Início » Gadgets » Novo iPad Air tem design do iPad Pro, USB-C e chip Apple A14

Novo iPad Air tem design do iPad Pro, USB-C e chip Apple A14

iPad Air 2020 possui tela de 10,9" com bordas mais finas e Touch ID no botão liga/desliga; Apple A14 pode vir também no iPhone 12

Felipe Ventura Por

O iPad Air ganhou um novo modelo: o tablet da Apple agora adota um design semelhante ao do iPad Pro com bordas mais finas e conector USB-C em vez de Lightning. Além disso, temos aqui Touch ID embutido no botão liga/desliga (em vez de Face ID) e o processador Apple A14 que deve vir no iPhone 12. Ele custará a partir de R$ 6.999 quando chegar ao Brasil; ainda não há uma data definida de lançamento por aqui.

iPad Air

A tela do novo iPad Air possui 10,9 polegadas e usa um painel Liquid Retina (ou seja, LCD). As bordas são mais finas que no modelo do ano passado. No entanto, ao contrário do iPad Pro, não temos Face ID aqui: em vez disso, a biometria é feita através de um leitor de digitais incorporado no botão liga/desliga.

O processador A14 Bionic de seis núcleos promete ser 40% mais rápido que seu antecessor. Ele é fabricado em processo de 5 nanômetros, o que deve trazer menor consumo de energia. O sistema-em-um-chip inclui também um chip gráfico (GPU) quad-core que é 30% mais rápido, além da Neural Engine de 16 núcleos. São 11,8 bilhões de transistores no total.

Espera-se que o iPhone 12 venha com o processador A14. A Apple deve anunciá-lo só em outubro, supostamente porque os testes de modelos 5G foram afetados pela pandemia da COVID-19.

iPad Air

iPad Air tem USB-C e câmera do iPad Pro

Voltando ao iPad Air de 2020: ele tem conector USB-C em vez de Lightning e velocidade de transferência de 5 Gb/s, ou dez vezes mais rápido que seu antecessor. Isso também facilita a conexão com dispositivos externos, incluindo monitores 4K. Há conectividade 4G 60% mais rápida e Wi-Fi 6.

A câmera traseira de 12 megapixels é a mesma do iPad Pro, com abertura f/1,8 e estabilização de vídeo 4K. Enquanto isso, a câmera frontal de 7 megapixels tem suporte a Smart HDR e permite fazer chamadas de vídeo em Full-HD. Os alto-falantes são estéreo, localizados na parte superior e inferior do tablet.

O iPad Air mantém suporte ao Apple Pencil, e ele se prende de forma magnética na lateral direita para pareamento e recarga de bateria. Ele também é compatível com o Magic Keyboard de design flutuante.

A Apple vai lançar o novo iPad Air nos EUA em outubro por US$ 599. Ele estará disponível nas cores azul, verde, rosa, cinza e branco; e já virá rodando iPadOS 14.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
10 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

Podem apostar todas as fichas que os novos Iphones vem com USB-C.

@RODRIGO

Não apostaria!

Ramiz (@Ramiz)

Temos várias 2 ótimas novidades que devem vir para o próximo iPhone:

Touch ID no botão sleep
As novas cores nas versões básicas

Edit: Em tempo, perderam uma ótima chance de renomear o iPad básico de iPad SE.

Vinícius Ribeiro Soares dos Santos (@viniciusrsds)

Lindíssimo e proibitivo. Nada de novo. Apesar disso, valerá a pena em 2021. Medo dos preços que os iPhones virão.

Arthur Fortes (@Arthur_Fortes)

Depois que a moça falou que eles estão tirando os adaptadores de tomada do apple watch por “consciência ambiental”, eu nao duvido nada que isso foi pra introduzir com mais carinho a ideia de nao vir no iphone e de quebra vir o USB-C. Afinal, se manter o lightning no iphone quebra o próprio discurso.

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Não vem não. É ilógico por uma nova porta nos iPhones. Sendo que no mais tardar 2021/22, ela vai remover todas as portas e torná-lo 100% wireless.

Do ponto de vista ambiental também não faz o menor sentido. Existem bilhões de iPhones no mundo. Mais de 100 milhões são vendidos todos os anos. Dezenas de acessórios para Lightning bem sucedidos. Colocar USB-C quebraria tudo isso e tornaria-os obsoletos. Geraria um impacto ambiental tremendo, para algo que em pouquíssimo tempo seria descontinuado. O benefício que o USB-C traria, não seria maior que o malefício.

@RODRIGO

Melhor ser wireless mesmo!

Juliano Machado Olivetti (@Juliano_Machado_Oliv)

Se fosse seguir seu raciocínio da pegada ambiental e de compatibilidade com centenas de dispositivos anteriores, tal caminho não seria tomado em todos os iPads! Mas a resposta está logo aí na frente, em poucos dias…continuo apostando na vindo do USB-C, justamente para padronizar a linha e evitar futuros problemas principalmente na União Européia.

brad (@brad)

Pela sua lógica o impacto ambiental irá ocorrer de qualquer forma.
Sem falar que serão vários carregadores sem fio sendo vendidos, que consome muito mais energia (por conta do desperdício) e material para produzi-los, como o plástico.

@Rogerio.Neves

Esse iPad terá refresh de 120Hz?

Douglas Knevitz (@Douglas_Knevitz)

Não, ele é uma linha abaixo do Pro.