Início » Celular » Por que a Apple não vende mais o iPhone com carregador?

Por que a Apple não vende mais o iPhone com carregador?

A nova geração de celulares da Apple, junto com o iPhone 11, iPhone XR, iPhone SE, não virá com adaptador de tomada e fone

Bárbara Chieregate Por

A Apple anunciou uma decisão que revoltou parte dos fãs e usuários da marca. A nova geração de celulares, junto com o iPhone 11, iPhone XR, iPhone SE, Apple Watch SE e Apple Watch Series, não virá com carregador e fone na caixa. Isso significa que, ao comprar um desses dispositivos, será preciso adquirir os acessórios separadamente. Mas por quê? Por qual motivo a Apple não vende mais o iPhone com carregador?

iPhone 12 (Imagem: Apple)

Sem fone de ouvido e carregador, caixa do iPhone 12 ficou menor (Imagem: Apple)

Por que a Apple não vende mais o iPhone com carregador?

Agora, apenas o cabo USB-C para Lightning acompanha o iPhone na caixa.

A Apple argumenta que os usuários já têm muitos fones de ouvido Lightning — principalmente as pessoas que costumam acompanhar as gerações de iPhones — e que grande parte já aderiu aos carregadores sem fio, o que dispensaria o adaptador de tomada.

A empresa ainda diz que escolha de diminuir a caixa e excluir os adaptadores de tomada ajuda a reduzir a emissão de carbono, além de possibilitar que as caixas sejam enviadas em grande escala.

Redução de carbono

“A Apple também está removendo o adaptador de energia e os EarPods da embalagem do iPhone, reduzindo ainda mais as emissões de carbono e evitando a mineração e o uso de materiais preciosos, o que possibilita embalagens menores e mais leves e permite que 70% mais caixas sejam enviadas em um palete”, anunciou a empresa.

A ação também faz parte da meta de tornar a companhia 100% neutra em carbono até 2030, mas alguns pontos precisam ser levantados.

Os celulares da nova geração da Apple vêm com o cabo USB-C para Lightning, que anteriormente só foi usado no iPhone 11 Pro. Antes disso, todos os iPhones vinham com um adaptador USB-A para Lightning. Portanto, a não ser que a pessoa tenha sido dona de um iPhone 11 Pro, não terá em casa o adaptador necessário para os dispositivos da nova geração.

Eles terão que ser comprados separadamente, o que torna o argumento da redução de carbono um pouco falho. Se a maioria terá que adquiri-los por fora, por que não incluir na caixa de uma vez e vender o iPhone com carregador e fone de ouvido?

iPhone 11 não terá mais fone e carregador na caixa (Imagem: Reprodução/Apple)

iPhone 11 não terá mais fone e carregador na caixa (Imagem: Reprodução/Apple)

Preços dos acessórios

Caso não tenha o fone e o adaptador de tomada, o usuário precisará comprá-los separadamente. E por quanto sairá essa brincadeira? Veja abaixo o preço dos acessórios na loja da Apple no Brasil e nos Estados Unidos.

  • Carregador USB-C de 20W: R$ 219 no Brasil, US$ 19 nos EUA
  • Fone de ouvido EarPods com entrada de 3,5 mm ou Lightning: R$ 219 no Brasil, US$ 19 nos EUA

Ou seja, se for necessário comprar os acessórios, haverá uma adição de R$ 438 ao valor do celular.

Com informações: Apple e Wired.

Comentários da Comunidade

Participe da discussão
1 usuário participando

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação