Início » Celular » Moto G Power tem Snapdragon 665 e promete bateria de até três dias

Moto G Power tem Snapdragon 665 e promete bateria de até três dias

Moto G Power é sucessor do Moto G7 Power e tem bateria de 5.000 mAh para aguentar até 27 horas de reprodução de vídeos

Paulo Higa Por

Além de anunciar o primeiro Moto G com caneta stylus, a Motorola revelou nesta sexta-feira (7) o Moto G Power, um smartphone com hardware intermediário cujo destaque é a bateria de 5.000 mAh. Trata-se do sucessor do Moto G7 Power, com a nova nomenclatura da fabricante, que eliminou o número da geração.

Motorola Moto G Power

A Motorola promete que a bateria do novo Moto G Power dá conta de até três dias com uma única carga, ou 150 horas de streaming de música, ou ainda 27 horas de reprodução de vídeos. O antecessor, Moto G7 Power, tinha a mesma capacidade de bateria, mas especificações mais simples (incluindo uma tela HD+), e prometia 55 horas de duração.

Moto G Power

São três câmeras na traseira: uma principal de 16 megapixels (f/1,7), uma macro de 2 megapixels (f/2,2) e uma ultrawide de 8 megapixels (f/2,2) que pode tirar fotos com campo de visão de 118 graus. O sensor principal tem foco por detecção de fase, o que deve favorecer a captura em cenários mais desafiadores. É um conjunto diferente do Moto G Stylus, que possui um sensor com modo de visão noturna.

O Moto G Power é equipado com tela LCD de 6,4 polegadas (Full HD+) com furo no canto superior esquerdo para a câmera de 16 megapixels, Qualcomm Snapdragon 665 octa-core, 4 GB de RAM, 64 GB de espaço e Android 10 de fábrica. O leitor de impressões digitais fica na traseira, e há uma entrada padrão de 3,5 mm para fones de ouvido.

Motorola Moto G Power

Nos Estados Unidos e Canadá, o Moto G Power será vendido por US$ 249,99 (50 dólares mais barato que o Moto G Stylus) na primavera do hemisfério norte (entre março e junho). A Motorola não confirmou quando ele será lançado no Brasil. O celular já foi homologado pela Anatel.

Motorola Moto G Power – ficha técnica:

  • Processador: Qualcomm Snapdragon 665 octa-core
  • RAM: 4 GB
  • Armazenamento interno: 64 GB
  • Tela: LCD de 6,4 polegadas com resolução Full HD+
  • Câmeras traseiras: 16 MP (f/1,7, 1,12 μm), macro de 2 MP (f/2.2, 1,75 μm), ultrawide de 8 MP (f/2,2, 1,12 μm) com campo de visão de 118 graus
  • Câmera frontal: 16 MP (f/2,0, 1 μm)
  • Bateria: 5.000 mAh (até três dias de autonomia)
  • Sistema operacional: Android 10
  • Dimensões e peso: 159,85 x 75,84 x 9,63 mm, 199 gramas

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
5 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jonathan Lima (@Jonathan_Lima)

Moto G deixou de ser um modelo que impressiona pra ser aqueles que se destacam apenas em vitrine de loja. Entramos em 2020 e o pessoal ainda aposta na tela LCD.

Diogo L. (@Dr.nox)

Nem me importo tanto se a tela é LCD, desde que o preço esteja de acordo com o hardware (specs) do smartphone (e preço). Tenho atualmente um Moto G6 Play que eu comprei no começo de 2019 em promoção por R$ 600, e para o meu uso tem funcionado bem.

Única coisa que eu sinto falta desses modelos intermediários é um opção com 128GB de storage. Por exemplo, o Samsung Galaxy A50 tem dois modelos: O de 64 e o de 128GB.

Claro que cada um sabe o que procura em um smartphone, no meu caso (por ordem seria): Bateria (duração), espaço (armazenamento), memória ram, câmera, e tela. O meu Moto G6 Play é de apenas 32GB, mas uso um cartão microSD para aliviar um pouco esse ponto “negativo” dele.

Outro problema é os preços praticados pela Motorola/Lenovo atualmente no Brasil pelo hardware que ela entrega.

Bettowen Carvalho de Oliveira (@Bettowen)

Prefiro tela LCD. Tenho um Samsung S9 Plus e a tela já deu problema (troca em torno de 900 reais). A durabilidade é bem menor que uma LCD e não vejo um diferença grande de qualidade. Mas gosto é gosto. Meu próximo aparelho darei preferência ao LCD, mas se só tiver oled, vai com o que o tem. Saudações…

Bemfica de Oliva (@bemfica)

Eu tava vendo aqui e tem duas versões desse aparelho, na verdade. Fiquei sem entender nada. Existe o G Power, que o texto fala, e o G8 Power, que foi lançado na Europa.
O G8 Power tem câmera quádrupla, com um sensor adicional onde fica o flash do G Power e o foco laser do G Stylus. De resto, parecem ser iguais.
Eu achei que o GSMArena tivesse dado o anúncio errado e confundido com os rumores, mas tem pré-venda desse G8 Power na Amazon e página oficial dele no site da Motorola para o “resto da Europa”.
@higa tu tem alguma ideia a respeito desse G8 Power?
–edit–
Achei também um vídeo do G8 Power no canal oficial da Motorola, é o mesmo vídeo que está nesse site que eu coloquei: https://youtu.be/5ZZErJKGXho