Tecnoblog
Início » Internet » Facebook classifica post negando aquecimento global como “opinião”

Facebook classifica post negando aquecimento global como “opinião”

Conteúdo de opinião não tem passado por checagem de fatos no Facebook e isso pode servir de "brecha" para desinformação

O Facebook tem agido proativamente no combate às informações e notícias falsas relacionadas à COVID-19. Por outro lado, o mesmo empenho não é notado com relação a outro assunto que frequentemente é alvo de desinformação: mudanças climáticas. A companhia tem tratado publicações sobre aquecimento global como opiniões que, portanto, não precisam de verificação.

Para determinar que uma publicação é uma notícia falsa ou espalha inverdades, o Facebook trabalha com agências de verificação de fatos em várias partes do mundo. Estima-se que cerca de 50 organizações prestam esse tipo de serviço para a plataforma.

O número é grande porque, além de cobrir conteúdos oriundos de várias partes do mundo, a checagem de fatos pode ser dividida por temas. Há agências que são focadas, por exemplo, em verificação de postagens sobre mudanças climáticas.

Se uma publicação for considerada falsa ou espalhar desinformação, ela poderá ser mantida na rede social, mas terá seu alcance reduzido, exibirá avisos que indicam que o conteúdo é enganoso ou parcialmente falso e poderá ser acompanhada de links que apontam para a informação correta, por exemplo.

Foi o que aconteceu com uma publicação da CO2 Coalition, grupo que nega as mudanças climáticas e defende que as emissões de carbono não prejudicam o planeta. O conteúdo em questão foi analisado pela agência Climate Feedback e classificado como informação falsa.

No entanto, a CO2 Coalition apelou para o Facebook, que acabou liberando a publicação. Aos verificadores, a companhia justificou a decisão argumentando que o conteúdo em questão era de opinião, razão pela qual não estava sujeito aos critérios de checagem de fatos.

Agora, o Facebook vem sendo pressionado para assumir uma postura mais rigorosa sobre esse tipo de conteúdo. De modo geral, especialistas no assunto defendem que postagens de opinião tenham espaço na rede social, mas sejam restringidas se, claramente, divulgarem informações falsas ou prejudiciais, do contrário, os propagadores de desinformação usarão essa “brecha” com mais frequência.

Procurado, o Facebook respondeu que todo conteúdo baseado em conteúdo falso, mesmo que de opinião, está sujeito às checagens e que está trabalhando para deixar isso mais claro em suas diretrizes. A empresa não explicou, porém, se fará análises mais rígidas especificamente sobre postagens relacionadas a mudanças climáticas.

Com informações: The New York Times.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação