Início » Computador » iPad Pro bate com folga MacBook, Surface e Dell XPS com Core i7 em aplicações reais

iPad Pro bate com folga MacBook, Surface e Dell XPS com Core i7 em aplicações reais

Apple A12X Bionic demora um quarto do tempo para renderizar um vídeo em 4K que um Core i7

Paulo Higa Por

O processador A12X Bionic do novo iPad Pro se deu bem nos benchmarks sintéticos, apresentando um desempenho bem próximo do Core i7 que equipa o MacBook Pro de 15 polegadas. E em aplicações reais? Será que ele cumpre a promessa de marketing da Apple de ser mais rápido que 92% dos PCs portáteis vendidos no último ano? Parece que sim.

iPad Pro

O LaptopMag rodou testes com dois softwares multiplataforma para comparar o desempenho entre o iPad Pro de 12,9 polegadas e os principais laptops (e híbridos) premium do mercado: um MacBook Pro de 13 polegadas, um Dell XPS 13 com Core i7 e um Microsoft Surface Pro 6 com Core i5. Tanto em edição de imagem quanto em renderização de vídeo, o tablet da Apple bateu com folga seus concorrentes.

A12X Bionic bate Core i7 em edição de imagem e vídeo

O iPad Pro levou 59 segundos para converter 50 arquivos de imagem em RAW para JPEG no Adobe Lightroom, menos da metade do tempo do Dell XPS 13, que demorou 2min01s para executar a mesma tarefa. Outros notebooks chegaram perto, mas não tanto: o Surface Pro 6 ficou em segundo lugar (1min35s), encostado no MacBook Pro (1min36s).

iPad Pro - Lightroom

A maior vantagem foi em renderização de vídeo: o tablet da Apple converteu um arquivo de 12 minutos em 4K para Full HD no Adobe Rush em apenas 7min47s. Isso é mais que o triplo de velocidade do segundo colocado, o MacBook Pro, com 25min53s. E o Core i7 do Dell XPS 13 foi quatro vezes mais lento, demorando 31min03s para processar os frames.

iPad Pro - Rush

O veículo chegou a considerar um comparativo com o Galaxy Book 2, com o novo processador Snapdragon 850, mas o tablet da Samsung “não está no mesmo universo”. Ele ficou muito atrás logo no benchmark sintético: enquanto os oito núcleos do Apple A12X Bionic atingiram 17.995 pontos no Geekbench 4, o chip da Qualcomm ficou estacionado em humildes 3.945 pontos.

iPad Pro - Geekbench

Os resultados do A12X Bionic são no mínimo interessantes para um chip que equipa um dispositivo de 5,9 mm sem resfriamento ativo, diferente dos processadores da Intel do Dell XPS 13 ou do MacBook Pro de 13 polegadas, que precisam de uma ventoinha.

E os modelos equipados com processadores ARM também se mostraram superiores aos x86 em eficiência energética: no teste de bateria, o iPad Pro aguentou 13h14min de navegação contínua na web, por Wi-Fi, com o brilho da tela calibrado a 150 nits. O Galaxy Book 2 não fez feio, com 10h41min, enquanto o Dell XPS 13 com Core i7 ficou com 8h53min.

iPad Pro - Bateria

E o MacBook com chip da Apple, quando chega?

Rumores apontam que a Apple deve lançar MacBooks sem componentes da Intel em 2020, e a empresa já estaria trabalhando no projeto Kalamata, para adaptar o macOS para a arquitetura ARM. Com isso, a Apple não precisaria mais depender do cronograma de lançamentos da Intel e teria margens de lucro maiores. Pelos testes, o A12X Bionic mostra que poder de fogo não será um problema nessa nova fase.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jadir Gomes da Silva

me segurei! mas não aguentei. Tive que vir aqui comentar. Turma quem compara GPU x CPU ? a resposta esta no artigo kkkk. Se você ativar a renderização da GPU nestes aplicativos você consegue com um core I3 bater core i7. Core i3 com GPU dedicada vai bater Core i7 sem GPU dedicada kkkkk. Temos Notebook com Nvidia Quadro P5200 16GB memória dedicada e 2560 cores cuda. A ideia do teste foi comparar chips, mas não tem como pois no AMR a melhor GPU possível está integrada, alguns nucleos são á GPU. Em PCS ou melhor X86 apesar de existir nucleo GPU em CPU modelos AMD e INTEL os core GPU são de entrada, entregam em alguns casos como nos novos processadores AMD uma jogabilidade mas estão muito longe das atuais GPU. Hoje mesmo temos notebooks gamer com boas GPUS mas mesmo assim não possui a mesma performance da GPU desktop comparando o mesmo modelo sempre o modelo DESKTOP tem 20% a 30% de performance. Mas vamos focar no teste kkk PIADA. um Dell XPS 13 só possui CPU intel I7e custa R$11.000,00 esta na linha dos ultrafinos mas na mesma DELL você compra um DELL G7 15

Processador Intel® Core™ i7 - 8ª geração
Windows 10 Home
Placa de vídeo dedicada NVIDIA® GeForce® GTX 1060
Tela LED Full HD IPS de 15,6" (1920x1080)
HD de 1TB + SSD de 256GB
Memória de 16GB
ISSO BATE O IPAD KKKK E OLHA QUE É MAIS BARATO QUE O ULTRA FINO KKKK TESTE PIADA . ESSE TECNOBLOG JÁ FOI MELHOR HOJE VALE ATE FINGIR NÃO SABER A DIFERENÇA DE GPU E CPU PARA PROMOVER UMA ESCOLHA DELES

Grace Johnson

Hey I wanna ċhαt with you😏
https://google.com/#btnI=ru...
My id @272233

Jedielson Almeida

e um arquivo no Photoshop de 12.000 x 12.000 com mais de 50 camadas e pesando quase 4GB, que tal?

leoleonardo85

Mas roda Crysis?

Maicon Bruisma

SO sempre vai ser variante quando em um o aplicativo é otimizado e no outro não.

André Dias

Eu parei de ler no “você é retardado?”.

Estou trocando ideias e não fui grosseiro com ninguém aqui.

Toda violência e agressividade é resultado de uma pessoa tão perturbada internamente que não suporta ouvir o contraditório e precisa agir de forma agressiva como uma criança que perde um jogo.

Victor Serrão

Na verdade meu comentário foi mais no sentido das limitações de software. Isso também é importante quando tenta se vender a ideia de que o iPad Pro pode substituir o laptop com Windows no ambiente de trabalho.

Bruno Lopes

Vc e retardado??? A Apple otimizou o Ipad para rodar 2 ou 3 aplicacoes e vc chama isso de tecnologia avançada? Quem iria no seu perfeito juizo comprar um PC q so roda 3 aplicaçoes como deve ser?? O PC e feito para rodar td o q vc quiser ate um certo ponto tendo em conta os seus componentes. O Ipad so roda essas mesmo ao nivel do PC e mais nenhumas. Se a unica coisa q vc vai fazer no seu ipad é usar essas aplicacoes força mas o IPad continua sendo infinitivamente menos versartil.

Alem disso o titulo e mt enganador fazendo parecer o que o CPU da apple e meljor qnd na verdade td o que eles analisaram pede mt maisas msm muito mais pelo GPU. Q vergonha de blog.

Alem do mais o Ipad continua nao tendo como gerenciar os seus ficheiros é horrivel.
Nao ha comparaçao possivel. O iPad é ainda muito limitado e nao sao benchmarks enganadores ou 2 pu 3 aplicaçoes q mudam isso.

Dario Coutinho

Ue. Mas a ideia é essa. Algo para medir valores absolutos retirando outras variaveis, como SO e etc.

Lucas Gasparotto 

Eu quem agradeço. Conversa produtiva e com retorno. No meu caso, espero um dia poder resumir minhas ferramentas num simples tablet.

Luizão

do jeito que ta indo a evolução dos ARMs, acho q o meu i7-8700 q montei no fim do ano passado, será meu ultimo desktop, ou pelo menos último desktop com x86, vamos ver daqui a 5/6 anos como estarão as coisas

Thiago

Exato, geekbench é uma métrica horrível para se comparar arquiteturas diferentes, o próprio Linus, criador do Linux, já afirmou isso. Aquela pontuação não reflete absolutamente nada.

Thiago

Hardware decoder, simplesmente isso.

Thiago

O SoC A12 da Apple tem decoder e encoder de HEVC e outras extensões relacionadas a multimídia, pois assim é possível usar um chip ARM de baixa energia e obter uma performance boa em aplicações de mídia, exata a função que estes tablets vão ser dedicados 90% das vezes. Isso torna esse benchmark simplesmente sem sentido, ao comparar um processador (software decoder) com um hardware decoder. A pontuação não reflete a performance fora de programas não relacionados a processamento de mídia.

Gaius Baltar

Eu diria que o seu trabalho é de nicho, Lucas. Para boa parte do mercado menos especializado é possível sim trabalhar com o iOS. Posso dar o exemplo da área de saúde, onde é possível até passar receitas com autenticação segura (antes era preciso smartcard ligado a um computador) pelo smartphone. Era a última coisa para a qual usávamos obrigatoriamente o Windows. De resto é possível acessar prontuários, exames, radiografias e fotos dos pacientes em qualquer dispositivo. A vantagem do iOS é a escala, a fiabilidade, a uniformidade é constante atualização.
Mas eu concordo contigo, não é um uso universal e ainda vai demorar tempo para que isso ocorra. Porém da mesma forma que certas tarefas são necessariamente feitas em um computador, o uso de destes é inviável em áreas onde a mobilidade e agilidade são imprescindíveis. Acredito que cada área tem suas necessidades específicas e eu não tenho a pretensão de dizer o que é melhor na sua área, mas posso dizer o que funciona muito bem na minha. Abraço e obrigado pela troca de ideias.

Exibir mais comentários