Início » Mobile » Galaxy Tab S3: o belo tablet para poucos

Galaxy Tab S3: o belo tablet para poucos

Tablet poderoso da Samsung ostenta tela incrível, software bem desenvolvido e bateria que dá conta, mas cobra seu preço

Por
19 semanas atrás
8.9

Prós

  • Caneta confortável (e sem bateria)
  • Som estéreo de ótima qualidade
  • Tela com alto brilho e definição

Contras

  • Pouca capacidade de armazenamento

Depois de mais de um ano sem atualizar sua família de tablets caros, a Samsung volta ao mercado com o Galaxy Tab S3. Sucessor do modelo apresentado em 2015, ele se apresenta como um produto versátil para consumo de conteúdo, trabalho criativo, entretenimento e produtividade.

Para atender a todo esse público, o tablet chega com hardware poderoso, tela Super AMOLED de 9,7 polegadas com suporte a HDR, caneta de alta precisão na caixa do produto, quatro alto-falantes tunados pela AKG e suporte a acessórios da própria Samsung, inclusive um teclado físico.

Será que o Galaxy Tab S3 é suficiente para levantar o decadente mercado de tablets? Eu conto tudo nos próximos minutos.

Em vídeo

Design e som

Pensa no Galaxy S7. Agora estica ele. Esse é basicamente o Galaxy Tab S3: um tablet com bordas de alumínio, traseira de vidro e o trio de botões físicos da Samsung, sendo que o do meio é um leitor de impressões digitais.

O Galaxy Tab S3 é um tablet fino e suficientemente leve para segurá-lo por um bom tempo sem cansar os braços, com 6 mm de espessura e 434 gramas. Nas laterais, você encontra uma conexão USB-C, entrada de fone de ouvido de 3,5 mm, quatro alto-falantes, conector magnético para o teclado e bandeja para chip de operadora e microSD.

Não há muito o que reclamar do aspecto visual do Galaxy Tab S3, até o momento em que você o pega na mão, quando as marcas de dedo invadem a traseira sem piedade. Além disso, assim como acontece no iPad Pro, eu senti falta de um suporte para guardar a S Pen junto com o tablet. Uma solução como a do Surface Pro, que possui um ímã na lateral para acoplar a caneta, muito me agrada.

Apesar dos detalhes, o design da Samsung é bom, com destaque para os quatro alto-falantes, que emitem som de qualidade e até arriscam um pouco de graves. São dois speakers em cima e dois embaixo, então, mesmo segurando o tablet no modo paisagem, pelo menos duas saídas ficarão totalmente desobstruídas. O volume é alto, embora os agudos distorçam um pouco quando o nível está no máximo.

Tela

Eu nunca escondi minha preferência pela proporção 4:3 (ou mesmo 3:2) nos tablets. Você pode argumentar que os filmes são 16:9 e acabam ficando com barras pretas (e tem razão), mas as telas mais quadradas são mais vantajosas para qualquer outro tipo de conteúdo, como revistas, desenhos e principalmente navegação, pelo simples fato de que a área útil é maior e você não fica com um salsichão no modo retrato.

Com isso em mente, é claro que a tela é um dos maiores pontos positivos do Galaxy Tab S3. O painel Super AMOLED de 9,7 polegadas (2048×1536 pixels) tem excelente definição, pretos impecáveis, brilho forte para qualquer situação e uma saturação que agrada. Por padrão, o branco é demasiadamente frio para o meu gosto, mas é possível ajustar o balanço nas configurações do sistema.

Para assistir a filmes e séries, o Galaxy Tab S3 também faz bonito. O fato do Super AMOLED apresentar um contraste normalmente maior que um IPS LCD equivalente torna a experiência muito agradável nos vídeos — eu tenho vontade de esticar a tela para 50 polegadas. E, como vem acontecendo em smartphones caros, ele suporta conteúdo em HDR; o maior problema é encontrar algum.

Software

O Android 7.0 do Galaxy Tab S3 roda uma interface parecida com a dos smartphones da Samsung com Nougat. Ela apresenta ícones mais contidos e telas mais claras, sem o verde controverso da marca. Achei curiosa a ausência de uma tela do Flipboard à esquerda da tela inicial, que vem nos celulares da Samsung; é um aplicativo de notícias com uma interface mais apresentável em tablets do que smartphones.

É verdade que o Android sempre foi muito criticado nos tablets por não ter aplicativos realmente adaptados para telas grandes. Mas minha experiência foi melhor que a esperada: Facebook, Instapaper, Newton, Slack, Todoist, Evernote e outros aplicativos que utilizo bastante já entregam uma interface dentro do que eu espero para um tablet, aproveitando bem o espaço do display.

Embora aplicativos como Twitter e Spotify ainda tenham apenas interfaces de smartphone esticadas, não há mais um abismo entre Android e iOS como há dois ou três anos. Além disso, funcionalidades bem desenvolvidas pela Samsung, especialmente o multitarefa, que permite executar dois aplicativos lado, só reforçam a experiência.

Mas a característica que a Samsung gosta de destacar é a caneta S Pen que, diferentemente do principal concorrente, vem inclusa na caixa e não precisa ser recarregada. É um bom acessório porque combina a precisão da caneta dos Galaxy Note, trazendo ponta fina de 0,7 mm e latência quase imperceptível, com o formato de uma caneta tradicional, mais espessa e agradável de segurar.

Para quem desenha, o aplicativo Samsung Notes tem uma variedade de pincéis com tintas que se misturam como no papel e suportam os 4.096 níveis de pressão. Para quem só é capaz de desenhar uma casa, árvore e pessoa, como eu, a caneta entrega ótima experiência de escrita, e o software faz um ótimo trabalho em desconsiderar a interferência da minha mão canhota enquanto escrevo.

Câmera

A avaliação de qualidade de câmera depende de qual é o produto.

Se fosse um smartphone, eu diria: o Galaxy Tab S3 entrega fotos de 13 megapixels com boa saturação e leve presença de ruídos mesmo em cenários com bastante iluminação; ele apresenta suave perda de definição nas bordas, mas não chega a prejudicar claramente o quadro. Em ambientes internos com luz artificial, o sensor tem mais dificuldade em focar e o alcance dinâmico limitado se revela, estourando áreas iluminadas e elevando os ruídos em regiões de sombra.

Como é um tablet de quase 10 polegadas, meu atestado é o seguinte: códigos de barras são focados rapidamente e têm boa nitidez.

Hardware e bateria

O hardware do Galaxy Tab S3 é o mesmo que você encontraria em um smartphone topo de linha do ano passado: processador quad-core Snapdragon 820 de 2,15 GHz, RAM de 4 GB e armazenamento interno de 32 GB, com possibilidade de expansão por microSD. Isso significa que os aplicativos rodam com bastante agilidade, e games apresentam excelente qualidade gráfica na telona.

Há uma ressalva, no entanto. Pelo que notei, a Samsung tem um modo standby mais agressivo no Galaxy Tab S3, basicamente matando tudo o que estiver em segundo plano depois de um tempo com a tela desligada, com o objetivo de economizar bateria. Em vários casos, ao voltar a utilizar o tablet, eu senti uma lentidão indesejável — que desapareceu totalmente depois de um ou dois minutos.

Outro detalhe é que, embora ele tenha uma entrada para microSD, eu senti falta de uma versão com mais capacidade de armazenamento. 32 GB é pouco se a concorrência já começa com o dobro (e vai até 512 GB). É o que digo nos smartphones: a memória interna sempre vai ser muito mais rápida que um cartão, e é chato ser obrigado a gerenciar unidades de armazenamento, especialmente em um produto tão caro.

A bateria, por sua vez, cumpre com o que promete. A capacidade de 6.000 mAh é suficiente para manter o tablet ligado por cerca de 7 horas de navegação interrupta no Wi-Fi; eu consumi metade da bateria em três horas e meia. Nos testes de vídeo, ele aguentou exatamente 10h32min de streaming de vídeo da Netflix com brilho em 60%, nada muito abaixo da estimativa de 12 horas divulgada pela Samsung.

Conclusão

O Galaxy Tab S3 é um tablet bom. Ponto. Ele tem ótimo desempenho para qualquer tarefa, uma bateria que dá conta do recado, um software bem desenvolvido e, principalmente, uma tela sensacional. Essa é a conclusão do review do produto em si.

Mas, se me permitem, preciso tecer alguns comentários sobre o mercado brasileiro de tablets. Não está havendo um meio termo nos produtos. Existem os baratos, que são ruins e têm comprometimentos demais em favor do preço. E existem os bons, que são absurdamente caros. Eu não encontro um custo-benefício realmente interessante no país desde o lançamento LG G Pad 8.3, em 2014.

E o tablet da Samsung se enquadra na segunda categoria: por R$ 2.999, ele é tão bom quanto caro. Não que seu principal concorrente também não seja: considerando a caneta, um acessório não suportado pelo iPad mais básico, você gastaria pelo menos cinco mil reais na plataforma da Apple, levando em consideração um iPad Pro de 10,5 polegadas de 64 GB sem 4G e com a Apple Pencil de R$ 799.

O ponto é: por esse preço, o Galaxy Tab S3 se torna um produto de alcance extremamente limitado. Ele pode ser útil para artistas que não querem gastar o dobro na concorrência e para pessoas que: 1) fazem questão de consumir conteúdo em uma tela grande de alta qualidade; 2) não se importam em carregar mais um dispositivo para todo lugar e; 3) estão com dinheiro sobrando.

Os tablets estão vendendo cada vez menos no Brasil, com uma queda de 32% em apenas um ano, e não é difícil entender o motivo.

Como comprar com desconto?

testador-cupons-checando

Você pode utilizar a nova extensão do Tecnoblog para economizar alguns caraminguás na hora de trocar de aparelho. Ela tem um módulo Testador de Cupons que busca e aplica o maior desconto disponível na internet no seu carrinho de compras. É tudo automático, então qualquer um consegue utilizar, e é completamente grátis!

ta-caro

Outro recurso muito legal é histórico de preços. Quando você acessar a página de um smartphone, por ex, a gente já consegue te dizer se ele está com um preço legal. Esse recurso te ajuda a não cair em nenhuma "promoção", dessas que oferecem tudo pela "metade do dobro". Tenho certeza que vai ser muito útil em datas especiais, como na Black Friday.

Curtiu? Então clique aqui para instalar. ;)

Especificações técnicas

  • Bateria: 6.000 mAh;
  • Câmera: 13 megapixels (traseira) e 5 megapixels (frontal);
  • Conectividade: 3G, 4G, Wi-Fi 802.11ac, GPS, GLONASS, Beidou, Galileo, Bluetooth 4.2, USB-C 3.1.
  • Dimensões: 237 x 169 x 6 mm;
  • GPU: Adreno 530;
  • Memória externa: suporte a cartão microSD de até 256 GB;
  • Memória interna: 32 GB;
  • Memória RAM: 4 GB;
  • Peso: 434 gramas;
  • Plataforma: Android 7.0 (Nougat);
  • Processador: quad-core Snapdragon 820 de 2,15 GHz;
  • Sensores: acelerômetro, giroscópio, bússola, impressões digitais;
  • Tela: Super AMOLED de 9,7 polegadas com resolução de 2048×1536 pixels.

Notas Individuais

Design
8
Tela
10
Som
10
Software
9
Câmera
8
Desempenho
8
Bateria
8
Conectividade
10
  • Kaio

    Atualmente considero 64gb como a capacidade mínima que o aparelho deve fornecer

  • Andre Badiani

    sem contestatórios, la na china tem coisa melhor por menos da metade do preço, e da pra comprar nesses sites que todo mundo conhece, mas não podemos falar o nome….. kkkkk

    • rjlgarcia

      Gearbest e AliEspress ? Qual o melhor?

      • Danilo

        Gearbest + frete rastreado + seguro no frete. Só felicidade.

        • J. Brito

          Mi Pad 3 ou tem coisa melhor? Oq sugere?

          • Andre Badiani

            O mi3 , pra mim é o melhor custo beneficio.

          • Reinaldo

            MiPad 3 é o melhor custo benefício. Se puder pagar mais, pega uma Huawei.

        • Léx Ferracioli

          Gearbest + frete rastreado + seguro no frete ou
          Banggood + frete rastreado + seguro no frete
          Só felicidade. 😀

          • Ludo Final

            Então AliExpress é ruim pra comprar telefone (e eu sei que tem ver avaliação)? É que na Gearbest não tem o que eu quero. No eBay tem. E sobre Amazon? Lá tá acabando, mas ainda tem o aparelho.

    • Anderson Rodrigues Batista

      GB

    • Diogo

      Pois é, bem que o Tecnoblog poderia fazer um review desses tablets que todo mundo conhece…

    • Marcos Oliveira
  • Pio ♙

    Pensa nesse tablet!Agora retire o android,e instale o Windows!Fica top👌🏻

    • J. Brito

      Surface…

  • Reinaldo Versuri

    Quero trocar meu iPad Air 32GB nesse tablet S3.

  • Jônathas Arruda

    Comprei e estou muito satisfeito. O som é fantástico e a construção, idem. A performance também.

    • J. Brito

      Tu acha q compensa, man? Ñ vou usar fora de casa, quem tem Tablet e Smart diz que EM CASA ñ usa Smart, só o telão do Tablet. Mas ñ irei desenhar nem utilizar para estudos, somente vídeos, navegação e alguns jogos. Acha o S2 serve ou ainda assim o S3 é uma boa pedida?

      • Mauro Rodrigues

        estou esperando o preço cair para 2.000 (a vista) no dia do lançamento estava 2.245 (em duas lojas), mas não comprei ficou só nos 3 primeiros dias. Mais de 2 mil não pago em um tab. Para mim não vende vai ficar na “prateleira” até abaixar o preço. rs rs rs rs

        • J. Brito

          Tbm estou esperando os 2.200 a vista Mauro, 2.000 eu acho que não vai chegar man. Mas eu queria o “pérola” (sou exigente) hahaha. O pretão é muito “regular”. Eu vacilei, ñ acompanhei o lançamento.

          • Mauro Rodrigues

            Tb acho difícil mas tô de olho no movimento dos preços. Semana passada estava 2.460,00

          • Mauro Rodrigues

            na americas esta n 2.187,00 com o cupom APPFESTA10 (10% OFF no Aplicativo) e frete grátis. Acho que chega nos 2 mil na black friday

          • J. Brito

            Vlw man. Acho que ñ tá mais haha. A cara, eu vou dar os 2.420 mesmo, boletei e amanhã pago. Eu quero o “prata” e só o preto desce pra menos de 2.300 (pelo menos foi o que vi). Tu já comprou?

          • Mauro Rodrigues

            voce tentou pelo aplicativo do celular?

  • woah Woah WOAH

    Lindo tablete.

  • Agail Sanches

    Perfeito o parenteses sobre o mercado brasileiro de tablets, eu mesmo gostaria de adquirir algo mediano pois quero só ter a comodidade de ler noticias e quadrinhos e alguns jogos básico e não acho nada dentro desse perfil, digo algo bom. LG, Samsung e Lenovo estão dormindo no ponto poderiam alavancar as vendas se mirassem um pouco mais em baixo

    • Marcus Araújo

      É a razão pela qual não troquei meu tablet mesmo depois de tanto tempo. Primeiramente, não é algo que sinta vontade ou necessidade de trocar porque ainda funciona relativamente bem. Em segundo, ou temos modelos muito ruins e baratos, ou temos modelos ótimos e muito caros. As boas opções intermediárias sumiram, com exceção de um ou outro modelo um pouco mais antigo da Samsung que ainda se encontra em algumas lojas online.

      E sinceramente, para mim, notebooks 2-em-1 mais me parecem uma aberração do que uma solução como tablet. Não me convencem.

    • Alexandre Copi

      Exatamente. Eu to desde o começo do ano esperando aparecer algum tablet por que ultrabooks são muito caros e pouco práticos pra o que eu quero (Ler quadrinhos, assistir vídeos, ler coisas da faculdade e jogar). E aí a única coisa que sai é isso e o ipad a 5 mil reais.
      Estou quase comprando da china mesmo (um pouco de insegurança ainda, por isso não fiz).

      • Agail Sanches

        Realmente eu também estou ensaiando comprar um Xiaomi mas fico inseguro com a demora, taxação e demais perigos

        • Reinaldo

          O único ruim é a ausência da garantia e, no caso dos tablets, raramente há updates de SO. Fora isto, compre sem medo. Ah! O Xiaomi não são bons para fotos.

          • Agail Sanches

            Reinaldo obrigado pelo retorno, qual loja comprou? quanto tempo pra entrega? foi taxado?

          • Reinaldo

            Comprei no GEARBEST numa das promoções que eles mandam no e-mail (o desconto dos e-mails são agressivos) . Demorou 26 dias para chegar em nos Correios. Paguei taxa de menos de 300,00. Smartphone é 206 e tablet cerca de 300. Somando tudo, o MiPad saiu por menos de 750,00. A Capinha comprei junto. É uma case magnética igual do iPad. Enfim, vou comprar mais um. Tem um Lenovo com 16GB de armazenamento e 3 GB de RAM por 508,00. E tem o MiPad 3 por pouco mais que 700. Estou só esperando vir uma promoção Boa no e-mail para comprar para mim e passar o meu para minha filha.

          • Agail Sanches

            Show de bola, mais uma vez obrigado pelo retorno, eu também recebo os e-mails mas sempre fiquei com receio de comprar agora com o seu feedback tomei coragem obrigado amigo!

      • Reinaldo

        Tenho o MiPad de 8 polegadas. Perfeito ! O tenho já pouco mais de 1 ano. Estou afim do MiPad 3. 64 GB com bom preço. Existem lojas chinesas confiáveis. Compensa pagar 800,00 num tablet com 4GB de RAM E 64 GB de armazenamento.

        • Willy Reis

          Tenho o Mipad 1 a um bom tempo, em casa o smart é so p/ whatsapp mesmo no resto o tablet faz tudo com uma melhor vizualização.

          • Reinaldo

            Tenho este também. Comprei numa das promoções em que ele saiu por 428,00. E olha que ele só tem 2GB de RAM. EU uso até para atender meus clientes.

        • Alexandre Copi

          Ótimo saber disso! 🙂
          Vou ver a melhor maneira de trazer e comprar um 😛

  • Luciano Fernandes

    32Gb de memoria interna é pouco. Em 2 anos isso tá abarrotado. Tinha que ser pelo menos 64Gb

  • O “BURRO” !!!

    Tenho uma pequena dúvida,e se alguém puder ajudar,eu agradeço.Tenho um tablet Samsung T113NU,o mesmo não aceita vários apps,inclusive o do banco.Ai vem minha pergunta:

    Ele não aceita esses apps por causa do Android antigo(4.4.4),ou é por que esses apps tem incompatibilidade com tablets?

    Sei que pode ser as duas coisa,mas gostaria de uma resposta mais técnica.

    Desde já,agradeço.

    • Marcus Araújo

      Depende do banco. A Caixa, por exemplo, possui dois apps na Play Store: um para smartphones, outro para tablets. A versão para smartphones não funciona em tablets (você até consegue instalar a versão para smartphones num tablet, mas na hora H o app não funciona e não permite acessar a conta). Caso semelhante é o Itaú, que também possui apps distintos, porém a versão para smartphones está com compatibilidade restrita para tablets na Play Store (muito mais inteligente do que a Caixa, já que o cliente intuitivamente vai atrás da versão para tablets).

      Já o Bradesco, o Banco do Brasil e o Banco Inter (antigo Intermedium) possuem um único app que serve para ambos, porém não testei aqui se de fato funcionam em tablets (com exceção do BB, que já utilizei em tablets). Enquanto isso, o app do Santander funciona somente em smartphones, não permitindo instalar em tablets e não há versão específica para tablets.

      Eu tenho um tablet HP Slate 7 com versão do Android ainda mais antiga (4.1.1) e todos esses apps que abordei estão disponíveis na Play Store na forma como descrevi aqui (exceto o caso do Santander, obviamente).

      Infelizmente no Android fizeram essas separações na Play Store de app para smartphones e app para tablets que podem confundir os usuários na hora de buscar para instalar e achar que o app é de fato incompatível, quando na verdade há outra versão. Nesse quesito, a App Store é mais organizada.

  • Marcus Araújo

    Gostei do review, mas senti falta da abordagem sobre o teclado físico que acompanha o produto.

    • O teclado é vendido separadamente (R$ 479).

      • Marcus Araújo

        Ah, pensei que viesse incluso também. Aí seria imbatível para quem precisa.

  • Não tem fotos das canetas… #nemlerei

    • 🙁

    • Ludo Final

      Tem, ué. Prefiro o iPad, mas pelo preço que cobram prefiro ficar sem esse tipo de aparelho. Não sou desses que se vende os órgãos no Mercado Livre.

      • Nao jovem, é uma foto tirado pela camera do gadget, das canetas do escritorio do TB! 😀

        • Ludo Final

          Massa!

  • Fabio Correia

    Tenho um Galaxy Tab Pro 8.4 e esse tab s3 me fez pensar em troca-lo

  • O que quero saber é que teste de personalidade é esse que o Watson fez de você Higa? 🙂

  • Gesonel o Mestre dos Disfarces

    por uns 1700 eu pegava tranquilamente. o velho galaxy note 8.0 ainda manda razoavelmente bem com o Autodesk Sketchbook, imagina esse!

    • joao silva

      Eu ainda fico com minhas dúvidas! Já tive 2 galaxy note 10.1. O sketchbook pro era perfeito pra eventos ao vivo em que eu precisava utilizar arte gráfica feita na hora. Agora estou sem poder trabalhar(o meu galaxy note 10.1 está com problema na placa e a SAMSUNG cobra R$1500,00 pra me obrigar a não querer fazer a manutenção) estou sem saber se pego um galaxy note pro 12.2 fora de linha, mas com melhor resolução que esse galaxy tab s3 e certeza que funciona o sketchbook pro bem, ou se vou de galaxy tab S3. Minhas duvidas ficam nesse campo: o galaxy tab s3 roda o sketchbook na mesma maneira que o note? O S3 tem algum dispositivo/acessorio de cabos hdmi(pra fugir de só poder funcionar se tiver net no local) que me possibilitassem transmitir o que estou fazendo pra um telão em LED? A tela do TAb S3 são “menos” profissionais em termos de detecção da Spen(ceneta)? Alguem que já tenha um TAB S3 pode me falar algo aqui?

      • Gesonel o Mestre dos Disfarces

        Cara, testei um S3 numa loja da sammy e digo que substitui bem o note 10.1. a pressão da caneta me pareceu mais precisa – alias, ela detecta o dobro dos níveis de pressão dos notes 8.0/10.

        • joao silva

          Valeu mesmo. Agora me resta saber se o Tab S3 consegue transmitir por HDMI via MHL(adaptador) ou não. Pq transmitir por chromecast, miracast e demais “CASTs” so transmitem via Wi fi(sinal de internet) e chromecast por exemplo espelha os videos em execução e não espelhamento total da tela. Onde faço eventos nem sempre possui internet disponível, então preciso de cabos e passar o que estou fazendo no tablet pra que as pessoas vejam!

        • joao silva

          Então só resta a desvantagem de não poder transmitir/espelhar a tela por cabo HDMI, só usando a Internet pra espelhar de alguma maneira. Em ambientes onde não há essa opção, zero transmissão.

      • Gesonel o Mestre dos Disfarces

        Putz, agora que olhei mais atentamente nas especificações de cada um. agora também estou na dúvida!

        • joao silva

          Pois é pouca gente se deu conta que a Samsung lançou o S3 inferior ao Galaxy note em diversos detalhes!

  • Fred

    Faz tempo que busco um bom tablet… Se quiser ficar com Android, tirando esse S3, existe mais algum decente, ou só aquelas porcarias baratas?

  • Rodrigo Cerqueira

    Não entendo pq o mercado de tablets flopou. Eu ainda tenho um Galaxy Note 10.1 2014 edition (pra mim é o tamanho de tela mínimo para tablets, menor que isso é um smartphone esticado). Ele tb vem com uma canetinha s-pen, mas acredito que bem inferior a essa do S3 e já é bem boa. Uso o tablet como caderno da faculdade desde que o comprei. Funciona muito bem até hoje. Bateria formidável, ainda mais que não uso o sinal de celular, deixo em modo avião ou no wi-fi.
    Na casa da minha namorada não tem televisão no quarto, então é nossa central de entretenimento para antes de dormir.
    Ler pdf é extremamente confortável e a s-pen permite fazer anotações nos arquivos.
    Não vejo equipamento melhor.

  • Saulo Benigno

    @paulohiga:disqus essa sobremesa? Onde eu encontro aqui em SP? 🙂

    • Essa é do Stop Dog. 😛

      • Saulo Benigno

        Valeu 😀 vou com a namorada lá!

  • Lila

    O tablet é um bom produto, mas cuidado quem precisa digitar de verdade fora de casa. A capa-teclado que oferecem como o S3, cobrada por fora, simplesmente não acentua. Até agora não consegui fazer a minha funcionar perfeitamente e a assistência da empresa tem sido lamentável. Nem o aplicativo que eles indicaram que eu baixasse funcionou plenamente. Penso
    em devolver.

    • joao silva

      boas dicas!

  • Sid M.S.

    E o Palm Rejection? Como ficou?

  • César

    Meu uso de tablets se restringe a um laptop leve para digitação e navegação na faculdade. O valor de algo que preste é simplesmente irreal. Por menos de R$1000 no mercado nacional estou quase escolhendo aquele Multilaser m8w plus (tem so 32gb/2gb mas deve servir)

  • A quem interessar possa, o tablet está saindo por 2186,00 no boleto pelo Submarino, com o cupom APPSECRETO10 utilizando o APP do Submarino.

  • joao silva

    Já tive 2 galaxy note 10.1. O sketchbook pro era perfeito pra eventos ao vivo em que eu precisava fazer arte gráfica na hora, transmitindo o que eu estava fazendo pra um telão. Agora estou sem poder trabalhar(o meu galaxy note 10.1 está com problema na placa e a SAMSUNG cobra R$1500,00 pra me obrigar a não querer fazer a manutenção) estou sem saber se pego um galaxy note pro 12.2 fora de linha, mas com melhor resolução que esse galaxy tab s3 e certeza que funciona o sketchbook pro bem, ou se vou de galaxy tab S3. Minhas duvidas ficam nesse campo: o galaxy tab s3 roda o sketchbook pro na mesma maneira que o note? O S3 tem algum dispositivo/acessorio de cabos hdmi(pra fugir de só poder funcionar se tiver net no local) que me possibilite transmitir o que estou fazendo pra um telão em LED? A tela do TAb S3 são “menos” profissionais em termos de detecção da Spen(ceneta)? Alguem que já tenha um TAB S3 pode me falar algo aqui?

  • joao silva

    O tamanho da tela, a bateria do note pro 12.2 com 10 a 11 horas de vídeo e a resolução da tela ainda ganha pra o tablet galaxy tab S3. Será que a Samsung irá lançar alguma atualização de galaxy note pro 12.2?

  • joao silva

    Possui entrada MHL pra converter em Cabo HDMI? Preciso transmitir a tela espelhada em TV que não é smartphone, e sem necessidade de wi-fi ou net. A maneira que sei seria cabo HDMI em entrada MHL por adaptador. Esse tablet Galaxy tab S3 possui entrada desse tipo?