A Asus revelou os detalhes da quarta geração do Zenfone, que será composta inicialmente por seis nomes: Zenfone 4, Zenfone 4 Pro, Zenfone 4 Max, Zenfone 4 Max Pro, Zenfone 4 Selfie e Zenfone 4 Selfie Pro (ufa!). Todos os smartphones têm sistema de câmera dupla em algum dos lados, interface renovada e processadores atualizados.

Zenfone 4

O modelo principal segue as características do Zenfone 3: ele é um intermediário premium, com design de vidro e tela de 5,5 polegadas. Mas agora há uma câmera dupla na traseira (uma lente normal e outra grande angular), o leitor de impressões digitais foi para a frente (yay!) e existe uma variante com chip mais poderoso, que borra a linha entre duas categorias de smartphones.

O Zenfone 4 (ZE554KL) possui tela IPS de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels), processador Snapdragon 630 ou 660, 4 ou 6 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e bateria de 3.300 mAh. A câmera traseira principal tem sensor de 12 megapixels e lente com abertura f/1,8, enquanto a grande angular chega com 8 megapixels, mesma resolução da câmera frontal.

Zenfone 4 Pro

O mais poderoso é o Zenfone 4 Pro, que resolve alguns problemas do Zenfone 3 Deluxe: não há mais bordas estranhas em volta da tela, a bateria é maior para compensar o processador mais potente e, assim como nos outros modelos, parece que os taiwaneses finalmente deram uma atenção à interface — a ZenUI 4.0 tem cara de Asus, mas promete ser mais rápida e está mais limpa, sem um festival de cores na tela.

Por dentro, o Zenfone 4 Pro (ZS551KL) tem painel AMOLED de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels), processador Snapdragon 835, 6 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e bateria de 3.600 mAh. Aqui, o sistema de câmera dupla serve para dar zoom: há um módulo de 16 megapixels com lente de 25 mm (f/1,7) e outra com lente de 50 mm (ou seja, 2x de zoom óptico). A câmera frontal tem 8 megapixels.

Zenfone 4 Selfie e Selfie Pro

O Zenfone 3 não contou com uma variante focada em selfies, mas isso está voltando na quarta geração. O sistema de câmera dupla do Zenfone 4 Selfie Pro (ZD552KL) vem na frente: a lente principal é de 24 mm (f/1,8) e manda a luz para um sensor de 12 megapixels, enquanto a secundária é de 12 mm, o que deve dobrar o campo de visão, facilitando as selfies em grupo.

O Zenfone 4 Selfie Pro chega com tela AMOLED de 5,5 polegadas (1920×1080 pixels), processador Snapdragon 625, 4 GB de RAM, 64 GB de armazenamento e bateria de 3.000 mAh. A câmera traseira é de 16 megapixels.

Já o Zenfone 4 Selfie (ZD553KL) tem hardware mais simples: a tela é uma IPS LCD de 5,5 polegadas (1280×720 pixels) e o processador cai para um Snapdragon 430. Os números de bateria, RAM, armazenamento e resolução da câmera traseira são mantidos, mas a frontal tem sensores diferentes, de 20 e 8 megapixels.

Zenfone 4 Max e Max Pro

O Zenfone 4 Max (ZC554KL) não é novidade: ele foi o primeiro a ser anunciado, antes mesmo do modelo principal. Trata-se de um smartphone mais simples, com tela de 5,2 ou 5,5 polegadas (1280×720 pixels), processador Snapdragon 425 ou 430, 2 a 4 GB de RAM, 16 a 64 GB de espaço e baterias de até 5.000 mAh — o modelo já era confuso no Zenfone 3 Max, que tinha até uma versão com chip da MediaTek.

O modelo que ainda não conhecíamos oficialmente era o Zenfone 4 Max Pro. O hardware se mantém o basicão do Zenfone 4 Max, e a diferença fica por conta das câmeras: a câmera traseira tem sensores de 16 e 5 megapixels (contra 13 e 5 da versão mais simples) e a frontal possui resolução de 16 megapixels (contra 8 no Zenfone 4 Max). Ambos os modelos contam com leitor de impressões digitais.

É (tudo) isso

Esses foram os seis nomes de Zenfones 4 revelados até o momento. “Nomes” porque, se formos considerar as inúmeras variantes de processadores e tamanhos de tela, já existem mais que 10 aparelhos diferentes, antes mesmo do lançamento no Brasil. E “até o momento” porque, vez ou outra, os taiwaneses lançam produtos específicos para o mercado brasileiro.

São aparelhos que continuam com as características da geração passada: há opções para todos os públicos e faixas de preço, não existe uma linha de design clara (os smartphones têm diferenças visuais significativas entre eles) e, claro, o foco nos números continua — especialmente na RAM abundante, uma estratégia que deu certo no Zenfone 2.

Os Zenfones 4 foram revelados em um evento para a Ásia, e a empresa ainda não anunciou quando ou por quanto eles serão lançados em outros mercados. O mais provável é que os aparelhos cheguem ao Brasil até o final de outubro.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guilherme Natan
Vocês não especificaram o angulo de abertura das lentes traseiras das versões Selfie Selfie Pro.
Jefferson Rodrigues
Você sabe me dizer se os preços dos aparelhos da Asus demoram a cair?
Eduardo Aquino
nao consigo entender um chip 430 com 4gb de ram e 720p, com certeza vai chegar mais caro que o zenfone 3 do ano passado com chipset 625 e 3gb de ram, to curioso para saber os preços, pq os produtos estao bem distintos
Rafael Andrade
Eu achei o Zenfone 4 e o 4 Pro muito bonitos mesmo, mas acho que ela quis abraçar coisa demais, igual a Samsung faz. Aprendi que quanto menos modelos lançar, mas fácil será para o consumidor final leigo. Entendo que eles não podem deixar te ter um aparelho perante a concorrência, mas acho que foi demais dessa vez. Na minha opinião a Asus deveria ter somente os modelos Pros (com exceção do 4 e 4 pro, mas com outros nomes). Na minha opinião deveria ser: - Zenfone 4 Max: Tela IPS LCD de 5.2" 1280x720, 3GB RAM, 32 GB armazenamento, Snapdragon 430, Camera de 16MP + 5MP traseira e 16MP frontal (todas com flash), bateria de 5000 mAh [Entrada] - Zenfone 4 Selfie: Tela IPS LCD de 5.5" 1920x1080, 4GB RAM, 64 GB armazenamento, Snapdragon 625, Câmera frontal dupla de 12 MP/12 MP f/1.8 câmera traseira de 16 MP (todas com flash), bateria de 3000 mAh [Intermediário ] - Zenfone 4: Tela Super Amoled de 5.5" 1920x1080, 6GB RAM, 64 GB armazenamento, Snapdragon 660, Câmera principal 12 MP f/1,8 e grande angular 8 MP, frontal de 8MP grande angular, bateria de 3300 mAh, certificação IP67 [Intermediário Premium] - Zenfone 4 Extreme: Tela Super Amoled de 5.5" 1920x1080, 6GB RAM, 128 GB armazenamento, Snapdragon 835, câmera principal 16 MP f/1,7 e segunda com 2x zoom óptico, frontal de 8MP, bateria de 3600 mAh, certificação IP68 [Suprassumo] Todos teriam também leitor de impressão digital, Android 7.1.1, ZenUi 4.0. Ai nesse cenário chutaria o Zenfone 4 Deluxe por R$ 3299,00, o Zenfone 4 por R$ 2299,00, o Zenfone Selfie por R$ 1799,00 e o Zenfone 4 Max por R$ 1299,00.
Ultron 2.0
Eu gosto das diferenças, não é tipo Samsung que é tudo igual
Ultron 2.0
Sobre o selfie, o modelo Pro até grava em 4k com foco automático e modo manual, é como se fosse a traseira
Felipe Xavier
Pra mim, as fabricantes deveriam lançar no máximo 5 modelos/versões por "ano". 1 - básico 2 - intermediário comum 3 - intermediário com foco na câmera/ou mais performance 4 - intermediário com foco em bateria 5 - high-end Mais que isso, só dificulta as atualizações e confunde o consumidor leigo.
X-Tudãoᴳᴼᵀ

Já tem vídeo na internet da zenui 4.0, realmente o visual ficou mais limpo e vem pouca coisa pré instalado.

Tom
Já tem vídeo na internet da zenui 4.0, realmente o visual ficou mais limpo e vem pouca coisa pré instalado.
André Almeida Martins
em varios videos ja =D
pedroca
nao, só que os processadores deles nao são lá essas coisas, atualizações e performance. tive uma experiencia com um lenovo e a vontade de tacar na parede foi forte.
Renan
Teve alguma gafe grande da Mediatek ou ela é só ruim no geral?
Julia Stopa
Já aparece um pouco dela no vídeo do Adrenaline, e está muito limpa.
Paulo Mateus Guerra
Cara, é incrível como os caras gastam dinheiro demais pra saber o que o consumidor quer e não conseguem entender uma coisa simples: O consumidor não sabe o que quer exatamente e espera que a empresa apresente propostas coerentes e claras. Um telefone com mais de 10 variantes não é nem coerente nem clara.
Cesar Cardoso
Tenho a impressão que a decisão de lançamento das versões do Zenfone é: alguém da Asus acorda de mau humor e resolve lançar uma versão nova pra ver se passa. Bom, funciona, né? Sobre a nova versão da ZenUI, só acredito vendo, mas se os taiwaneses realmente baixarem a bola do carro alegórico de carnavalesco ruim que é a interface será uma excelente notícia.
Exibir mais comentários