Início » Computador » O que há por dentro do iMac Pro de R$ 37.999

O que há por dentro do iMac Pro de R$ 37.999

Por
1 ano e meio atrás

O iMac Pro é o computador mais poderoso que a Apple já lançou até agora — e também o mais caro. O iFixit resolveu dar uma olhada por dentro e descobriu várias diferenças em relação aos iMacs tradicionais.

Para desmontar o iMac Pro, você começa retirando a tela 5K de 27 polegadas fabricada pela LG. A primeira coisa que se destaca é a ventoinha dupla enorme, com capacidade de resfriamento 80% maior; ela fica em cima da CPU e chip gráfico.

Temos aqui um processador Intel Xeon W-2140B de 3,2 GHz com Turbo Boost de até 4,2 GHz, “provavelmente uma versão underclocked do W-2145 para manter as temperaturas sob controle”, diz o iFixit. Ainda não está claro se a CPU pode ser trocada, porque parece ser feita especialmente para a Apple.

E ao contrário de outros iMacs, não há como trocar a RAM facilmente. Você precisa desmontar o iMac Pro para ter acesso aos slots de memória; o iFixit conseguiu trocar os módulos e fazer um upgrade — de 32 GB para 128 GB.

O iMac Pro tem chip gráfico AMD Radeon Pro Vega 56 com 8 GB de memória integrada, e 1 TB de armazenamento em flash feito pela SanDisk.

Esta máquina inclui um chip Apple T2, responsável pelo mecanismo de criptografia por hardware, Secure Enclave, controlador do SSD, áudio e processamento de sinal de imagem (para a webcam). Ele tem recursos de segurança que dificultam restaurar o iMac Pro para os padrões de fábrica — você precisa conectá-lo a outro Mac via cabo USB, como é feito com um iPhone ou iPad “brickado”.

O iMac Pro foi lançado nos EUA custando a partir de US$ 4.999. No Brasil, ele começará em R$ 37.999. E a Apple deve lançar este ano um computador ainda mais poderoso e mais caro: a nova geração do Mac Pro, com design modular.

Com informações: iFixit.

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.