mais sua cultura e capacidade de reflexão além da repetição de bordões, o brasileiro médio está precisando.

    • Henrique Queirós

      Perfeito.

  • Roberto Tamelini Junior

    Claro por que todo mundo que precisa tem Kindle para poder ler os livros.. sei amazon.. #cancelandominhaconta. Agora sou Lev.

    • Verdades Ambulantes

      voce come bosta

  • Lucas Timm

    Sorte do dia: Você não é publicitário na Amazon Brasil.

    • Verdades Ambulantes

      o publicitário tava errado por acaso ? ta cinza ou não tá ? então cala essa boca meu

      • Lucas Timm

        Me manda um screenshot de onde eu disse que os publicitários estão errados, pode ser?

        E se for seguir a tua linha de raciocínio, tão boa que foi essa campanha que agora a Amazon tá em controle de danos e doando livros pra gente, né…

  • Verdades Ambulantes

    servos de Dória fracassados!!!

  • EmersonLopes

    Esses fãs do Dória são ainda mais bitolados do que eles acusavam serem os fãs do Haddad. Hipocrisia pouca é bobagem!

    • JPaulBeaubier

      Haddad vai ser o eterno prefeito Suvinil huahuahuahua
      Mesmo com o Doria abusando da tinta cinza.

  • Frank Vinnicyus
  • Gabriel V.

    O Dória falando sobre postura não oportunista, parece que esquece quem é. Jogando pro colo das empresas o que é função básica da prefeitura. Poderia esquecer a postura de publicitário, se fantasiar de prefeito e começar a administrar a cidade.

  • Marks William

    Thanks Amazon! Já peguei o meu.

  • Doria é o pior tipo de cretino: é o cretino que tem fãs.

  • AndersonTakakura

    Poxa vida, assim que fiz login já estava o “2001: uma odisseia no espaço”, nem pude escolher. Não digo grato, mas obrigado.

  • Ramon Gonzalez

    Esquecendo a parte de ideologia (já que eu nao sigo nenhuma específica), Doria tem se mostrado um otimo gestor, e ultimamente também um ótimo “vendedor” (da cidade). Tem muita experiencia e conhecimento pra atrair investimentos e doações.

  • Lucas Ambrosio

    Baixado o “Guia politicamente incorreto da história do Brasil” vamos ver qualé

  • Justificam o dinheiro gasto apagando os grafites falando de pichação… Sendo que um muro inteirinho branco/cinza é o paraíso dos pichadores.

  • Elton Alves Do Nascimento

    1 – Sensacional a seleção de livros. tem bons livros da Aleph e bons clássicos nacionais.
    2 – O que alguém ganha defendendo o Dória?

  • Joaomanoel

    “Não foi possível processar seu pedido. Esta promoção não está disponível no seu território. Por favor, confira essa informação aqui: configurações de país.
    Em caso de dúvida sobre disponibilidade de ofertas, por favor, revise os Termos & Condições ou entre em contato.”

  • Marcelo de Souza

    “Esta promoção não está disponível no seu território.” Só aqui?

  • Ludmilla Antonelli

    Não é bem pra todo mundo.Tento acessar e diz que não posso por contado território. Se moro em São Paulo e não tenho acesso a uma promoção pra quem ama SP, não sei quem tem. Alguém sabe como ajudar? Obrigada!

  • Rafael Lopes

    +350 mil visualizaçoes, 6 mil deslikes ou seja1.7% de reprovaçao. 1 mil like 0.2% de aprovação… Os outros 98%? Podem imaginar o que quiser, todos os envolvidos sairam ganhando.

  • betones

    vou usar essa tática tbm. “Me criticou? Já fez sua doação hj?”

  • Vanderlei Gomes Fotografia

    Doria por hora m a meu ver sendo um bom prefeito.

  • Hildeni Antonio Gomes Junior

    Eu peguei o “Churchill, uma vida” do Martin Gilbert. Porque os outros estão na minha estante e outros nem me interessei. Gostei da iniciativa de dar Microsoft 365 para todos alunos da escola municipal, do Dória. Mas ele precisa colocar computadores e tablets em todas as escolas municipais. Não só do centro e lugares que elegeu ele.

  • Não foi possível processar seu pedido. Esta promoção não está disponível no seu território

    ¯_(ツ)_/¯

    Edit: consegui, agora. Peguei “Últimos Dias De Krypton”, que já estava de olho junto com o “Wayne de Gotham”

    • Henrique Queirós

      eu fechei de boa

      • Saquei qual foi o lance. Minha conta estava configurada para os EUA por conta de uma compra passada 😀

        • Henrique Queirós

          Aaaa ta explicado

  • Glauber Silva

    Não moro na capital, então … valeu Amazon! E valeu Dória rsrs .. Marcas da Guerra na faixa!

  • RodrigoJ

    Sério que teve todo este aue por causa desta campanha PQP.
    Não pode mexer nada com o salvador deles que já fica assim hahaha

    E obrigado Amazon, peguei um eBook aqui.
    E seguinte, se alguém está ofendido com a Amazon boicote, simples.
    Quero ver usando o maravilhoso Kobo ou Lev kkkkkkk

  • Ligeiro

    1) Pixação (e isso entra dentro de vandalismo) é crime. Ponto. Grafite, se feito com consentimento, não é. Dependendo fica quase unanime que um bom grafite é bem aceito em algum lugar. A discussão ficaria longa e chata.

    2) Há uma discussão sobre a questão das doações que a prefeitura vem recebendo graças ao Doria. Um bom texto para ler está no El Pais: http://brasil.elpais.com/brasil/2017/01/27/politica/1485535431_463009.html . Como opinião pessoal, digo que o sentimento é dubio: por lei, muita coisa teria que ser licitada, o que significa mais demora para execução de algumas atividades. Mas o ruim é que noto que as doações que ocorrem viram “vitrine gratuita” dos doadores. No entanto, mesmo fazer uma “vitrine” tem seus custos – humanos, equipamentos, etc. Uma hora essa conta pode não fechar.

    3) A ação da Amazon seria legal se não ficasse na crítica da “cidade cinza”. Projeção em muro é feito já faz um tempo é acho uma arte bacana – não suja e dá uma distração interessante (se bem que distrações também tem seus problemas). Ou será que a Amazon queria doar algum grafite com citações literárias no final?

    4) Acho que este tipo de ação cultural deveria ir para a periferia. Por que não fizeram isso em algum muro nos confins do Itaquera? Em alguma favela da zona norte? Em alguma comunidade de Interlagos? Centro, centro, centro, paulista, nove de julho… affeee…

    • brunossn

      Ótima análises, só um ponto a tomar cuidado, o site “el país” é bem partidário.

      • Ligeiro

        E qual o problema? El País é mais educado que muito site por aí 🙂

        • brunossn

          O problema não é nem a educação, mas a parcialidade mesmo. Mas sua análises está perfeita.

          • Ligeiro

            Cara, o que seria “imparcial”?

            Eu vou ser sincero, não que eu ache que não exista – apesar de seguir a opinião dos meus amigos que de fato possa não existir, já que temos que tomar alguma posição. Mas sim que é difícil algo ficar em um equilíbrio pleno, agradar a todos, ser isento.

            Isento ultimamente tenho visto que é não opinar, não dar posição política ou social sobre algo. A partir do momento que se posiciona, não está isento. É dificil chegar a uma terminologia correta.

            PS: grato pelo elogio 🙂

  • Deilan Nunes

    Doria Mito !!!!

  • Ro301

    ahaha quem acha que a amazon é generosa é porque não sabe nada sobre a empresa. Não conhece as empresas que foram prometidas na europa, como na França, por exemplo, só para receberem apoios comunitários. Empresas que nunca vieram a ser realizadas, no entanto, receberam o dinheiro. Não sabem os negócios em projetos que paga ás pessoas um centavo por trabalho percário… pesquisem… e não sabem o que fizeram aos autores dos livros, por exemplo… A amazon só quer o vosso dinheiro.

  • Adriano DeSouza

    Independente da opinião sobre o grafitte e o Dória, o que me incomoda em toda essa questão é a LIBERDADE DE EXPRESSÃO. Sério que tem gente que quer boicotar a Amazon e prefere um serviço pior ou mais caro só porque não gostaram da “opinião” deles num comercialzinho? Pensei que justamente os eleitores do atual prefeito fossem aqueles que mais defendiam a livre iniciativa e o livre mercado acima de todas as coisas.

  • Txiliá Credidio

    Tentei, mas recebi a seguinte mensagem: “Amazon Sua conta não é elegível para essa promoção.Cada cliente pode participar apenas uma vez da promoção, mas não se preocupe. Clique aqui para ver outras promoções de eBooks.
    Em caso de dúvida sobre disponibilidade de ofertas, por favor, revise os Termos & Condições ou entre em contato.”

    • Thalles Ferreira

      Estranho, eu peguei normal. Tenta um contato com eles, em condições normais eles são bastante rápidos e receptivos.

    • brunocabral

      O limite é de 01 cópia por pessoa/conta.

      • Txiliá Credidio

        Quando tentei da primeira vez é que deu esta mensagem.

  • Keaton

    E o Kabum não foi nadica oportunista ao fazer a doação exatamente nessa hora, mas tranquilo… Só sei que, não tenho o que reclamar da Kabum. Não atrasam, não perdem, não ferram tudo e atendimento nota 10. (Só que tem lojas mais em conta.)

    Quanto a Amazon… qual o problema? O prefeito destruiu vários grafites bonitos… (pena que alguns mequetrefes já tinham estragado alguns…)

  • Djegovsky

    O que houve foi uma grande mobilização coxalha para defender o futuro pior prefeito da história de São Paulo. bando de babacas.

  • Djegovsky

    E o Dória tem a cara de pau de acusar a Amazon de oportunismo? Justo o desprefeito mais marketeiro, desonesto e oportunista que essa cidade já viu? O cara é um lixo, mas ver pessoas defendendo esse sujeito dá náuseas.

  • Cecilia Saraiva

    Eu gostei do comercial, mas essa parada aí de livro grátis é falsa. Fui no link, escolhi “Crônicas de Nárnia” e a Amazon me cobrou R$18,90. Pedi reembolso porque propaganda enganosa é escroto.

    • Henrique Queirós

      é falsa e quase todo mundo conseguiu.

    • Gregory Emídio Teixeira

      Eu também escolhi As Crônicas de Nárnia e me cobraram 17,90. Também pedi reembolso.

      • Cecilia Saraiva

        Agora tentei de novo e funcionou! Ontem teve esse erro. Tenta de novo que de repente vai!

  • Josiel Hen

    Tinha um livro que eu estava querendo muito, mas muito mesmo, “Os melhores contos de H.P. Lovecraft”, tinha.

  • Rogério Marroni

    Bom, tentei pegar meu livro e a Amazon disse que minha conta já existente não é elegível pra promoção. Como assim? Tiro no pé, Amazon!

    https://uploads.disquscdn.com/images/d830355f56a5ab9686c09e99f8003b0543fa3e9539ec9270d891f1048fad7cff.jpg

  • Luis Fernando Alda Chaves

    Atitude Diz tudo, parabéns Amazon.

  • GH

    Ainda não entendi qual é o problema de dizer “cobrimos o cinza de histórias”. A tinta é cinza mesmo e está em toda parte. O prefeito se ofende com suas próprias obras.

    • Cortana

      Foi só um chilique coxinha.

  • Rafael

    Legal a atitude, mas só pq criticou um político? No brasil? Calma, pessoal….

  • D’ Carvalho

    Vitimismo direitista nível hard.

  • Marcelo Di Barros

    ok… fiz o processo todo. Criei uma conta, mas na hora de finalizar aparece: Houve um problema com sua compra. Escolha uma forma de pagamento.

  • elumen

    Estranho, um monte de falatorio nos comentarios mas nao lembro de ter visto ngm comentando que conseguiu ‘ler’ ou ‘pegar’ um dos livros. Fiz varias tentativas e NENHUM sucesso. Ao abrir a pagina para leitura no kindle, o site simplesmente sai do ar!!! UAU… que promocao esta, hein!
    Se alguem conseguiu, pf poste aqui.
    #IndignacaoAMAZONtotal

    • Henrique Queirós

      Releia de novo, um monte de gente conseguiu

  • Marcello Prazeres

    Que tal o Dória pegar os U$11 milhões que ele sonegou e doar pra cidade tb?

  • Catarina Albuquerque

    arrasou Amazon!! Estamos com vocÊ!!!

  • Maxwell Medeiros

    Não achei a campanha da Amazon ruim. Mas não reclamo do livro grátis.

  • Ciro Moises Seixas Dornelles

    Ta beleza, Mas o Kindle Oasis ainda é o melhor ebook do mercado. Vou comprar o meu assim que sair o pagamento.

  • Danilo Roitman

    A Amazon BR me manda email semana sim outra tbm oferecendo baixar gràtis ebooks de diversos autores hà muito tempo. Se eles estao dizendo que essa campanha é a rèplica ao Doria diria entao que é mais uma malandragem como a Black Fraude, tudo pela metade do dobro.

  • D’ Carvalho

    Google: “ministro tcu acusado”
    È isento sim, pode confiar.

  • Onda Amore

    Parabéns! Eu apoio totalmente a propagando contra o Dória e as doações são muito bem vindas!

  • Jose X.

    hmmm, polêmica “criada pela Amazon” ???
    quem não aceita críticas é a direita fascista e golpista que está tomando conta do Brasil

    “primeiro a gente tira a Dilma, depois…” depois todo mundo se f*de de verde e amarelo (especialmente os coxinhas com a camisa da CBF)

    e já está começando: terceirização, reoneração (menos para a Globo, claro), e mais uma duzentas coisas que já estão em andamento

    ps. é provocação mesmo

  • Eduardo Alcântara

    1º DE ABRIL!