Início » Software » 91% dos maiores supercomputadores do mundo rodam Linux

91% dos maiores supercomputadores do mundo rodam Linux

Por
8 anos e meio atrás

A lista dos 500 maiores supercomputadores, publicada a cada dois anos, traz uma surpresa interessante: no mercado de computadores capazes de rodar Crysis, o Linux domina quase que totalmente como sistema operacional das máquinas. Inclusive, os primeiros da lista, justamente os mais velozes e com maior quantidade de processadores, rodam o Linux (imagina o que não dá pra fazer com o Cray XT e seus mais de 224 MIL núcleos de processamento).

Toda a porção mais clara são máquinas rodando Linux.

Alguns até rodam Crysis na qualidade e resolução máximas...

O motivo é simples: sistemas Linux são mais escaláveis, estáveis e possuem uma licença de uso que torna possível o uso sem custos astronômicos e uma estrutura que permite realizar todas as alterações necessárias no Kernel para que as máquinas rodem sem problemas. Isso mostra o poder do Linux para servidores e computadores específicos; só falta termos uma notícia como essa para Linux sendo usado em desktops. 🙂

Um gráfico interativo dos computadores pode ser visto na página da BBC, onde é possível listar os equipamentos de outras formas, além do sistema operacional: por velocidade, por tipo de uso, por país em que o supercomputador se encontra, pelo tipo de processador, e pelo fabricante.

Mais sobre: