Início » Aplicativos e Software » Google Drive vai apagar arquivos na lixeira após 30 dias

Google Drive vai apagar arquivos na lixeira após 30 dias

Até o momento, itens movidos para a lixeira do Drive permaneciam por lá até que a seção fosse esvaziada pelo usuário

Ana Marques Por

Fim da linha para aquele monte arquivos que você mandou para o lixo no Drive e acabou esquecendo. O Google anunciou, nesta terça (15), que irá apagar automaticamente os arquivos da lixeira após 30 dias, a partir de 13 de outubro. A mudança vale para o serviço na web e para os aplicativos, em todas as plataformas.

elyssa-zornes-google-drive-unsplash

Até o momento, os arquivos enviados para a lixeira do Drive ficavam lá por tempo indeterminado – até que o próprio usuário esvaziasse o compartimento. Com a atualização, em outubro, a empresa visa igualar a política do Drive à de outros produtos do G Suite, como o Gmail, garantindo que os documentos sejam realmente removidos.

Arquivos compartilhados já seguem esse comportamento – são apagados após 30 dias na lixeira. Com a atualização, administradores do G Suite ainda poderão restaurar itens deletados da lixeira até 25 dias após a exclusão.

Além disso, o Google reforça que os itens na lixeira continuarão contando para a cota de upload no serviço.

As notificações sobre o novo recurso começam a chegar hoje ao aplicativo do Drive e aos apps Docs, Forms e Apresentações a partir de 29 de setembro.

Com informações: Google

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
6 usuários participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

@RODRIGO

Que bom! Na minha opinião, ficou um pouco mais voltado à privacidade! Adoraria este mesmo recurso no Gmail!

Marcos D. (@marcos_5000)

O Gmail sempre teve esse recurso. Quando você apaga um e-mail (manda para a lixeira), ele fica 30 dias na lixeira, depois ele apaga permanentemente se você não fizer nada.

imhotep (@imhotep)

É sério q o Drive não deletava os arquivos mandados pra lixeira?
Mas q amadorismo!

² (@centauro)

Deve ser pra simular a lixeira do Windows, que deixa os arquivos eternamente e acaba virando um “vou deixar aqui pra caso eu precise um dia” e esse “um dia” vira meses e os meses viram anos e os anos viram HDD morto.
Ou pra fazer o usuário comprar mais espaço, já que a lixeira também conta pra cota.

Douglas Ullmann (@Douglas_Ullmann)

Engraçado, porque eu sempre achava que já era assim (o Gmail e o Google Fotos sempre foram). Até umas semanas atrás que eu fui ver que tinha GB e mais GB de arquivos na lixeira do meu Drive. Diminuí de 13 para 5,5GB o espaço ocupado esvaziando a lixeira.