Início » Celular » OnePlus 7 Pro virá com tela “super fluida”, suporte a 5G e preço maior

OnePlus 7 Pro virá com tela “super fluida”, suporte a 5G e preço maior

CEO Pete Lau confirma que OnePlus 7 Pro terá tela "super fluida e bastante nítida" e preço próximo ao do Samsung Galaxy S10

Felipe Ventura Por

Pete Lau, CEO da OnePlus, acaba de confirmar alguns detalhes sobre o OnePlus 7 Pro: o novo celular terá uma tela “super fluida e bastante nítida”, que rumores alegam ser uma resolução Quad-HD+ com taxa de atualização de 90 Hz. Além disso, ele terá suporte a 5G e um preço mais alto — próximo ao do Samsung Galaxy S10 e Huawei P30 Pro.

OnePlus 7 Pro (imagem via Pricebaba)

Em entrevista ao The Verge, o CEO adianta que o OnePlus 7 Pro terá suporte a 5G, mas isso não será o destaque do aparelho; muitos países ainda não implementaram essa tecnologia. Além disso, ele custará algo semelhante ao Galaxy S10 (US$ 900) e Huawei P30 Pro (€ 999).

Também teremos o OnePlus 7: o CEO diz apenas que ele será mais caro que o OnePlus 6T, e que não virá com a tela “super fluida” do modelo Pro.

Tela do OnePlus 7 Pro “redefine rápido e fluido”

Lau não menciona especificações sobre a tela do OnePlus 7 Pro, mas diz que ela “redefine rápido e fluido” e cria uma nova referência para displays de celular. Segundo ele, a empresa gastou bem mais na tela — o triplo! — se comparado a modelos anteriores.

A maioria dos celulares tem taxa de atualização de 60 Hz. Mas, de acordo com o Android Central, o OnePlus 7 Pro virá com 90 Hz, garantindo mais fluidez ao exibir todos os elementos na tela. Até o momento, apenas celulares gamers tinham displays desse tipo, incluindo o Asus ROG Phone, Razer Phone e Razer Phone 2 (este com 120 Hz).

Prévia de como será o design do OnePlus 7 (imagem por OnePlus)

O OnePlus 7 Pro também deve trazer um painel Super AMOLED de resolução Quad-HD+. Este seria o primeiro celular da OnePlus com resolução superior a Full-HD, algo presente em todos os modelos desde o OnePlus One.

Steve Hemmerstoffer, conhecido como @OnLeaks, diz que o OnePlus 7 Pro virá com câmera tripla na traseira, câmera retrátil para selfies, e tela de 6,5 polegadas com aproveitamento de 95% da parte frontal. Outros rumores apontam para um processador Snapdragon 855 e bateria de 4.000 mAh.

A OnePlus ainda não revela quando lançará seu próximo smartphone, mas acredita-se que isso ocorrerá em 14 de maio.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Alberto Prado

Hehehehehe, se ele tivesse as dimensões de um XZ2 Compact eu já estaria na fila pra compra um... se o preço não fosse tão alto. XD.
Por isso mencionei o Snap 635, hehehe.

Silvio Ney

P20 Pro Faz isso XD

uB.

É, eles vão fazendo os aparelhos conforme eles querem tb, né? Foda!

Por exemplo, tá impossível achar qualquer smartphone de tamanho médio, quem dirá pequeno. Por mais legal q uma tela grande possa ser, nem todo mundo curte. =/

Saudades quando eu utilizava tranquilamente o celular com apenas 1 mão.

Alberto Prado

"maior diferencial pra ganhar", aí que tá. Eles não estão enxergando que o santo graal pra nós é uma autonomia maior.
Pra mim, poderia vir com um Snap 635 (ou o seu sucessor), tela FHD de 5", uma câmera sem exageros, mas honesta e que durasse 36 horas sem carregar ou 18 com uso mais intenso.

Danilo Schreiner

Hoje ele é o Flagship Brother... ou Flagship Friend, talvez.

Franco Luiz

Foi pra ganhar terreno, A asus fez a mesma coisa aki quando lançou o zen5 por 499 na epoca , vendeu como agua dps começou a por preços maiores ...... isso é jogada primeiro vc ganha terreno dps começa a por preço alto

Baio-kun

Custo/benefício não da lucro, o que da lucro é enfiar o máximo de firulas possível e cobrar o dobro pelo aparelho.

Rookie naz

E mais caros

Credulos

O fato é, quanto mais a Oneplus tenta por "recursos premiuns" o custo x beneficio passa mais longe.

Credulos

Sim é um quanto desnecessário mesmo, mas como estão estagnados no que podem evoluir nos smartphones eles ficam inflando números, seja na tela, na RAM ou processador, no final das contas uma boa otimização de sistema ignoraria metade dos números do hardware dos androids atuais. 12GB de RAM para que?

Juninho

Se perdeu naquela proposta que fez a marca crescer, que era o custo benefício

Juninho

Concordo plenamente

uB.

Ahh sim! Entendo, mas aí é questão de mercado. No q for possível o pessoal vai querer entregar o maior diferencial pra ganhar nas corridas.

Mas em contra partida, eles tb procuram fazer componentes mais econômicos. Os processadores mesmo, vez ou outra sai uma versão tão eficiente e mais econômica q a geração passada.

Franklin

Chineses não estão para brincadeira. Só compra produto nacional quem quer desperdiçar dinheiro

Silvio Ney

Exatamente o que eu acho.

Exibir mais comentários