Início » Negócios » Facebook revela como funciona a criptomoeda Libra para WhatsApp

Facebook revela como funciona a criptomoeda Libra para WhatsApp

Facebook diz que criptomoeda Libra evitará volatilidade do bitcoin e poderá ser usada no WhatsApp e Messenger em 2020

Felipe Ventura Por

Depois de muitos rumores, o Facebook enfim revelou os principais detalhes sobre sua criptomoeda chamada Libra: ela terá lastro em moedas tradicionais, como dólar e iene, para evitar a volatilidade do bitcoin; poderá ser usada no WhatsApp, Messenger e em um app independente; e será gerenciada pela subsidiária Calibra com o apoio da Visa, Mastercard, Mercado Pago, Uber e Spotify.

O WhatsApp e o Messenger terão uma carteira digital de Libra em 2020, criada por uma nova subsidiária do Facebook chamada Calibra. A criptomoeda também poderá ser armazenada em um aplicativo independente. A ideia é oferecer serviços financeiros para os 1,7 bilhão de pessoas sem conta bancária no mundo, e para pequenas empresas que não conseguem acesso a crédito.

O funcionamento promete ser simples: você usa reais (ou outra moeda local) para comprar Libra, gasta a criptomoeda como quiser — fazendo compras ou realizando transferências — e converte de volta para reais.

“Com o tempo, também esperamos oferecer serviços adicionais para pessoas e empresas, como pagar contas apenas apertando um botão, comprar uma xícara de café escaneando um código, ou usar transporte público sem a necessidade de carregar dinheiro ou um cartão de transporte”, explica o Facebook.

Facebook Calibra

Libra tem blockchain para até mil transações por segundo

Assim como o bitcoin, o Libra é baseado na tecnologia do blockchain: trata-se de um banco de dados público e autenticado que registra todas as movimentações da criptomoeda. O blockchain do Libra consegue aguentar até 1 mil TPS (transações por segundo), contra 1,7 mil TPS da rede da Visa e meros 4,7 TPS do bitcoin.

As transações do Libra não são reversíveis. Elas também não são totalmente gratuitas: cada uma delas custa uma fração de centavo para cobrir os custos de processamento, e para desestimular agentes maliciosos de criar milhões de transações (para ataques DDoS, por exemplo).

O valor do Libra é lastreado em moedas como o dólar americano, libra esterlina, euro, franco suíço e iene japonês. A Associação Libra — que inclui a Calibra e outras empresas — ainda não decidiu o valor inicial da criptomoeda, mas ele deve ficar próximo ao dólar ou euro para ficar mais fácil de entender. O lançamento está previsto para 2020; você pode receber atualizações se inscrevendo aqui.

Com informações: Facebook, TechCrunch.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Deilan Nunes

Isso ai é normal, so lastreiam em dollar por causa da influencia dos EUA, isso que vc falou ai nao tem nada haver nao.

Lairton Gomes

Todo mundo já tem o WhatsApp instalado no telefone. Quando aparecer a carteira de Libras em uma atualização do app as pessoas vão começar a usar

Lairton Gomes

Por quê? Pensei que a melhor forma de lastrear seria usando reservas de ouro

Adrian Dérick

Este é um plano dos GLOBALISTAS para a Nova Ordem Mundial. Depois teremos o chip da besta que fará com que todas as informações fiquem em um chip do tamanho do grão de arroz. Quem aceitar, mais tarde morrerá e irá para o inferno. CALMA GARAI É TROLLAGE O BAGUIO É HARDWARE MANO

Qoda Blog

Se é do facebook eu passo!

Antony

Podem ser soluções dependendo do ponto de vista, mas explica o porquê do bitcoin e tantas outras moedas virtuais não terem "dado certo" como unidade de valor. Não tenho conhecimento, mas o que vejo é o bitcoin sendo usado mais em investimentos do que como unidade de valor para compra e venda de produtos

ochateador

Calibra a Libra aí Marquinho.

Viniçious

Esse é o grande problema, uma empresa estar por trás de uma moeda

Arthur Soares

Era pra ser a melhor notícia do ano, mas é do Facebook, então...

Gragas

mas meu amigo,o problema dessa moeda,além da privacidade,é o lastro em moeda fiduciária ora,só que se fosse lastreada em ouro os governos iriam encher o saco.

João Almeida

Coragem quem usar!

Mickão

Passo longe!

Matheus

Com o perdão dos criptomalucos, liberalecos e estercocapitalistas, essa moeda tá só o cheirinho de sucesso.

Baseada em realidade, com apoio de gigantes e sem o esoterismo tradicional das criptomoedas.

Gustavo Henrique

Até que enfim, vem ni mim apocalipse !!!
Dinheiro de papel tem que acabar mesmo, porque só atrasa nossas vidas, é um caminho sem volta, a tendencia é o mundo inteiro utilizar só uma moeda e essa moeda ser altamente controlada pelo governo, não tem pra onde correr, esse é o futuro.

Murilo Aquino

Essa central de controle está desatualizada.

Exibir mais comentários