Início » Internet » Google Meet segue Zoom e adiciona recursos para dar aula

Google Meet segue Zoom e adiciona recursos para dar aula

Novos recursos do Google Meet prometem auxiliar professores e estudantes durante aulas à distância por chamadas de voz e vídeo

Bruno Gall De Blasi Por

O Google anunciou novos recursos para aulas à distância via Google Meet. Conforme anunciado pela companhia nesta quinta-feira (25), o serviço de chamadas de voz e vídeo contará com ferramentas para auxiliar professores e estudantes assinantes do G Suite for Education e G Suite Enterprise for Education.

Google Meet receberá recursos para aulas virtuais (Foto: Divulgação/Google)

As novas ferramentas prometem incrementar as aulas lecionadas pelo Google Meet. Entre uma das novidades está a possibilidade de controlar o microfone e o bate-papo entre os estudantes durante as conversas, além das permissões para apresentar a tela, assim como no Zoom.

O Google ainda irá melhorar a ferramenta de solicitação de ingresso em conferências. Com a atualização, pedidos de acesso à conferência serão ignorados caso a pessoa tenha sido removida da sala ou a requisição seja rejeitada mais de uma vez. Além disso, será possível bloquear a entrada de participantes anônimos na chamada.

O Google Meet também contará com ferramentas para melhorar a interação entre os participantes. A começar pelo recurso de “levantar a mão”: tal qual no Microsoft Teams, estudantes poderão estender o braço virtualmente, assim como em uma aula presencial, para tirar dúvidas ou expôr suas opiniões em um debate, por exemplo.

Google Meet terá quadro interativo para aulas à distância (Foto: Divulgação/Google)

O quadro interativo é outra novidade para aulas no Google Meet, onde todos podem compartilhar suas ideias mesmo à distância. Além disso, o Google anunciou a possibilidade de visualizar até 49 participantes ao mesmo tempo e legendas para tornar as aulas acessíveis em outros idiomas.

Assinantes do G Suite Enterprise for Education terão alguns recursos exclusivos, como a capacidade de registrar a presença dos alunos e a possibilidade de dividir a sala em grupos menores. Haverá, também, uma ferramenta de perguntas e respostas, onde estudantes poderão interagir sem interromper o fluxo da aula.

Os recursos serão liberados ao longo dos próximos meses.

Com informações: Android Police e Google

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação