Início » Celular » Google Pixel 4 terá correções para reconhecimento facial e tela de 90 Hz

Google Pixel 4 terá correções para reconhecimento facial e tela de 90 Hz

Google Pixel 4 e 4 XL permitem usar desbloqueio facial mesmo se usuário estiver dormindo; tela do celular nem sempre atinge 90 Hz

Felipe Ventura Por

O Google Pixel 4 e Pixel 4 XL foram lançados recentemente com câmera dupla e chip de radar para reconhecer gestos com a mão. Eles também vieram com dois problemas de software que serão corrigidos com uma atualização: é possível usar o desbloqueio facial mesmo se o usuário estiver dormindo; e a tela de 90 Hz só atinge essa frequência quando o brilho está alto.

Google Pixel 4 branco

O reconhecimento facial do Pixel 4 é semelhante ao Face ID dos iPhones: ele usa um projetor de pontos e duas câmeras infravermelho para iluminar seu rosto e obter um mapa de profundidade 3D. Ou seja, não dá para enganá-lo com uma foto ou um vídeo.

No entanto, o desbloqueio facial do Pixel 4 funciona mesmo se os olhos do usuário estiverem fechados. Ou seja, alguém pode pegar o celular, apontar para seu rosto quando você estiver dormindo, e obter acesso aos seus dados.

O Google avisa sobre isso em uma página de suporte: “seu smartphone também poderá ser desbloqueado por outra pessoa se for direcionado para seu rosto, mesmo que você esteja com os olhos fechados; mantenha o smartphone em um lugar seguro, como no bolso da frente ou na bolsa”.

Por padrão, o Face ID do iPhone exige que seus olhos estejam abertos para fazer o desbloqueio facial. É possível desativar essa regra nas configurações, mas há um aviso da Apple de que isso torna a biometria menos segura.

Em comunicado ao The Verge, o Google diz que está “trabalhando em uma opção para os usuários exigirem que seus olhos estejam abertos para desbloquear o celular, que será entregue em uma atualização de software nos próximos meses”.

Google Pixel 4

Google Pixel 4 desativa modo 90 Hz dependendo do brilho

Quanto à tela de 90 Hz, usuários do Reddit descobriram que ela mantém essa frequência apenas quando o brilho está acima de 75%. Abaixo desse patamar, o Pixel 4 voltará ao padrão de 60 Hz. Ou seja, os usuários vão notar uma mudança na fluidez da interface à medida que forem de um lugar iluminado para outro com menos luz ambiente.

É possível forçar o Pixel 4 a sempre manter a taxa de frequência de 90 Hz nas configurações; é necessário antes ativar o modo desenvolvedor no Android 10. No entanto, isso pode afetar a duração da bateria.

O Google explica ao The Verge que, em algumas situações, a tela entrará no modo 60 Hz para melhorar a duração da bateria. Por exemplo, isso acontece depois de ativar a economia de energia; ao assistir vídeos (que costumam ser gravados a até 30 fps); e em determinadas condições de luz ambiente.

A empresa afirma: “planejamos atualizações que lançaremos nas próximas semanas e que incluem a ativação de 90 Hz em mais condições de brilho da tela“.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André G

Uma completa vergonha esse aparelho. A Google deveria parar de fazer o Pixel com a LG e finalmente fazer aparelhos com uma boa bateria, além de voltar com os alto falantes estéreo frontais.

Rafael Moreira

Até penso em comprar, mais lá para o final de 2020 ou 2021 pelo ML. Comprar no lançamento é fria, sempre surge algum problema.

Enquanto isso o Pixel 2 XL está fazendo um bom trabalho, não justifica a troca.

Rafael Moreira

A Google não investe em hardware, mesmo após a compra da divisão mobile HTC, foi mais por questões de patentes.

Pelo menos na tela houve uma evolução, estão usando display Samsung, do que a terrível LG. Em se tratando de câmera, dispensa comentários, é muito boa. O algoritmo faz um bom trabalho no pós processemento HDR+ e visão noturna. Colocaram uma segunda câmera alegando que zoom óptico 2x é necessário, mais na verdade foi para melhorar o recorte do modo retrato.

Theo Queiroz

Nunca compre hardware no lançamento. Nenhum.

Love

Tinha visto esses dois pontos no vídeo do MKBHD, esse recurso de não manter os 90hz 100% do tempo é aceitável, ainda mais tendo a opção dentro do modo Dev, mas isso de mesmo com os olhos fechados, ele desbloquear?
Pô Google, é uma coisa simples de se pensar...

Sandro

Olhem quanta novidade da Sra. Google - só que aqui no Brasil não tá disponível. Próximo assunto.

Gabriel Antonio

Muito se fala sobre a Apple, mas, por exemplo, esse detalhe importante existe desde o lançamento d face id. Esse é um detalhe importante.

Carlos Alves

Em software o Google já se mostrou insuperável, mas em hardware é um fracasso. Eles deveriam licenciar as suas tecnologias ou incorporar ao Android OASP como o caso da Google câmera e seu processamento mágico HDR+. É incrível o que fazem no software, mas seus aparelhos sempre são lançados com uma série de complementos pendentes.

Hugo Piovesan

Essa informação está mencionada no texto, mas parece que a bateria vai pro saco...

Guilherme Henrique

Se alguém comprar o Pixel 4 por aqui, o que eu duvido rs, da pra ativar as opções de desenvolvedor e lá tem "Forçar 90 hz", pra ficar sempre nessa frequência.