Início » Jogos » Nintendo aceita pagamento em boleto para jogos e Switch Online no Brasil

Nintendo aceita pagamento em boleto para jogos e Switch Online no Brasil

Nintendo libera boleto para compras em loja brasileira; é possível comprar jogos e serviço de assinatura Switch Online

Felipe Ventura Por

A Nintendo liberou o pagamento em boleto para sua loja no Brasil. Isso significa que você pode adquirir jogos como New Super Mario Bros. U Deluxe, Super Smash Bros. e Pokémon: Let’s Go sem precisar de cartão de crédito. A novidade também vale para o serviço de assinatura Switch Online. O console em si não foi lançado oficialmente no Brasil.

Na página de ajuda, a Loja Nintendo explica que aceita cartões de crédito da Visa, Mastercard, American Express e Elo, além do boleto bancário. Todas as compras são finais, ou seja, não há reembolso.

Mesmo que você já tenha uma Conta Nintendo, é necessário preencher um formulário com seu nome, endereço e CPF. O documento serve para registrar o boleto na Nova Plataforma de Cobrança, sistema centralizado que permite realizar o pagamento em qualquer banco.

O boleto pode ser pago em até 7 dias corridos. Feito isso, a Nintendo explica que "a maioria dos códigos de download são enviados no mesmo dia. Um período adicional de processamento de até 2 dias úteis pode ocorrer se o pagamento for feito em finais de semana ou feriados".

Você pode usar boleto para comprar qualquer um dos 37 títulos disponíveis para o Switch na loja brasileira. Além disso, é possível adquirir acesso ao Switch Online: você pode levar uma assinatura individual de 1 mês, 3 meses e 12 meses, ou o plano familiar de 12 meses. Os preços são os mesmos no boleto e no cartão.

O Switch Online é necessário para disputar partidas online em jogos como Splatoon 2, Mario Kart 8 Deluxe e Super Smash Bros. Além disso, o serviço cria uma cópia de segurança do seu progresso, e oferece acesso a títulos clássicos do NES.

Anúncio da novidade no Facebook:

Com informações: Nintendo Blast.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Irlan Erique

Nintendo nao vende jogo a 300 reais na loja oficial.

Marcos Soares Santos

Eu lembro claramente a vez que supostamente a Nintendo havia proibido revenda de Switch no Mercado Livre kkkk.

Keaton

Agora... vender o Switch oficialmente....

Malloy

Agora só falta parar de empurrar games a 300,00 na loja e repeitar o consumidor brasileiro voltando com as atividades aqui, né senhora Nintendo.

HIMEM.SYS

Exatamente... Mas para isso existe https://sx.xecuter.com

LuizF

Ela e uma gigante sim...não investe Aki pq não quer

johndoe1981

Concordo 100% com sua crítica. Não quer ter o trabalho de vender o console oficialmente aqui, mas não quer perder a boquinha de vender jogos por meio de sua loja virtual. Pra falar a verdade, acho que mesmo que ela estivesse oficialmente no País, ainda seria mais barato adquirir um Switch no mercado cinza.

Gertrudes, a Lhama

Tá, então é birra deles mesmo. Me convenceu.

John Smith

Sim, sim, claro que eu entendo do ponto de vista gerencial.

O que eu acho engraçado é a postura deles, como eu disse, e isso me parece desrespeitoso por ser basicamente um "ó, se vira aí pra importar ou arrumar um console ilegalmente porque não damos a mínima pro seu mercado, mas se você conseguir vem cá pagar valores exorbitantes pelos nossos jogos".

Gertrudes, a Lhama

Ivan, eu quis dizer que a montagem de toda a operação de fabricação (montagem) + distribuição + logística + legal pesa pra ela, pois ela atua unicamente nesse segmento, enquanto as outras já possuíam pelo menos alguns desses recursos devido aos outros ramos da empresa (principalmente a Sony).

O "simplesmente não ligar" soa como se tivessem alguma espécie de richa. A empresa quer dinheiro, ela vai onde acredita que vá conseguir um retorno bom sobre o investimento. A gente sabe que no Brasil isso é difícil. As razões que citei anteriormente foram apenas pra ilustrar a dificuldade.

Gertrudes, a Lhama

É, mas todos sabemos que o Brasil é um mercado bem difícil.... E precisaria de um investimento inicial alto. Ela não é uma gigante que nem Sony e Microsoft, por ser focada em apenas um mercado.

Pra nós é ruim, mas os caras fazem as análises e julgam que vale muito mais a pena investir em conquistar mercado nos outros países... Não dá pra criticar por investirem onde vale mais a pena. O Switch é um sucesso, mas o Wii U tinha sido um fracasso. Devem estar pensando em expandir para outros mercados agora, antes disso o foco provavelmente foi recuperar o mercado perdido nos países onde já atuavam.

Gertrudes, a Lhama

Sabem que muita gente compra de fora, ou pelo MercadoLivre/lojas que importam.
Disponibilizar a loja virtual no país é bem mais simples do que manejar toda a logística de importar e distribuir o console e jogos físicos no país. E como o mercado aqui pra ela não é muito grande, estão mantendo uma atuação discreta só pra tentar assegurar um mínimo de presença pra galera que já comprou.

Louis

E ter suporte local (atendimento), com vendas físicas de consoles e jogos.

Louis

Eu particularmente prefiro mídia física, por três motivos: O primeiro é que posso vender o jogo e recuperar uma parte do dinheiro; a segunda é que não ocupa espaço da memória interna do Switch (que é mínima); por fim, se tiver um problema com a conta, não passo o perrengue de perder tudo (usava uma conta CA no Wii U, e após um erro a Nintendo bloqueou tudo e mesmo com o suporte americano, eles não resolveram nada e perdi todos os jogos digitais).

John Smith

Eu acho engraçado essa postura da Nintendo: não vendem o console oficialmente mas oferecem serviços para ele. Vai entender.

Exibir mais comentários