Início » Negócios » MWC 2020: 40 empresas cancelaram presença, mas evento é mantido

MWC 2020: 40 empresas cancelaram presença, mas evento é mantido

Companhias estão desistindo do MWC 2020 por preocupação com coronavírus

Emerson Alecrim Por

O Mobile World Congress (MWC) 2020 caminha a passos largos para ser cancelado ou adiado. Tudo por conta de um inimigo sorrateiro, mas que vem gerando temor generalizado: o coronavírus. O número de empresas que desistiram do evento por conta do surto que teve início na China já passa de 40.

Mobile World Congress

Tal como adiantamos aqui no Tecnoblog, a LG cancelou a sua ida ao MWC 2020. Pouco tempo depois, companhias como Amazon, Nvidia e Sony tomaram a mesma decisão. Em seguida, foi a vez de Intel e MediaTek anunciarem a mesma medida.

Em todos esses cancelamentos, a justificativa é uma só: como o Mobile World Congress é uma feira com grande circulação de pessoas do mundo todo, as empresas temem que o evento possa aumentar as chances de funcionários e visitantes serem infectados pelo coronavírus.

Diante de tantas desistências, a GSM Association, organização responsável pelo evento, marcou reunião para esta sexta-feira (14) para decidir se cancela ou adia o MWC 2020. Na verdade, o encontro já estava marcado como parte da agenda de preparação para o evento, mas, diante da gravidade do assunto, uma reunião emergencial foi realizada hoje (12).

No encontro, a decisão foi a de manter o evento. No entanto, a GSM Association segue monitorando o assunto, o que significa que a feira ainda pode ser cancelada.

A organização já havia anunciado medidas de prevenção ao vírus. Uma delas é a proibição de acesso ao evento por pessoas que vivem ou estiveram recentemente na província chinesa de Hubei, onde o surto teve início. Outra: pessoas que visitaram outras partes da China terão que provar que saíram do país há mais de 14 dias, do contrário, poderão ter a sua participação negada.

Mobile World Congress

Mas esses cuidados e o fato de o evento ser realizado em Barcelona (onde o surto não chegou) não foram suficientes para frear o número de desistências. Pelo contrário: mais de 40 empresas já confirmaram que não comparecerão ao MWC 2020. De acordo com o TechCrunch, são estas (e pode haver mais):

  • A10 Networks
  • Accedian
  • Amazon
  • Amdocs
  • AppsFlyer
  • ARCEP
  • AT&T
  • BT
  • Ciena
  • Cisco
  • CommScope
  • Dali Wireless
  • Deutsche Telekom
  • Ericsson
  • F5 Networks
  • Facebook
  • Gigaset
  • HMD
  • iconectiv
  • Intel
  • InterDigital
  • Interop Technologies
  • KMW
  • LG
  • McAfee
  • MediaTek
  • Nokia
  • NTT Docomo
  • Nvidia
  • Radwin
  • Rakuten Mobile
  • Royole Corporation
  • Sony
  • Spirent
  • Sprint
  • STMicroelectronics
  • Ulefone
  • Umidigi
  • Viber
  • Vivo (fabricante de celulares)
  • Vodafone

Se não houver cancelamento ou adiamento, o MWC 2020 vai ser realizado entre 24 e 27 de fevereiro (datas para o público em geral).

Com informações: El País.

Atualizado às 14:55.

Mais sobre: ,

Comentários da Comunidade

7 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

 • 令和 • Ward'z de Souza 🇯🇵🎌🦊🔥 - Risonho e Límpido

Pior que é melhor cancelar o evento, ou adiar para uns meses mais adiante.

Vai ser muito ruim se tentarem fazer com o pouco que tem. =/

Andre Badiani

Em um evento desse porte, os risco de contaminação tem que ser analisado, e pode ser que a própria Prefeitura(não sei se la e chamado assim) de Barcelona vete o evento, a final creio que mais empresas vão desistir.

Douglas Knevitz

Na verdade quem quer manter o evento é a cidade de Barcelona e a Catalunha. A GSMA que organiza a MWC junto cm varias operadoras tentaram fazer pressão para decretar emergência de saúde e cancelar o evento, e assim buscar junto as seguradoras reembolso, porém n obtiveram sucesso.

Dizem eles (membros do governo) que estão preparados pra lidar com a situação. E fizeram pressão para manter o evento.

Acontece que ninguém está preparado pra uma situação dessas. Como vc vai saber se alguém está infectado se essa pessoa pode permanecer sem sintomas por até 24 dias e já é capaz de transmitir desde o primeiro dia.

Caleb Enyawbruce

Ta aí uma otima oportunidade pra se pensar em algo virtual/on-line. De repente usar alguma plataforma para se ter webcasts/apresentações online das empresas e algum tipo de visitação virtual dos estandes.

Mateus B. Cassiano

O evento foi cancelado aparentemente, acabei de ver algumas manchetes nos sites internacionais…

Participe da discussão