Lembra do WannaCry, que infectou mais de 300 mil computadores em 150 países, sequestrando arquivos de empresas e exigindo um resgate em bitcoins? Para o Reino Unido, não restam dúvidas de quem estava por trás do ataque: a Coreia do Norte.

A declaração é do ministro da segurança, Ben Wallace, em entrevista à emissora britânica BBC: “Podemos ter tanta certeza quanto possível. Obviamente não posso entrar em detalhes de inteligência, mas é uma crença arraigada na comunidade e em vários países que a Coreia do Norte assumiu esse papel [atacar os sistemas]”.

O Reino Unido foi um dos mais afetados pelo ransomware. O WannaCry criptografou arquivos de milhares de computadores do Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês), impactando sistemas de refrigeração de sangue e equipamentos de ressonância magnética. Ambulâncias foram desviadas; hospitais na Inglaterra e na Escócia tiveram suas operações afetadas; e pelo menos 6,9 mil consultas foram canceladas.

O WannaCry se aproveitava de uma falha no SMB, protocolo de compartilhamento de arquivos do Windows, que permitia execução de código remoto. Quando uma máquina era infectada, a praga podia se espalhar rapidamente para todos os PCs vulneráveis na rede. A falha já havia sido corrida pela Microsoft um mês antes, mas nem todas as empresas estavam com as atualizações em dia.

Com informações: The Independent.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

zoiuduu .
nao entendi
Renan Araújo
Kim Jong Un e um Pálio 99', os dois a 80km/h, ficava um do lado do outro?
Ricardo - Vaz Lobo
O papo na Korea do Nóia é muito mais complexo do que esse de que tem míssil ou não. E a personagem fundamental é a China.
Alexandre Roberto
Se pensar com calma, ele e interessante sim...talvez nao para os EUA, mas para um vizinho que esta ate apelando para criar ilhas artificiais para aumentar seu territorio maritimo e ja esta tendo conflito por isso com outros vizinhos. So que o android do dbz nao e bobo de levantar a voz agora contra esse vizinho , pelo menos agora que nao tem como se defender
Jose X.
não entendo como tem gente que ainda cai nessas besteiras...lembro que hackearam a Sony America, e quem foi o culpado ? ora, o gordinho, e não os milhões de hackers black hat que existem no mundo inteiro, explorando a incompetência empresarial...agora, quando aquela obra de arte que foi o Stuxnet se espalhou atacou no Irã "ninguém sabe quem foi o responsável"...
Jose X.
fala isso pro trump
Paulo Bitácio
Desde que eu era criança que é essa palhaçada.Mudam os atores e brinquedos,mas sempre esse lenga-lenga.Tá chato! Cadê a guerra nuclear?
Leonardo Spricigo
Ninguém quer o quintal da melhor coréia
zoiuduu .
Se kin jong-un te desse 1 milhão de dólares e vc nao teria que fazer nada em troca, vc aceitaria o dinheiro dele?
Molinex
Pode ser que sim, pode ser que não, mas o mais provável é quem sabe...
Ricardo Marques
Preparar terreno pra uma possível guerra conta a Melhor Coreia e assim justificar junto a pop. Ou seja, desculpinha.
Ricardo Marques
'Certeza quanto possível' Pior que certeza absoluta. Hahaha
Alexandre Roberto
Basicamente: nao entrem no meu quintal, se o fizerem, o bicho realmente pega pois tenho como fazer custar caro sua excursão aqui no meu quintal....argumento que o Saddan não tinha
Ricardo - Vaz Lobo
Acho que esses ataques não rendem taaaaaaaaanta grana pra financiar um programa balístico "grandioso". Atualmente, quando um ataque acontece, logo ele é identificado e milhares de pessoas mundo afora começam a procurar meios de bloqueá-lo, diferentemente do que ocorria a poucos anos, quando um worm entrava na rede das empresas e era um d-us nos acuda e vários dias de trabalho pra se livrar da praga.
estado
Até que faz sentido, pois a Coréia do Norte precisa de dinheiro pra alimentar o programa balístico. Não há forma mais fácil (pra um país cheio de embargos) do que o ransomware.
Exibir mais comentários