Início » Negócios » Spotify chega a 75 milhões de assinantes no plano Premium

Spotify chega a 75 milhões de assinantes no plano Premium

Emerson Alecrim Por
1 ano e meio atrás

O Spotify divulgou seu primeiro relatório financeiro desde que se tornou uma empresa com ações na bolsa. Os números mostram que o serviço ainda não dá lucro, mas vem controlando o prejuízo. Em parte, isso se deve ao aumento do número de usuários da modalidade Premium: se você é um, saiba que faz parte de um universo de 75 milhões de pessoas.

No total, o Spotify registrou 170 milhões de usuários ativos por mês no mundo todo. Os números dizem respeito ao primeiro trimestre de 2018 e mostram um crescimento considerável em relação ao final de 2017, quando o serviço registrava 157 milhões de usuários. Destes, 71 milhões eram pagantes.

Novo Spotify

A receita nos três primeiros meses de 2018 foi de € 1,14 bilhão (US$ 1,37 bilhão, aproximadamente). Houve prejuízo líquido de € 169 milhões. É um número elevado, mas ao menos é inferior aos € 173 milhões de perdas registrados no mesmo período do ano passado.

Provavelmente, os números do atual e dos próximos trimestres é que mais interessarão aos investidores. No início de abril, o Spotify fez uma boa estreia na Bolsa de Nova York e vem arrumando a casa para se manter como um negócio atrativo. As medidas incluem "caça" aos apps ilegais que removem anúncios das contas gratuitas e parcerias como a que foi fechada com a plataforma de vídeos Hulu.

Mas a maior aposta do Spotify está no serviço gratuito: a companhia decidiu recentemente melhorar a modalidade para atrair mais usuários e, consequentemente, converter parte deles em pagantes. O novo Spotify gratuito traz listas personalizadas, modo de economia de dados e interface renovada.

Novo Spotify gratuito

Novo Spotify gratuito

É claro que o plano é o de continuar crescendo. A companhia espera fechar 2018 com algo entre 198 milhões e 208 milhões de usuários ativos, com 92 milhões a 96 milhões deles correspondendo a assinantes do plano Premium.

Vai ser qualquer coisa, menos fácil. O Spotify vem experimentando um ritmo consistente de crescimento, mas a concorrência também: o Apple Music, por exemplo, já acumula 40 milhões de usuários pagantes (não há opção gratuita por lá) contra 27 milhões que o serviço registrava em junho de 2017.

Com informações: The Verge.

Mais sobre: