Início » Aplicativos e Software » Byte, sucessor do Vine, promete resolver spam nos comentários

Byte, sucessor do Vine, promete resolver spam nos comentários

O futuro programa de monetização do Byte tem feito alguns usuários correrem em busca de seguidores

Victor Hugo Silva Por

O Byte, rede social de vídeos curtos criada pelo cofundador do Vine, foi lançado na sexta-feira (24) e já tem alguns problemas para resolver. Em busca de mais seguidores, alguns usuários da plataforma tem realizado spam nos comentários de vídeos.

Spam nos comentários do Byte, sucessor do Vine

O fundador do Byte, Dom Hofmann, prometeu resolver a situação o quanto antes. “Estamos cientes dos problemas com spam em comentários e, mais amplamente, com certos tipos de comentários”, afirmou, no fórum da rede social. “Esta é a nossa principal prioridade e estamos trabalhando para resolvê-la”.

Segundo o executivo, a rede social ganhará novos recursos em breve para resolver a questão. Os usuários poderão bloquear, filtrar e limitar comentários nos vídeos. Além disso, será possível curtir comentários, provavelmente para destacar aqueles de maior relevância.

Ainda de acordo com o criador do Byte, a equipe da rede social está “aumentando a moderação de vídeo” justamente para evitar spam. Quando isso estiver resolvido, a atenção será voltada à criação de novos recursos para descoberta de perfis e edição, por exemplo.

A corrida por seguidores ocorre devido aos planos do Byte de criar um programa de monetização, que não existe no TikTok ou no Snapchat, por exemplo. A nova rede social deve divulgar informações em breve, mas os usuários acreditam que o programa será liberado antes para os perfis mais populares.

Hoffman é um dos cofundadores do Vine, plataforma de vídeos curtos que chegou a ter 200 milhões de usuários ativos. O serviço foi lançado em 2012, comprado pelo Twitter em 2013 e encerrado em 2017, após não conseguir enfrentar a forte concorrência com Instagram e Snapchat.

O Byte começou a ser desenvolvido há dois anos e tem uma proposta bem parecida. Ele permite publicar vídeos de até seis segundos e é parecido com redes sociais mais conhecidas, com feed, notificações e aba Explorar, para conhecer novos perfis.

Com informações: Engadget, TechCrunch.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação