Início » Negócios » Disney proíbe comerciais da Netflix em suas emissoras de TV

Disney proíbe comerciais da Netflix em suas emissoras de TV

Decisão vale para quase todos os canais da Disney, incluindo ABC, FX e Freeform

Emerson Alecrim Por

A Disney já vem preparando o caminho para a estreia do Disney+, marcada para 12 de novembro. Os preparativos incluem evitar referências à concorrência: de acordo com o Wall Street Journal, a companhia está proibindo que comerciais da Netflix sejam veiculados em seus canais de TV.

Stranger Things

Trata-se de uma decisão extrema, pois envolve boa parte dos canais relacionados à Disney, incluindo emissoras como ABC, FX e Freeform. Por ora, os canais da ESPN são exceção: ao The Verge, a Disney confirmou que essa rede ainda poderá exibir comerciais da Netflix.

É bastante provável que o banimento dos comerciais da Netflix tenha relação com a iminente chegada do Disney+. Mas esse não deve ser o único motivo: aparentemente, as relações entre as duas companhias esfriaram consideravelmente nos últimos meses.

De acordo com fontes próximas à Disney, esse esfriamento é resultado de uma mudança estratégica. A companhia ainda está aberta a parcerias com serviços de streaming, mas agora busca acordos que incluam não só publicidade, mas também negociações mais amplas, que envolvam distribuição ou conteúdo.

Nesse sentido, seria interessante para a Disney se a Netflix pudesse promover alguns de seus novos filmes em sua plataforma, por exemplo. O problema é que a Netflix não exibe comerciais.

Na verdade, a Disney decidiu, no início do ano, não aceitar mais publicidade em seus canais de nenhum serviço rival de streaming, mas flexibilizou essa regra ao fechar acordos amplos com companhias como Apple e Comcast (que, adivinhe, vai lançar um serviço de streaming chamado Peacock). Pelo jeito, as negociações só não avançaram com a Netflix.

Disney+ na TV

Apesar de ser uma decisão bastante radical — afinal, a Netflix movimentou US$ 1,8 bilhão em publicidade só no ano passado —, a postura agora mais firme da Disney não surpreende.

Até pouco tempo atrás, plataformas de streaming serviam como importantes fontes de receita em licenciamento de conteúdo para a companhia. Mas, à medida que esses serviços crescem, a audiência dos canais de TV cai.

Se é para dar abertura ao streaming, é natural que a prioridade recaia sobre uma plataforma própria que, como tal, possa compensar as perdas das redes de TV.

Disney e Netflix foram procuradas, mas não comentaram o assunto.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Gaba

Eu assino Disney+ e por enquanto não tem nenhum título interessante pra acompanhar que eu já não tenha visto. A Disney tem muito potencial, mas não tenho certeza se vale a pena pegar agora no início... até agora não usei pra nada. Tenho na TV e no Tablet e a maioria das coisas eu já vi ou não me chamaram atenção...

Paulo Manso

Sim senhor kkkkkk

Eduardo Braga

Se eles começarem a pressionar a Academia pra deixar a Netflix de escanteio no Oscar vai dar uma merda gigante.

Eduardo Braga

Eu assisti as duas temporadas de Fleabag (ASSISTAM!) e voltei pra Netflix. Nada lá me chama a atenção.

raphael_silva

As vezes eu fico lá no Prime escolhendo algo pra assistir, passo 20 minutos e falo, é, deixa quieto, ou eu já assisti, ou é ruim ou não é meu tipo de filme. rsrs

Dr. Nox

Aqui em casa trocamos a Netiflix pelo Amazon Prime Video. Não acho ruim o catálago do Prime Video (pelo preço atual), mas o menu e a interface dele é muito ruim, tem que melhorar bastante ainda (como por exemplo ter opção de criar perfil separado, etc).

Caleb Enyawbruce

o nome disso é opinião pessoal, não fato. Eu não apostaria, só acho que a tendencia é com o tempo a coisa ir "assentando" (publico fazendo suas escolhas > empresas mais fracas falindo > preços se adaptando - umas pra mais e outras pra menos - e tudo mais). Disputas sempre vao existir.

Sid

Concordo. Tenho Netflix e Amazon Prime. A Amazon está com um conteúdo muito bom, mas é confusa. A Netflix está muito adiantada na experiência de usuário e essas que estão chegando ainda vão comer muito capim até conseguir se igualar.

Sid

Sinceramente eu não acredito que essa Disney+ consiga concorrer com Netflix e Amazon.

Sid
Sinceramente eu não acredito que essa Disney+ consiga concorrer com Netflix e Amazon.
Glauber Silva

Pois é, os serviços da concorrência são péssimos, catálogo somente não basta. Se fosse por isso as locadoras ainda existiriam

Glauber Silva

Não é tão simples...

Glauber Silva

Acho que as coisas não são tão simples. O conteúdo da HBO é de extrema qualidade, mas não consegue concorrer seriamente. Fora o app que é uma merda.
Netflix está anos desenvolvendo um produto. Acho que não basta simplesmente ter um catálogo bom , se a experiência for ruim, como eu acho o app da Amazon ruim, simplesmente não vingará.

Lucas Santos

Só assinei por conta da nova assinatura Prime, assisti The Man In The High Castle e pra mim já era. Serviço de música sem mixes também não cola.

Fábio

Eu não assinaria o Disney+, pois não curto a maior parte do conteúdo Disney.

O PrimeVideo conta com toda a infraestrutura da Amazon, por isso oferecem conteúdo em HD por R$ 9,90.

Quem corre mais risco é a Netflix, que ainda tem plano SD por R$ 21,90.

Exibir mais comentários