O bitcoin pode ou não ser o futuro, mas a tecnologia por trás da criptomoeda certamente é: o Itaú anunciou nesta sexta-feira (9) que implantou blockchain em algumas de suas operações financeiras voltadas para investidores. Trata-se do primeiro banco no país a utilizar a tecnologia, segundo a empresa.

Já publicamos um artigo especial para explicar o blockchain em detalhes. Em resumo, é uma rede que funciona com blocos encadeados que carregam um conteúdo junto a uma impressão digital; no caso do bitcoin, o conteúdo é uma transação financeira. A segurança fica por conta de um mecanismo que utiliza poder de processamento para resolver cálculos complexos, garantindo que determinado conteúdo é válido.

Banco Itaú (Foto: Flickr/thomashobbs)

No caso do Itaú, o blockchain não está sendo utilizado para armazenar transações entre pessoas físicas, mas para guardar as chamadas de margem de garantias de derivativos negociados em balcão, que são contratadas por investidores.

Você não precisa entender o que são margens de garantias de derivativos, só o fato de que: 1) isso não é um xingamento; 2) para contratar o serviço, o investidor precisa depositar uma garantia no banco. O valor dessa garantia depende de uma fórmula acordada entre o cliente e a instituição, e da oscilação no preço do ativo.

Até então, a negociação da fórmula era registrada pelo Itaú por meio de trocas de e-mails. Ao implantar o blockchain, baseado na tecnologia R3 Corda, é possível fazer isso de uma forma mais segura, armazenando a fórmula de maneira criptografada e confiável. Assim como no bitcoin, é praticamente impossível apagar ou alterar uma informação que foi registrada no blockchain.

O Itaú não deve ser o único banco a adotar a tecnologia no Brasil: a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) tem o chamado Grupo de Trabalho de Blockchain desde agosto de 2016. O Banco Central e 17 instituições financeiras participam dos trabalhos, incluindo os cinco maiores bancos de varejo do país (Itaú, Banco do Brasil, Bradesco, Caixa e Santander).

Com informações: G1.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eduardo Alvim
Você é patético.
Belo Horizontino

comprei a primeira vez bitcoin a uns 600 reais. Quer apostar pra vc imprimir bem gostoso e enfiar no meio do cu? podia ter ido dormir sem essa, não podia, inferior POBRÃO?! Alias, pra fuder seu cuzinho com mais gosto mesmo, pra vc ficar bem mordidinho, eu posso inclusive pedir a uns dos donos da Foxbit pra atestar a veracidade da minha compra. O que acha? Vai com calma no carnaval que semana que vem que ralar, heim, peãozão fudido?!

Eduardo Alvim
Seu prejuízo já é de quanto? Teve que realizar?
ochateador
CEF = só servir para financiamento imobiliário. E para colocar " conta essencial do banco central do brasil " (desse modo me livro de qualquer tarifa na conta) e remover todo e qualquer serviço deles é um parto sem tamanho...
Tenente Figueiredo
O Itaú pra Android não tem biometria.
robsonc
Esse é o ponto questionável desse blablabla de blockchain privado... como pode ser uma "blockchain" se não é descentralizado? É só um banco de dados privado como qualquer outro, que pode ser revertido a bel-prazer do itaú. Colocar nome de "blockchain" é só propaganda, e os veículos de tecnologia e jornalismo caem igual patinhos. Isso tudo só faria sentido caso o itaú esteja usando uma blockchain já estabelecida, minerada (seja por PoW, PoS, etc) pra armazenar as informações de forma imutável, mas o artigo não da a entender nada disso.
avinicius
Nem todas as blockchain necessitam de mineração (Proof of Work).
Marco Pacheco
Mais de dois anos...
Marco Pacheco
O app do Itaú tem suporte a biometria já faz alguns anos... Sou correntista deles faz 20 anos e a única reclamação é o suporte internacional complicado. Por exemplo, precisei recadastrar o itoken em novo aparelho e para isso precisava receber o token para autorizar o procedimento via SMS, mas não enviam SMS para telefones estrangeiros. A solução foi o suporte me telefonar na França, confirmar os dados e liberar manualmente. Tbm me enviaram o chaveiro token por correios na França. A tecnologia do Itaú é bem implementada no app e nada tenho a reclamar disso.
Tenente Figueiredo
Sorte.
Tenente Figueiredo
Só tem pra iOS. Pra android não tem.
Belo Horizontino
o dono desse tecnobosta foi um doente mental inferior q falou "nossa, tem gente q acredita no bitcoin" quando ele valia menos de 3 mil usd. São inferiores, devem entrar pra história como deboche. Igual aquele cara na newsweek q falou que web não ia ser o nirvana.
Belo Horizontino
vcs são inferiores. Estão abaixo do ser humando médio https://twitter.com/eddieoz/status/962013196205809664?ref_src=twcamp%5Eshare%7Ctwsrc%5Eios%7Ctwgr%5Enet.whatsapp.WhatsApp.ShareExtension%7Ctwcon%5E7100%7Ctwterm%5E0
CtbaBr©
Verdade, todo banco tem seus prós e contras, no geral visam mais o lucro que qualquer outra coisa, não dá pra dizer que algum deles seja bom!
CtbaBr©
Atualmente sou cliente do Itau e do Santander, no geral considero os serviços do Itau mais ágeis e baratos que os do Santander! Ruim do Itau sempre foi usar os caixas eletrônicos das agencias em horário comercial, por ser preciso passar pela maldita porta giratória, no Santander isso é mais fácil! Mas agora com o App deles, faço quase tudo pelo celular, não tenho mais queixas!
Exibir mais comentários