HP Slate, afundando no mar de incertezas

A primeira vítima do sucesso do iPad foi o tão misterioso não-oficializado Courier. A Microsoft não quis se dar ao trabalho de colocar no mercado um gadget que não faria tanto sucesso quanto o tablet da Apple, mesmo sem saber se isso seria verdade ou não. O sentimento de derrota emanado do anúncio pode ter afetado o HP Slate, a provável próxima vítima do sucesso do iPad.

Por enquanto não há confirmação oficial da empresa do cancelamento do projeto, mas quando o CEO da HP, Todd Bradley, foi questionado sobre o futuro do tablet, ele respondeu que “Nós não fizemos nenhum anúncio de desenvolvimento”. A especulação é de que ele seria reprojetado para receber o WebOS, sistema operacional adquirido essa semana pela empresa com a compra da Palm, e que o desenvolvimento atrasaria o lançamento do produto em, no mínimo, um ano. Originalmente, o tablet teria sido projetado para rodar o Windows 7 e seria liberado para venda ainda em 2010.

Se os rumores se tornarem verdade, o atraso pode fazer com que o iPad finalmente se estabeleça como dominante da área, apesar do preço meio salgado por causa da “taxa Apple”. Afinal, quais outras empresas têm os recursos (tanto financeiros quanto intelectuais) para criar um tablet ao menos equivalente ao da Apple senão duas gigantes como a Microsoft e HP?

[via Wired]

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Ferreira
Uma pena. Queria ver um Tablet com um SO de verdade, podendo rodar qualquer programa já existente pra ele, e não só um com iPhone OS e super limitado. Se o iPad tivesse sido lançado com um Mac OS amansado (pra econimizar bateria e etc) seria, pra mim, o melhor do mercado, mesmo sem ter concorrentes de peso por enquanto. Mas do jeito que veio não me agrada em nada.
Hernani
A pergunta que fica é: Melhor Android ou Chrome OS
Hernani
Ou pelo menos não parecer que sofreu um rombo
william!
Tablet da Nokia? Não, obrigado. De tijolos já bastam os da construção lá de casa.
Diego Dalmaso
Torço para que a Nokia consiga resolver isso. Há rumores de um tablet deles, e seria um ótimo concorrente, apesar de eu ter apostado muito no HP Slate. Mesmo achando os produtos da Apple fantásticos e tudo, não me encanto pelo iPad por muitas coisas. Tô na torcida pela Nokia e HP.
Rafael
Aprenda a conjugar verbos cara, na boa.
Rafael
Depois de pensar um pouquinho acho que a HP/Microsoft decidiu o Windows 7 não ser mais o SO (provavelmente, nada confirmado) para diminuir o preço, e aí sim acabar com o reino do iPad.
tplayer
Já está a caminho de bater. Logo sai um tabler com Android apoiado diretamente pelo Google. Creio que seja pela HTC.
Cira
Pessoas, Parem de olhar os projetos das grandes marcas como se o mercado brasileiro fosse o alvo principal a ser atingido.
Rafael Silva
Nope.
Alexandre
nao tinha olhado pela sua otica de que tem OS que funciona, milhoes de apps, tempo de bateria e um acabamento impecavel...
Leandro Eduardo
Nenhum dos tablets sobreviveram ao " Temido iPad "
Eduardo Davis
O problema é que usar Windows 7 em dispositivos móveis é bom só na teoria. Quando o pessoal faz o protótipo e não consegue performance juntamente com tempo de bateria decente, bate um desespero... o produto não será competitivo. O iPad colocou alguns parâmetros no mercado: preço, tempo de bateria, performance, usabilidade, muito software disponível. Um concorrente decente tem que se aproximar de todos esses parâmetros ao mesmo tempo. Se falhar em um deles, provavelmente será um fracasso perante ao iPad.
Alexandre
É, faz mais sentido mesmo. Eu tinha tantas expectativas no Slate que reluto em acreditar... E agora? Sobrou quem pra concorrer com iPAD? Kindle? HiPad? Aquele ink sei la o que? Novos netbooks talvez(sony por exemplo)? Ficou mamao pra apple...
Rafael Silva
Dar um pé na bunda do Windows 7 cheira a estratégia de marketing? Só se for de marketing negativo né? Eles tinham a chance de lançar o HP Slate esse ano e vão adiar mais um só pra colocar WebOS nele. Não importa de qual lado você olhe, é uma estratégia ruim. Só vai fazer com que o iPad cresça mais e não deixe espaço para os outros.
Exibir mais comentários