Início » Internet » YouTube permitirá que anúncios curtos sejam pulados

YouTube permitirá que anúncios curtos sejam pulados

Victor Hugo Silva Por
1 ano e meio atrás

Cerca de dois anos atrás, o YouTube liberou um novo formato de anúncio. Batizado de Bumper, o modelo permitiu que anunciantes pagassem para exibir chamadas de seis segundos no início dos vídeos.

Diferente dos anúncios mais longos, esses tinham uma espécie de bloqueio e não podiam ser pulados antes de terminar. No entanto, o YouTube revelou nesta segunda-feira (2) que a partir de agora até mesmo os anúncios curtos poderão ser pulados.

O novo formato foi chamado de TrueView for Reach e permitirá que os usuários pulem esses vídeos depois de cinco segundos. De acordo com o TechCrunch, a tendência é que os anunciantes criem campanhas com duração um pouco maior, mas abaixo do padrão de 30 segundos do formato conhecido como TrueView.

Mais tradicional, o TrueView só cobra dos anunciantes quando os usuários assistem a pelo menos 30 segundos (ou ao vídeo completo, se ele for maior) ou realizam uma ação como clicar para ir ao site da empresa. Em comunicado, o YouTube afirma o TrueView for Reach ajuda a aumentar a notoriedade de uma marca junto aos usuários.

Durante os testes, 90% das campanhas ficaram mais na memória das pessoas do que os formatos atuais, indicando que o TrueView for Reach pode realmente ajudar os anunciantes. O modelo se junta ao recém-lançado TrueView for Action, que estimula os usuários a realizarem ações durante a exibição do anúncio.

Mais sobre: