Por que as fabricantes em geral evitam colocar baterias grandes nos smartphones? Pode ser receio de lidar com problemas de explosão; ou pelo simples fato de que aparelhos finos e leves vendem mais.

Felizmente, existem algumas exceções a essa regra: é o caso do Energizer Power Max P16K Pro, que traz bateria de absurdos 16.000 mAh.

Isso mesmo: ele tem mais de cinco vezes a capacidade da bateria do Samsung Galaxy S9 (3.000 mAh) ou iPhone X (2.716 mAh). Ela dura até cinco dias de uso, ou 40 dias em standby.

Claro, isso significa que o aparelho é grosso e pesado. A empresa não revela as dimensões exatas, mas ele tem espessura de aproximadamente 15 mm — o dobro do iPhone — e cerca de 300 g. Segundo o GSMArena, não é difícil segurá-lo na mão graças às bordas angulosas.

A tela Full-HD de 5,99 polegadas tem proporção 18:9. Por dentro, há um processador MediaTek Helio P23 (octa-core de 2,5 GHz) e 6 GB de RAM. O armazenamento interno de 128 GB pode ser expandido via microSD.

A câmera traseira é dupla, com sensores de 13 megapixels de 5 MP; abaixo dela, fica o leitor de digitais. A câmera frontal também é dupla, com sensores de 16 MP e 13 MP.

De acordo com o Mashable, a traseira é de plástico — o metal deixaria o aparelho ainda mais pesado — e imita a aparência de vidro, juntando marcas de dedos facilmente. Ele tem porta USB Type-C, mas a Energizer não diz quanto tempo a bateria leva para ser carregada.

O P16K Pro será lançado em setembro por cerca de US$ 500, rodando Android 8.0 Oreo. Ele é fabricado pela francesa Avenir Telecom, que licencia a marca Energizer para smartphones.

Com informações: Mashable, GSMArena.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Cloud Strifes Hunter

Kkkkkkkkkkkkkk

Trovalds

FATO. E caro, diga-se de passagem.

Trovalds

Enquanto o Android não abandonar o kernel linux nunca vai se vencer a guerra da autonomia. A não ser que finalmente descubram uma tecnologia que substitua os íons de lítio, porque aperfeiçoar não tem mais como.

Guaip

Pois é, a questão é que parece que esses celulares com bateria gigantes são feitos para durar na força bruta mesmo, não parecem ter a otimização dos demais. Lembro de uma avaliação que li entre o Zenfone 3 Max (4000+mAh) e um outro com menos de 3000 mAh e eles acabavam tendo uma duração parecida.

De qualquer forma, tu está certo: o importante é o cara ter a confiança de ter bateria do momento que acorda até a hora de dormir, mesmo com uso intenso.

Jose Angelo

Quatro seres usando um desse cada dentro do oooohhhh!!!!!Argo da Fiat(tenho um infelizmente)......no primeiro quebra-mola, o carro fica!!!!!!!

AIJ

Sou um feliz proprietário de um A9 com 5000 mAh. Se é proporcional eu não sei... mas como é bom uma bateria que vc sabe que dura o dia inteiro, mesmo quando vc passa o dia esperando algo enquanto joga Real Racing 3.

Felipe Liʍa

Qualquer smartphone de 4/5 mil mAh passa de 10h facil!

Renan Alves

não vejo necessidade para uma bateria dessas, uma de no minimo 4 ou 6 mil ja tava bom, ninguem vai gastar 16000, e mesmo que gaste um carregador portátil seria mais indicado

Max Giudice

Supremo !!!

WALTER CARNEIRO

Os meus Galaxy A9 e J7pro têm 5.000 mAh e 3.600 mAh. Não consigo entender porque os super da SAMSUNG não passam de 3.500 mAh.

Cristina Nascimento

Claro q o aparelho não tem bolso, quem tem q ter é o usuário.

@Sckillfer

A Motorola fez... Mas se ligou que o único snap útil é o de bateria, então colocou uma bateria de iPhone pra forçar a compra do maldito snap.

Rmavalli

Melhor 300g pra 16Ah do que usar aquelas capas com bateria para iPhone. Um iphone 6 tem 129g+100g do case, 229g e só tem 3Ah, talvez 4Ah. Não vejo o melhor problema um smart com 300g, ainda mais se ficar 5 dias longe da tomada.

Desculpe qualquer erro, o disqus fica todo bugado no celular, não sei pq

Roberto

Tá ai... a Tesla deveria fazer um celular :)

Roberto

a placa e os sensores continuam do tamanho normal, logo, o expaço extra é exclusivo para a bateria...

Exibir mais comentários