Início » Computador Mobile Web » Apple coloca no ar página de demonstração do HTML5

Apple coloca no ar página de demonstração do HTML5

Por
7 anos atrás
Já conhece a nova extensão do Tecnoblog? Baixe Agora

Nesta sexta-feira a Apple publicou uma página de demonstração das capacidades do HTML5 em diversas aplicações na web. Há sete categorias através das quais a empresa mostra o poder do HTML5: vídeo, tipografia, galeria de imagens, transições, áudio, visão em 360º e realidade virtual.

Cada uma das categorias mostra uma demonstração do que se pode fazer hoje utilizando apenas HTML5, CSS3 e JavaScript. Além disso, um link é disponibilizado para que webdesigners possam ver como aquelas demonstrações foram criadas e possam se aproveitar dos recursos em seus próprios sites.

Nem todos navegadores já são compatíveis com esses padrões mais atuais. Por isso as demonstrações — ao menos oficialmente — só funcionam no Safari, quer seja a versão para Mac, Windows, iPhone, iPod Touch ou iPad.

A página que lista as demos tem ao fim um link para uma extensa lista de sites “prontos para o iPad” — aqueles que não usam Flash e têm todos seus vídeos convertidos para HMTL5/H.264 — e um link para a polêmica carta aberta de Steve Jobs, “Pensamentos sobre Flash”. Para completar a alfinetada na Adobe, a Apple ainda diz que “padrões [HTML5, CSS3 e JavaScript] não são adições à web. Eles são a web.”

Na demonstração de tipografia, além dos exemplos prontos, é possível formatar o seu próprio texto em tempo real através de uma interface criada apenas com HTML5, CSS3 e JavaScript.

  • Ironia das ironias: um showcase de HTML5 que respeita os standards, mas… requer o Safari para os ver.

    • Pensei a mesma coisa quando fui abrir no firefox e vi a msg! Agora, na carta dele o Steve Jobs deu uma porrada gostosa na Adobe… Como diria um grande compositor: “a jeripoca vai piar…”rsrsrs

      • Sei lá. Não vi nada demais naquela carta. Na verdade, vi uma sim: Ele (Jobs) com medo de perder a posição de controle sobre iPods touch/iPhones/iPads, já que com Flash, posso rodar quase que toda a web de forma simples, sem precisar de AppStore ou aprovação da Apple.

    • É que a implementação de HTML5 do Firefox ainda é limitada em comparação com Safari e Chrome.

      • Mas podiam dar uma chance de ver a página ao resto dos utilizadores, como eu, que utilizam o Chrome.

    • HAuhauahua ironia pouca é bobagem

  • “padrões [HTML5, CSS3 e JavaScript] não são adições à web. Eles são a web.”
    Mal aí, Apple, mas tua birrinha com o Flash já tá mais que ridícula.

    Aliás, falando da apresentação do HTML5; Qualquer browser que use a WebKit (Chrome, Safari, Arora, IE utilizando o Chrome Frame, dentre outros) é pra rodar… Que forma feia de empurrar o Safari pra cima dos usuários, não?

    • Gilberto Lúcio

      Fato! Muito bem colocado… Pra mim, Browser bom e Browser que roda tudo independente de birrinhas…

  • A Apple parece que sempre acerta de um lado e erra do outro… promover o HTML5 é legal, mostra que “não precisamos de Flash” (sic), mas forçar a visualização apenas via Safari dá a antender que só o browser da Apple dá conta, ou seja, é um padrão web ou é um padrão Apple? Pra mostrar que é um padrão web libera acesso ao Chrome no mínimo, e possivelmente versões novas de Firefox e Opera tbm.

  • Kadu Nogueira

    Instalar o Safari? Não, obrigado.

    • Também uso o Firefox, e adoro ele. Agora, quando comprei o mac veio o safari e cheguei a dar uma sacada. Continuo usando o firefox por conta dos plugins que já usava no pc, mas se não fosse por isso usaria o safari numa boa. É um excelente browser.

      • Eu uso Chrome no meu mac, no momento estou no Firefox pois estou trabalhando e uso as extensões do mesmo para trabalhar.

    • Eu instalei o Chrome no meu MacBook. Não preciso dizer mais nada.

      • Também sou muito fã do software open-source, outro motivo pelo qual uso o firefox. Só quis colocar que achei o safari bem bacana também.

        • Software open-source é mal programado, é remendado. Prefiro código fechado: ambos podem ser grátis (livres) no sentido mais puro da palavra.

          Até agora não vi algo open-source que rodasse bem, que fosse realmente rápido (não estou falando de renderizadores de navegadores, mas sim da relação mais primitiva de interface-software (código)-sistema operacional)

          • Mas que barbaridade que saiu daí (não querendo ofender, claro).

            Open-source não é mal programado. Veja-se o exemplo do Linux em si. As melhores empresas trabalham todas para estes sistemas operativos. A própria Google faz patches de correcção para o Ubuntu, por exemplo.

            O Chromium, base do Chrome, é open-source e funciona perfeitamente, sendo talvez o melhor browser da actualidade. O segundo melhor browser, na minha opinião, também é open-source: Mozilla Firefox.

          • Que tal o blender3D?

  • Gabriel Castro

    Parabéns Apple, vai conseguir mais 0,01% de share nos browsers por 1 mês forçando as pessoas a instalarem o Safari.

  • Aliás, essa Apple tá bem esperta, não? No site dos testes, é bloqueado apenas pro Safari, mas entrando em http://developer.apple.com/safaridemos/ você vai conseguir o mesmo.

    Lamentável atitude.

  • Ué, eles falam de Web Standards e fazem algo que só funciona em um navegador?

    Essa é a maior contradição que já vi.

    Tomar naquele lugar tio Jobs.

    • A questão é que nem todos navegadores implementaram ainda o que eles utilizam, mas nada ali foge dos padrões da web.

      Pode testar no Chrome que funciona também, apenas em navegadores mais atualizados.

      Querer testar em IE6 por exemplo vai dar erro, outros navegadores não tão antigos, mas que não estão ainda com HTML5 e CSS3 bem implementados não vão conseguir ver os exemplos, como Firefox.

      • No Opera deveria funcionar, afinal é o único que implemente todas as especificações que já foram liberadas do CSS3 e do HTML5.

        PS: O Webkit tem especificações que não estão no Opera, porém elas ainda não foram “finalizadas” pelo W3C.

  • Breno Brito

    Não é o HTML5 que é limitado nos outros navegadores. É a demo que é restrita apenas ao Safari, Jobs tá ficando cada dia mais safadênho

  • Pois é, eu tava até pensando em ir pra lá com meu super IE.

    • Kadu

      Internet Explorer 4? HAHAHAHAHAHA

  • Fantástico o HTML5, eu vi em uma demostração de um Vídeo da Honda na página do VIMEO que um palestrante do 15° EDTED apresentou.
    Mas essas demonstrações estarem somente no Safari é complicado..
    O bobo que quer ver tem que instalar o safari.
    O pior que instalei só para ver mais do HTML5
    Fazer o que, sou amante da tecnologia

  • Kadu

    Tentei acessar do meu Chrome (compatível com HTML5) e não abriu.
    É a Apple querendo pescar novos usuários pro Safari. Ai, ai…

    • Acho que no. Quem iria mudar de navegador s para testar um negocio desse?. Seria meio insano.

  • Aliás, vale a leitura desse comentário do “Nom4d3”, no post do MacMagazine sobre o assunto:

    “Lamentável essa suite de testes. Chamado engana trouxa e digo o pq:

    Eles fazem browser sniffing para nao testar em outros navegadores, pois não utilizam CSS3 padrão e sim comandos proprietarios da Apple (com sufixo -webkit-) que não sao padroes em outros navegadores e nem com a W3C. Um exemplo é o lance de bordas arredondadas. Eles estão usando o -webkit-border-radius. Isso não funciona em outros navegadores pois é padrão da Apple. Estao usando codec H.264 para video, o que ainda não é padrao HTML5 e se deus quiser não será.

    Apple está fazendo o mesmo que a MS está fazendo com os previews do IE9. MS diz que seu navegador é o mais padronizado. Mas analisando corretamente ela só mostra os testes q o navegador dela passa o que corresponde a nem 30% do que deveria ser testado. Eles comparam outros navegadores com versoes antigas, como o Opera 10 (hj estamos na 10.60 alpha) e o Chrome 4 (estamos na 6 beta).

    Apple quer tanto uma web aberta, mas só está usando tecnologia fechada.”

    • Esse comentário foi copiado em parte de um post do blog do Haavard(membro da equipe do Opera).

      Leia e veja semelhanças: http://my.opera.com/haavard/blog/2010/06/04/apple-html5

      Vale notar que esse demo de HTML5 não tem nada de HTML5, já que só usa e do HTML5.

      • Aliás. Outra coisa em que o cara errou; -webkit não é proprietário da Apple, é usado por qualquer browser com WebKit.

  • LADAINHA

    Isso não passa de uma ilusão, tudo feito nesta página é possível no HTML4 também, apenar utilizaram algumas tags HTML5, o resto continua sendo scriptaculous e prototype, podem olhar os código-fonte de cada exemplo e verão que é apenas uma ilusão para dizer que o html5 faz o que o flash faz… mas não faz… no mais eu fui experimentar o último exemplo (vr), no pc, com a última versão do safari, e apareceu uma mensagem dizendo que só consigo visualizar o exemplo no safari do mac OSX, ou no iphone…

    No mais a carta que jobs escreveu, 99% é ladainha, besteirol… as duas maiores besteiras que ele falou foram “Flash foi desenvolvido exclusivamente para dispositivos com mouse” e “Flash não suporta multitoque”, procurem no site gotoandlearn.com e verão que o flash tem suporte NATIVO ao toque na tela e ao multitoque…

    • Concordo, aquilo ali não é um demo de HTML5 e sim um demo de JavaScript.

  • Ironia, não preciso de flash, MÃS, sou obrigado a fazer o download do Safari. Fico com o Flash e Firefox.

  • Apple querendo tirar uma com a Adobe e comete o FAIL de poder visualzar somente no Safari.

  • Pingback: Apple coloca no ar página de demonstração do HTML5 :: Tutoriais CTDO - Sua Base de Tutoriais Online()