Início » Segurança » Correções da Intel para Meltdown e Spectre são um “completo lixo”, diz Linus Torvalds

Correções da Intel para Meltdown e Spectre são um “completo lixo”, diz Linus Torvalds

Por
25 semanas atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Linus Torvalds é conhecido não só por ser o “pai do Linux”, mas também por não ter papas na língua. Ele já havia demonstrado a sua irritação com as falhas Meltdown e Spectre. No último final de semana, Torvalds foi ainda mais longe ao criticar duramente as correções liberadas pela Intel: são “um completo e absoluto lixo”.

As críticas foram feitas durante uma acalorada troca de mensagens com David Woodhouse, engenheiro da Amazon que contribui com o Linux, na lista de discussão oficial sobre o kernel. Na mensagem, Torvalds destila toda a sua ira contra os updates, que estariam deixando a desejar em muitos aspectos e trazendo recursos desnecessários.

Linus Torvalds

Calma, cara

Torvalds afirma, por exemplo, que as atualizações foram infladas pela Intel com correções para vulnerabilidades que já haviam sido solucionadas com o objetivo de fazer o pacote parecer mais completo. Além disso, ele dá a entender que a companhia não está levando o problema a sério.

O criador do Linux também acusa a Intel de não ser transparente como prometido: “alguém não está dizendo a verdade aqui. Alguém está empurrado todo esse lixo por razões pouco claras. Desculpa ter que dizer”. Torvalds continua: “Eles estão fazendo loucuras, literalmente. Coisas que não fazem sentido. Que tornam todos os argumentos questionáveis e suspeitos. Os pacotes fazem coisas insanas”.

Outro ponto criticado diz respeito ao update para a falha Meltdown, que estaria permitindo que o usuário opte pela correção enquanto o computador inicia em vez de ser ativada automaticamente. Para Torvalds, a Intel faz isso para não afetar testes de benchmark. Em dado momento, ele chega a sugerir que as atualizações foram liberadas apenas para evitar problemas legais, não para tratar das questões técnicas.

Foto por Ericsson/Flickr

Procurada para comentar as declarações, a Intel respondeu que leva a sério o feedback dos parceiros da indústria e que se envolve ativamente com a comunidade Linux para trabalhar na busca de soluções, o que inclui Linus. Porém, a companhia não comentou nenhuma das críticas feitas por ele.

Mas, se considerarmos os problemas que as correções para as falhas Meltdown e Spectre estão tendo, a irritação de Torvalds com relação ao assunto não é exagerada. Recentemente, a Intel chegou a recomendar que os usuários esperem por novas atualizações, pois as atuais “podem causar mais reinicializações do que o esperado e outros comportamentos imprevisíveis”.

Do Jeito que a coisa anda, esta tem tudo para ser uma novela com muitos capítulos pela frente.

Com informações: The Verge, TechCrunch.