Início » Aplicativos e Software » Como recuperar arquivos deletados do PC

Como recuperar arquivos deletados do PC

Alguns softwares gratuitos como FreeUndelete, DiskDigger e o famoso Recuva podem ajudar a recuperar arquivos deletados, corrompidos e danificados

Por
1 ano atrás

É possível recuperar arquivos deletados do PC usando programas de recuperação de dados. Boa parte dessas soluções são pagas, mas você pode contar com alguns softwares gratuitos como FreeUndelete, Disk Drill, DiskDigger e o famoso Recuva. Antes disso, porém, cheque a “Lixeira”, backups e “arquivos anteriores” do Windows.

Arquivos / Pixabay

Deletar ou formatar?!

Além das dicas, vale uma pequena explicação sobre porque é possível recuperar arquivos deletados. Há uma diferença entre deletar e formatar e isso explica tudo.

Deletar: você está apenas dizendo para o sistema que ele pode usar aquele espaço para outras coisas. O arquivo “some”, mas enquanto você não salvar nada naquele espaço, ainda será possível restaurá-la usando algum programa de recuperação.

Formatar: o processo de formatação é outro. Quando você dá esse comando ao PC, ele apaga completamente todos os vestígios de tudo o que já foi salvo ali sem recuperação.

Se você formatou o seu computador, meus pêsames, pode parar por aqui. Mas se você usou o comando deletar, siga as dicas abaixo para recuperar. Beleza? Vamos lá.

Para ter certeza de que a recuperação vai correr bem, siga as dicas abaixo.

  1. Não baixe, salve ou grave nenhum arquivo novo onde o arquivo deletado estava armazenado (ou seja, o seu disco rígido). Fazer isso, pode fazer com que o arquivo substitua o arquivo antigo. Isso inclui baixar novos programas no computador.
  2. É comum que o usuário de uma unidade C:\ precise também recuperar dados dessa mesma unidade. Nesse caso, uma boa solução é usar uma unidade flash USB (pendrive) com FreeUndelete portable (baixe o executável em outro PC).

Como recuperar arquivos deletados da lixeira do Windows

Antes, porém, vale dar uma checada na “Lixeira” do seu Windows. Se você não acionou a opção “esvaziar lixeira”, os seus arquivos podem ainda estar lá. A questão é que a “Lixeira” possui uma capacidade (em megabytes) definida pelo Windows que corresponde a uma parte do disco rígido. Quando ela fica cheia, começa a eliminar arquivos de forma automática, começando pelos mais antigos. Fique atento à isso.

Deste modo, se a sua “Lixeira” não estiver lotada, provavelmente encontrará seu arquivo lá. Para recuperar, basta clicar sobre o arquivo e selecione a opção “restaurar” em cada um deles ou resgatar todos os arquivos na opção “restaurar todos os elementos” da Lixeira. Os arquivos voltarão às pastas que estavam antes.

E mesmo quando você apaga um arquivo no Windows e esvazia a lixeira, esse arquivo pode permanecer no seu disco rígido (HD, pendrive ou cartão de memória) porque o sistema operacional remove apenas a referência ao arquivo e libera a área do disco em que ele estava para seja usada em uma nova gravação de dados. Enquanto o espaço, agora livre, não for sobrescrito, existe a chance de recuperar os seus arquivos.

Backup do Windows e versões anteriores

Se você não quiser instalar nada na sua máquina, pode restaurar um arquivo a partir de um backup do Windows ou pode tentar restaurá-lo de uma versão anterior do mesmo arquivo. Essas versões anteriores são cópias de arquivos e de pastas que o sistema operacional salva como parte de um ponto de restauração (são cópias de sombra).

Restaurando arquivos a partir de um backup

No Windows, você vai precisar acessar “Backup e Restauração”.

  1. Clique no botão “Iniciar”;
  2. Clique em “Painel de Controle”;
  3. Escolha “Sistema e Manutenção”;
  4. Depois “Backup e Restauração”;
  5. Clique em “Restaurar meus arquivos” e siga as etapas do assistente.

Restaurando a partir de versões anteriores (pastas e arquivos)

Ao fazer isso, verá uma lista das versões anteriores disponíveis do arquivo ou da pasta. A lista incluirá os arquivos salvos em um backup (se você está usando o Backup do Windows para fazer backup de arquivos) e pontos de restauração, se estiverem ativos.

  1. Clique no botão “Iniciar” e clique em “Computador”;
  2. Navegue até a pasta que continha o arquivo ou a pasta;
  3. Clique com botão direito do mouse e escolha “Restaurar versões anteriores”;
  4. Se a pasta estava dentro de uma unidade (C:\), clique com botão direito do mouse na unidade e clique em “Restaurar versões anteriores” (a pasta voltará à unidade).

Se o arquivo tem algumas versões anteriores…

Você pode clicar duas vezes em uma versão anterior da pasta que contém o arquivo ou pasta que você quer restaurar. Se um arquivo foi excluído hoje, pode escolher uma versão da pasta de ontem. Arraste esse arquivo mais antigo que você quer restaurar para outro local na sua máquina, como a sua área de trabalho ou uma outra pasta.

Antes de restaurar uma versão anterior (sobrescrevendo a atual) ou copiá-la, escolha a versão e clique em “Abrir” para analisar e confirmar se é a versão que você quer.

Se o botão Restaurar estiver indisponível, não será possível restaurar a versão anterior do arquivo no local original. Talvez você possa fazer em um local diferente.

Programas para recuperar arquivos deletados

Se nada disso deu certo, você pode tentar algumas opções de programas para recuperar arquivos deletados do computador. Selecionamos 5 e suas particularidades.

Recuva

O Recuva é da mesma família que o CCleaner, da Piriform. Pode recuperar fotos, músicas, documentos, vídeos, e-mails ou qualquer outro arquivo que você tenha perdido em cartões de memória, discos rígidos externos e pen drives. Também afirma que pode recuperar arquivos corrompidos, de unidades danificadas ou recém-formatadas.

Tem modo de varredura profunda e oferece o recurso de excluir arquivos com segurança, com sobrescrição segura que usa técnicas de exclusão de padrão industrial e militar para garantir que os arquivos sejam apagados e não recuperados nem pelo Recuva. Tem versão Pro e Free. A recuperação avançada está disponível no download grátis. Na versão pro (paga) há suporte, disco rígido virtual e atualizações automáticas.

Sistemas operacionais suportados:
Windows 8, Windows 7, Windows 2008 Server, Windows Vista, XP, Windows 2003 Server.

DiskDigger

O DiskDigger pode recuperar arquivos excluídos da maioria dos dispositivos de armazenamento: discos rígidos, unidades flash USB, cartões de memória, CDs, DVDs e disquetes. O software só não pode recuperar dados de celular Android ou iOS (iPhoneS) conectados ao seu PC. Para isso é preciso usar o aplicativo DiskDigger (só para Android). Em caso do aparelho um cartão microSD, remova o cartão e conecte-o diretamente ao seu PC usando um leitor, e recupere usando o DiskDigger no Windows.

O DiskDigger tem dois modos de operação: “cavar fundo” (dig deep) e “cavar mais fundo” (dig depper). Você pode ver qual é a diferença dos dois modos aqui.

Sistemas operacionais suportados:
Windows 10, Windows 8, Windows 7, Windows Vista, Windows XP e Linux.

Disk Drill

O Disk Drill recupera arquivos perdidos em computadores Windows e também macOS. É compatível com mais de 200 tipos de arquivos e com vários métodos de recuperação. Também é capaz de recuperar conteúdo de celulares com iOS (iPhone) e Android se conectados ao computador. Oferece recuperação de dados grátis até o limite de 500MB. Após isso, oferece também a versão Pro, com uma série de recursos adicionais.

Sistemas operacionais suportados:
Windows 7, 8 ou 10 (XP e Vista incluído) e MacOS X e macOS.

MiniTool Power Data Recovery

O MiniTool Power Data Recovery recupera dados de HDs, SSD, unidades flash USB e cartões de memória, incluindo partições perdida, excluída ou danificadas (por danos físicos, ataques de vídeos, crash de sistemas e outros problemas com dados), segundo o desenvolvedor. Também recuperar dados do CD/DVD. Mas, tem versão grátis e pro.

Sistemas operacionais suportados:
Windows XP, 7, 8, 10 e Windows Server e MacOS.

FreeUndelete

O FreeUndelete recupera arquivos excluídos, incluindo aqueles que já foram removidos da Lixeira. É útil em caso de remoção acidental de arquivos em NTFS (1.0 e 2.0) (padrão para Windows Vista, XP, 2000 e NT), sistemas de arquivos FAT32, FAT16 e FAT12. Arquivos recuperados pelo FreeUndelete são salvos em local escolhido pelo usuário.

Sistemas operacionais suportados:
Windows XP, 2000, NT 4, Windows 7, Windows 2003 Server, Windows 2008 Server.

 

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.