Início » Internet » Como usar o DNS do Google

Como usar o DNS do Google

Descubra as vantagens e desvantagens do serviço de DNS público do Google, e como fazer para utiliza-lo no Windows 10 ou macOS

Por
24 semanas atrás

O Google possui seu próprio servidor DNS público, um serviço que se encarrega de conectar você a todos os sites da internet, sem precisar digitar uma série de endereços IP. E configura-lo é bastante simples. Veja quais são as vantagens de mudar seu DNS.

377053 / MacBook Pro com navehador aberto na página do Google / Pixabay / dns google

Quais as vantagens e desvantagens do DNS do Google?

O serviço de DNS do Google é mais um entre os vários gratuitos, como o OpenDNS. Você não precisa pagar para usar e pode usufruir dele em todos os seus dispositivos. Como vantagens, o DNS do Google conta com a infraestrutura do gigante de buscas por trás. Logo, é bastante rápido e estável, e conta com métodos de implementação que agilizam ainda mais a busca por endereços, além de proteção contra ataques DDoS.

Além disso, é rápido: é diretamente ligado ao motor de busca do Google, que varre a internet atrás de dados de sites, endereços IP, nomes de domínio e suas conexões. Todas essas consultas são armazenadas previamente em cache agilizando o acesso.

Como desvantagem, o DNS do Google não oferece alguns recursos presentes em similares pagos ou mesmo gratuitos, como o OpenDNS, tais como filtros adicionais, a possibilidade de bloquear conteúdos adultos, e proteção contra ataques de phishing.

Como usar o DNS do Google

1. No Windows 10

  1. Clique no Menu Iniciar, e depois em Configurações (o símbolo da engrenagem);
  2. Clique em Rede e Internet, e depois na aba Wi-Fi (mesmo se sua conexão for cabeada);
  3. Clique em Alterar opções de adaptador;

Windows / mudar DNS / dns google

  1. Clique com o botão direito do mouse sobre a sua conexão de internet ativa;
  2. Clique em Propriedades (o Windows pode pedir a senha de administrador);
  3. Em Protocolo IP Versão 4 (TCP/IPv4), clique em Propriedades;
  4. Habilite a opção Usar os seguintes endereços de servidor de DNS;
  5. Insira os seguintes endereços:
    Primário – 8.8.8.8;
    Secundário – 8.8.4.4;
  6. Confirme as alterações.

2. No macOS

  1. Clique no Menu Apple (o ícone da maçã);
  2. Clique em Preferências do Sistema, depois em Rede;
  3. Clique em sua conexão ativa;
  4. Clique no botão Avançado, e acesse a aba DNS;
  5. Delete todos os endereços que estiverem na tabela esquerda, e clique no botão (+) para adicionar novos;
  6. Insira os seguintes endereços:
    Primário – 8.8.8.8;
    Secundário – 8.8.4.4;
  7. Confirme as alterações.
Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários.