Início » Gadgets » Fitbit Charge 4: pulseira fitness tem GPS e bateria de até 7 dias

Fitbit Charge 4: pulseira fitness tem GPS e bateria de até 7 dias

Fitbit Charge 4 traz GPS integrado, bateria de até 7 dias e NFC. Pulseira fitness chega em 13 de abril por US$ 150

Bruno Gall De Blasi Por

A Fitbit Charge chegou à quarta geração nesta terça-feira (31). A pulseira fitness é a primeira da linha a contar com GPS integrado e ainda traz bateria capaz de durar até sete dias, segundo a fabricante. Não há previsão de data e preço de lançamento da Fitbit Charge 4 no Brasil.

Fitbit Charge 4

O GPS é um dos recursos mais esperados da linha pelos usuários. E, a partir de agora, não há mais o que aguardar, pois o sensor está disponível tanto na Fitbit Charge 4 quanto na edição especial do wearable.

Segundo a Fitbit, a inclusão do GPS pode melhorar ainda mais o rastreamento de atividades físicas. “Você pode deixar seu telefone em casa e obter um ótimo desempenho para atividades como corrida, caminhada e outras excursões ao ar livre”, explica.

A bateria é outro destaque da Fitbit Charge 4. A promessa é de sete dias longe das tomadas. Ou seja, uma semana sem pensar em carregar o wearable.

Demais especificações da pulseira ficam pela capacidade de monitorar o nível estimado de oxigênio no sangue e o NFC integrado para pagamentos (Fitbit Pay), independente do modelo. A Fitbit Charge 4 também traz os sensores das gerações anteriores.

Além do monitoramento de atividades físicas, a Fitbit Charge 4 traz recursos para incrementar a experiência dos usuários no dia a dia, como o envio de notificações à pulseira. A pulseira também é capaz de controlar músicas do Spotify direto do pulso, pela tela OLED touchscreen.

A Fitbit Charge 4 é à prova d’água. Segundo a fabricante, a resistência é de até 50 metros.

Fitbit Charge 4

A Fitbit também anunciou uma nova forma de medição para exercícios. Conhecida como Active Minutes Zone (“Minutos de Zona Ativa”, em tradução livre), a métrica cria um padrão personalizado a partir da frequência cardíaca em repouso e idade do usuário para que alcance uma meta semanal de 150 minutos ativos com mais qualidade.

Para ajudar os usuários a se exercitarem durante o isolamento social ou quarentena para conter o avanço da COVID-19 (novo coronavírus), a Fitbit liberou mais 40 conteúdos do Fitbit Premium de graça. A companhia também disponibilizou 90 dias grátis à plataforma, que custa US$ 10 ao mês (cerca de R$ 52) ou US$ 80 por ano (cerca de R$ 415).

A Fitbit Charge 4 chegará às lojas em 13 de abril, com preço sugerido de US$ 149,95 (cerca de R$ 778), com as opções nas cores preto, violeta e Storm Blue/Black. A pulseira fitness também terá uma edição especial, por US$ 169,95 (cerca de R$ 882), com um bracelete melhorado.

Com informações: Fitbit, TechCrunch e Engadget

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
3 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação