Início » Celular » Nokia 2.3 é homologado pela Anatel para lançamento no Brasil

Nokia 2.3 é homologado pela Anatel para lançamento no Brasil

O modelo é o primeiro encontrado na Anatel após confirmação de que HMD Global venderá celulares no Brasil

Victor Hugo Silva Por

Com a confirmação de que a HMD Global venderá seus celulares Android no Brasil, o primeiro modelo foi encontrado no sistema de homologação da Anatel. Trata-se do Nokia 2.3, um celular com tela de 6,2 polegadas, câmera dupla e bateria de 4.000 mAh.

Nokia 2.3 (Foto: Divulgação/HMD Global)

A presença do smartphone no sistema da Anatel foi descoberta pelo Pinguins Móveis por meio do código TA-1194, referente ao Nokia 2.3. Ele foi homologado em 8 de abril, como nota o Plantão Anatel. A informação confirma a expectativa de que, no Brasil, a HMD Global começará pelos modelos intermediários e de entrada.

O Nokia 2.3 conta com tela LCD de 6,2 polegadas com resolução HD+ (720 x 1.520 pixels), processador MediaTek MT6761 e 2 GB de RAM. O modelo oferece 32 GB de armazenamento e suporte para cartão microSD de até 512 GB.

A câmera dupla tem sensor principal com 13 megapixels e, de profundidade com 2 megapixels. A câmera frontal, posicionada em um notch em forma de gota, tem 5 megapixels. De acordo com a HMD Global, o modelo sai de fábrica com Android 9 Pie.

Celular será fabricado pela Multilaser

A HMD Global afirma que a sua operação no Brasil terá alguns funcionários próprios, mas será realizada em parceria com a Multilaser. A fabricante nacional será responsável pela produção, distribuição e venda dos celulares no país.

“O Brasil é uma grande oportunidade por conta da força que a marca Nokia sempre teve”, afirmou o vice-presidente da HMD Global para as Américas, Maurizio Angelone, ao Valor Econômico. A empresa pretendia iniciar as vendas no Brasil no segundo trimestre, mas a pandemia de coronavírus deve adiar os planos.

Nokia 2.3 (Foto: Divulgação/HMD Global)

Nokia 2.3 – ficha técnica:

  • Tela: LCD de 6,2 polegadas, HD+ (720 x 1.520 pixels) com aproveitamento frontal de 80,7%
  • Processador: MediaTek MT6761 Heli A22 quad-core de 2,0 GHz com GPU PowerVR GE8320
  • RAM: 2 GB
  • Armazenamento: 32 GB com suporte para cartão microSD de até 512 GB
  • Bateria: 4.000 mAh
  • Câmera traseira dupla:
    • principal: 13 megapixels (f/2,2)
    • profundidade: 2 megapixels
  • Câmera frontal: 5 megapixels (f/2,4)
  • Sistema operacional: Android 9 Pie
  • Conectividade: Micro USB, entrada 3,5 mm para fone de ouvido, Bluetooth 5.0, Wi-Fi 802.11 b/g/n, suporte a dual SIM
  • Mais: reconhecimento facial
  • Dimensões: 157,6 x 75,4 x 8,6 mm
  • Peso: 183 gramas

Nokia 2.3 (Foto: Divulgação/HMD Global)

Publicado originalmente em 30 de março de 2020 e atualizado com a homologação pela Anatel

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
14 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Daniel Pita (@danielpita)

Esses 2GB de RAM não vai quebrar as pernas do modelo, não? Quer dizer, se o preço for muito atrativo, pode ser que vingue bem. Mas chegar com o Android 9 e essa limitação na RAM (além de ter somente 32GB, apesar da expansão)…

Mas vou torcer pra dar certo e ser um aparelho que flua bem o Android, só assim vou convencer minha mãe ater um aparelho com preço acessível e que não dê dor de cabeça pra ela como o Moto E.

Matheus Motta (@Matheus_Motta)

Ainda dá pra fazer bastante coisa com só 2GB de RAM, cara, principalmente pq esse é um celular de entrada. Oq me preocupa mesmo é esse processador.

Edilson Junior (@Edilson)

Já que vai ser fabricado pela Multilaser, espero os preços mais baixos do mercado.

ochateador (@ochateador)

Mediatek como processador. Tem roms para ele ou é impossível achar ?

LekyChan (@LekyChan)

que eu saiba não existe custom rom para mediatek

Eu (@Keaton)

Nokia 2.3 passa pela Anatel antes de lançamento no Brasil

Po… geralmente os devices não passam na Anatel sempre antes do lançamento? (exceto os Xiaomi, lógico)

Mateus B. Cassiano (@mbc07)

É raro encontrar custom ROM pra dispositivos com SoC Mediatek, e quando existem normalmente é cheia de bugs…

Rafael Gomes Rocha (@Rafael_Gomes_Rocha)

De acordo com o GSM Arena, não tem o sensor de digitais. Porém, o upgrade pro Android 10 está nos planos. Ainda que eu tenha me acostumado com o uso de leitor de digitais, se tivesse que pegar um celular de entrada, escolheria fácil esse Nokia em comparação com qualquer outro aparelho daqui.

@doorspaulo

Apenas 2GB de RAM é o suficiente para uso básico, como WhatsApp e Facebook.
Mas, isso pode afetar a longevidade do aparelho, já que é tão comum aparelhos com 3GB ou mais…

Mickey Sigrist (@Mickey)

Tudo vai depender da confiabilidade dos aparelhos, do preço frente à concorrência e do serviço de pós-vendas. A Marca Nokia vai chamar a galera mais saudosista pra consumir, porém isso não será suficiente no médio e longo prazo. Infelizmente, se tratando de Multilaser, o cenário não é dos mais animadores. Veremos.

Paulo Maciel (@pymaciel)

Processador MediaTek, 2GB de RAM e OS que quando for lançado já estará duas versões atrasado? Sem falar na péssima fama da Multilaser. Uma pena, mas acho que já nasceu morto.