Início » Gadgets » Apple Watch pode detectar diabetes com 85% de precisão

Apple Watch pode detectar diabetes com 85% de precisão

Paulo Higa Por

Os wearables coletam tantos dados do nosso organismo que podem acabar salvando vidas: a Cardiogram, startup especializada em detectar doenças com base em cardiogramas, descobriu que é possível encontrar sinais de diabetes em estágio inicial com 85% de precisão utilizando apenas um Apple Watch.

O estudo foi feito em parceria com a Universidade da Califórnia em São Francisco e coletou dados de 14.011 proprietários de Apple Watches. Depois, os pesquisadores analisaram o equivalente a mais de 33 mil semanas de informações com uma rede neural. O resultado: 462 pessoas foram diagnosticadas com diabetes.

Foto por Jon Fingas/Flickr

Mas como é possível detectar diabetes com um smartwatch que não possui nenhum componente específico para isso, como um medidor de glicose no sangue? Eles se basearam em um estudo de 2015, que mostrava que a frequência cardíaca em repouso e a variação nos batimentos eram medidores relativamente confiáveis para encontrar sinais de diabetes e hipertensão — e resolveram testar a hipótese com o Apple Watch.

No passado, a Cardiogram já conseguiu detectar hipertensão com 82% de precisão, apneia do sono com 90% de precisão e arritmia cardíaca com 97% de precisão. No caso do diabetes, 85% de precisão não é como se fosse algo perfeito — mas já é uma precisão suficiente para que uma pessoa possa ir ao médico, ser diagnosticada e começar o tratamento antes que a doença saia de controle.

8,9% dos brasileiros são diagnosticados com diabetes, uma doença na qual o corpo não produz insulina ou não consegue empregar adequadamente a insulina que produz, o que a longo prazo pode causar danos em órgãos, vasos sanguíneos e nervos.

Com informações: TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Rodolpho Camargo
A dificuldade é que menos de 3% da população brasileira fala inglês.
Fabio Ricardo Bulgaron
Faz sentido. Mas partindo do princípio que você vai de toda forma buscar um médico quando aparecerem os sintomas, ter um relógio que dê os sinais de uma possível diabete sem que os sintomas apareçam é muito relevante, na minha opinião.
Renan Araújo
Pode parecer trivial pra ti, mas algumas pessoas não falam inglês
Guilherme Andrade
Qual a dificuldade em usar um app em inglês? Eu uso desde criança tudo em inglês e nunca senti falta disso. Talvez seja um pouco de conformismo seu, amigo.
Felipe Silva
Essa precisão precisa ser dividida em falso negativo e falso positivo para termos uma ideia melhor do que ela significa, já que ser diagnosticado com o problema e não ter é muito melhor do que não ser diagnosticado com o problema e ter.
Gertrudes, a Lhama Morta

O pior é só funcionar com iOS

Gertrudes, a Lhama
O pior é só funcionar com iOS
ʞǝʌǝɥs

para esse tipo de aplicação hardware é commodity...o mais importante é a base de dados estatísticos que correlacionem histórico de frequência cardíaca com ocorrência de diabetes...agora, eu acho que o mercado de aplicativos de saúde é muitas vezes bilionário, a Apple está começando nele, com certeza Google, Amazon, etc também devem estar de olho

Jose X.
para esse tipo de aplicação hardware é commodity...o mais importante é a base de dados estatísticos que correlacionem histórico de frequência cardíaca com ocorrência de diabetes...agora, eu acho que o mercado de aplicativos de saúde é muitas vezes bilionário, a Apple está começando nele, com certeza Google, Amazon, etc também devem estar de olho
Bruno Amorim
Uma pena que o CardioGram ainda é todo em inglês
Trovalds
Se a forma de diagnóstico é baseada em frequência cardíaca então teoricamente qualquer wereable que monitora frequência cardíaca com uma mínima precisão seria capaz de diagnosticar a doença.
Je Suis Harambe
vida de quem é diabetico ou hipoglicemico é triste, por mês eu gasto 150 reais com fitas, comer nem fruta pq começo a suar o aparelho que nao precisa furar o dedo custa 500 reais, muito caro Meu sonho é que possam aprimorar a construção de órgãos em impressoras 3D e fazer um transplante futuramente
Gaius Baltar
Imagine quando tiver um sensor específico para isso.
ばか

Agora sim eu vejo um bom motivo pra comprar um.

Git Gud
Agora sim eu vejo um bom motivo pra comprar um.
Exibir mais comentários