Início » Negócios » Apple “não quer ser empresa elitista”, diz diretor de operações

Apple “não quer ser empresa elitista”, diz diretor de operações

Jeff Williams, diretor de operações da Apple, fala sobre os preços altos dos produtos e sobre os tempos de Steve Jobs

Felipe Ventura Por

Jeff Williams, diretor de operações da Apple, deu uma palestra para alunos da Elon University (EUA) sobre sua carreira na área de tecnologia. Ele falou sobre os tempos de Steve Jobs, sobre os custos de pesquisa e desenvolvimento, e sobre os preços altos de seus produtos. Ele diz que a empresa não quer ser “elitista”, e sim “igualitária”.

Durante a palestra na última sexta-feira (22), um dos alunos perguntou sobre os custos altos dos produtos da Apple. Segundo o jornal The Times-News, Williams respondeu: “estamos muito cientes disso, não queremos ser uma empresa elitista. Queremos ser uma empresa igualitária e temos bastante trabalho acontecendo nos mercados em desenvolvimento”.

De fato, o CEO Tim Cook prometeu baratear o iPhone fora dos EUA, mas só depois que as vendas não atingiram a meta e o faturamento da empresa caiu. “Decidimos voltar a ser mais condizentes com nossos preços locais praticados há um ano, na esperança de ajudar as vendas nessas áreas”, ele disse.

A Apple cortou o preço do iPhone em US$ 50 através de suas revendedoras na China; as vendas quase dobraram no país, mas o efeito foi temporário.

O aluno perguntou para Williams se a Apple tinha planos de reduzir seus preços, citando um relatório de que o iPhone X custa US$ 370 para ser fabricado; ele foi lançado por US$ 999. Trata-se de uma estimativa da consultoria IHS Markit para o valor das peças, que não leva em conta os gastos com P&D (pesquisa e desenvolvimento), software, salários, publicidade ou impostos.

Williams, então, destacou o papel da P&D no custo: ao desenvolver o Apple Watch, a empresa construiu um laboratório de fisiologia, contratou 40 enfermeiros e recrutou 10 mil participantes para descobrir a melhor forma de medir as calorias queimadas durante exercícios.

Jeff Williams, COO da Apple

Williams trabalha na Apple desde 1998

Para Williams, a Apple tem um desafio enorme porque cresceu bastante, mas precisa manter seu nível alto de sucesso. Ele disse que acorda todas as manhãs “pressupondo que basta apenas um golpe para nos colocar na irrelevância”.

O executivo explicou que, no Vale do Silício, “muitas pessoas bem-sucedidas começam a acreditar em uma narrativa sobre coisas que elas normalmente não aceitariam; eu chamo de ‘respirar do seu próprio escape’ e não tenho muita tolerância para isso”.

Williams trabalhou na IBM entre 1985 e 1998. Ele cogitou ir para a Dell, mas seu ex-colega de trabalho Tim Cook pediu que ele entrasse na Apple. Na época, a empresa estava quase falida, e seu cofundador Steve Jobs tinha o plano de transformá-la na “Sony da indústria de computadores”, com dispositivos elegantes e voltados para consumidores (não empresas).

“Eu pensei: ‘esta é uma das estratégias mais idiotas que já ouvi’, e essa é uma das razões pelas quais eu achava que [a Apple] iria falir”, disse Williams. “Dá para dizer que [Jobs] talvez estivesse certo.” O executivo lidera o desenvolvimento do Apple Watch desde 2013.

Com informações: The Times-News, MacMagazine.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Edson Paulo Motta Lacerda

Não quer ser elitista? A apple Já é elitista! Custos todos os fabricantes de celulares tem, principalmente os top de linha mas se for levar por este lado então todos os celulares tops deveriam custar 5.000,00 reais. Ninguém discute a qualidade dos produtos da apple mas ela exagera mesmo nos preços e dizer que não quer ser uma empresa para pessoas com alto poder aquisitivo é uma piada de muito mal gosto.

Tara King

Hi I wanna ċhαt with you😏
https://google.com/#btnI=ru...
My id @216822

Luizão

"Dell XPS custa quase o mesmo que um MacBook Pro"
exato, dell, lenovo, asus, todas elas fabricam notebooks que custam o mesmo que um macbook air ou macbook pro, pra bater de frente mesmo com a apple, mas muitas vezes, esses modelos passam longe do nosso país :(
o que sobra é a comparação injusta de um notebook de 1000 dólares vs um de 300 dólares.

Rafael Moreira

Paraguai é um bom lugar para se comprar um Mac novo. Dentro do BR só compensa pegar um usado como citei.

Dell XPS custa quase o mesmo que um MacBook Pro, aí fica a escolha do usuário, em usar Windows o macOS. Particularmente eu não investiria grana em Dell e Lenovo. Já presenciei vários problemas quando trabalhava como técnico em T.I

Computador é gosto pessoal. Único produto da Apple que me interessa são os Mac. De resto passo longe.

Luizão

e um dell xps de 2012? hj ele não da um bom caldo?, um lenovo thinkpad?

não querendo ser o advogado do diabo, mas o brasileiro tem uma mania de comparar notebook de 1000 dólares (os da apple) com um monte de porcaria de 250/300 dólares que aqui chega a ser vendido entre 2500~~3500 reais.

outra coisa que hardware apple é bom, mas não é essa coisa de outro planeta q as pessoas rasgam de elogios, lembro que em 2015 comprei um notebook lenovo, e numa reunião q teve na minha empresa, um cara que tinha macbook ia fazer uma apresentação, pegou o mac dele, pegou um adaptador pra ligar o mac no hdmi de uma tv 40 e tantas polegadas e adivinhem, o adaptador não funcionou, lá fui eu com meu lenovo de 900 reais e pimba, rodei o powerpoint dele na tv, sem adaptador e sem dores de cabeça.

a melhor maneira de comprar um mac é comprar novo no mercado cinza (paraguai, miami)

Luizão

creio que a diretoria da apple precisa tomar um belo choque de realidade.

Fabio Santos

Claro senão pra que existiria classes dentro da medicina.
Já pensou se um nutrólogo resolve que deve exemplo virar nutricionista? Que o educador físico pode ser fisioterapeuta?

Jorge Luis

Entendi, legal. Mas existe algum código de ética lá que proíbe deles realizarem tal função?

gabriel

gabriel não quer sombra e água fresca para a sua vida

Benício Pereira
Rafael Moreira

O grande problema dos produtos Apple principalmente o computador pessoal, é o alto preço cobrado. Aí algumas pessoas irá dizer, "pelo preço que se paga em um Mac, compra um outro notebook com configurações melhores". Pois eu digo que depende.

O diferencial do Mac é a durabilidade e o sistema embarcado. A máquinas do ano 2012 que rende até hoje, e com os devidos upgrade realizado, da caldo em muito notebook novo do mercado. Um Dell Inspiron 7000 metal é vendido por R$ 3.400 reais, e a vários relatos de compradores reclamando do equipamento em nível de durabilidade. Com 1 ano a bateria do Inspiron já desgasta uns 80%. Tendo que comprar outra, sem contar os outros problemas relatados.

A melhor maneira da pessoa adquiri um Mac Pro, Mac mini, iMac.. é começar pelos usados, comprando no ML. Pois os preços praticados pela Apple é surreal, e eu não pago jamais. Paguei 2.500 no Pro 2012, coloquei SSD e 16gb de RAM, e enquanto isso dois amigos com um Dell "configurações melhores" ja teve problemas a ponto de acionar o juizado especial para ressarcimento do valor pago pelo produto.

Fabio Santos

Enfermeiro cuida do paciente no quesito aplicar medicação, banho, troca, o que você diz precisa de um educador físico.

ochateador

Tem que ver se os enfermeiros é para acompanhar as cobaias.
Exemplo: a cobaia precisa correr 5 KM, descansar 15 segundos e correr mais 5 KM. Meio óbvio que muitos irão passar mal pois não tem o preparo físico adequado.

Rafael Moreira

Smartphone comprando na mão de um importador sai um pouco mais em conta. Mais ainda sim continua na casa dos 4mil pra cima um iPhone 8 Plus em diante.

Já na questão de computadores o panorama muda completamente. Está extremamente caro. Porém existe a opção de comprar um Mac usado no ML. Adquirir um MacBook Pro mid 2012 por 2.800 reais na minha região, e fiz os upgrades necessários. Se eu tivesse um pouco mais de paciência acharia por 2.500 reais.

Quem deseja adquirir um Mac, tem que começar pelos usados. Tem MBP Retina 2013-2014 na casa dos 4mil.

Hoje no mercado brasileiro, um notebook concorrente de um Mac seria o Dell Inspiron 7000 que custa 3.400 reais. Mais além de ser vendido ainda com HD, a reclamações do produto pela internet. O Mac pode ser caro, mais é durável se for comparado com outras marcas. E se for pagar esse preço por um Dell, melhor pegar um Mac Retina 2014.

RB

Cliquei na matéria só pra deixar minha risada

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Exibir mais comentários