Tecnoblog
Início » Aplicativos e Software » As primeiras novidades do Android 11 que o Google não mencionou

As primeiras novidades do Android 11 que o Google não mencionou

Android 11 traz novas opções para notificações de conversas, gravador de tela embutido, e widget de música nos ajustes rápidas

O Google liberou na quarta-feira (19) a primeira prévia do Android 11 para desenvolvedores: a empresa mencionou novidades como APIs para 5G, recursos de privacidade e formas de adaptar apps para mais tipos de notch na tela. No entanto, essa versão traz uma série de outras mudanças na interface e nos bastidores; listamos as principais delas a seguir.

Já havíamos comentado no Tecnoblog que o Android 11 possui agendamento do modo escuro — algo já existente em skins de fabricantes — e mantém o Bluetooth ligado quando você está ouvindo música e ativa o modo avião.

Temos também novas opções para notificações de conversas, gravador de tela embutido (finalmente!), widget de música nas configurações rápidas e muito mais. Segundo o Android Police e XDA Developers, estes são os primeiros destaques do Android 11:

Há uma nova seção Conversas nas notificações, que dá prioridade às mensagens recebidas através de apps de chat; ao pressionar e segurar uma mensagem, é possível:

  • transferir a conversa para uma bolha de notificação (algo nativo no Android 11);
  • tocar em Favorito para marcar a conversa como importante;
  • adicionar um atalho para a conversa na tela inicial;
  • adiar a notificação para recebê-la novamente depois, ou silenciar a conversa totalmente.

O sistema vem com um gravador de tela embutido, que pode ser acessado através das configurações rápidas. Lá, também temos um widget de player de música ao lado dos botões de Wi-Fi e Bluetooth, que permanece na tela quando você acessa o menu completo de ajustes.

O modo escuro pode ser agendado para ficar ativo apenas à noite ou nos horários que você desejar. Além disso, se você estiver usando um fone de ouvido ou outro dispositivo Bluetooth e ativar o modo avião, o Bluetooth não será desativado.

Um histórico de notificações mostra os alertas que você recebeu e que foram dispensadas, com o app correspondente e o horário. E você pode fixar apps no menu compartilhar: por exemplo, é possível deixar no topo da lista o Instagram e o Twitter.

Será possível rolar a tela ao tirar print para capturar mais conteúdo na mesma imagem, semelhante ao recurso Captura Inteligente da Samsung — isso ainda não funciona nesta prévia do Android 11.

Apps que usam a câmera — incluindo a própria Câmera do Google — podem ativar o modo não perturbe durante a gravação de vídeos ou captura de fotos, o que silencia vibrações e sons temporariamente.

E, se você negar uma permissão para um aplicativo duas vezes — por exemplo, envolvendo acesso à localização ou microfone — o Android 11 não perguntará uma terceira vez.

O que há de novo no Android 11, em imagens

Para instalar o Android 11, é necessário ter um Pixel 2, 3, 3a, e 4; ele não está disponível em outros dispositivos no momento. Por isso, reunimos abaixo algumas imagens com as novidades do sistema:

Seção Conversas nas notificações do Android 11:

Botão que ativa o gravador de tela (Screen Record):

Histórico de notificações no Android 11:

É possível agendar o modo escuro para horários específicos ou para nascer e pôr do sol:

É possível fixar apps no menu de compartilhamento; os ícones ficam acima da lista completa de apps: